notícias de última hora

Saúde masculina:Higiene do órgão genital

20/09/2011
Saúde masculina:Higiene do órgão genital
Saúde
3

Você sabe como o pênis deve ser lavado?

A limpeza adequada ajuda a evitar sérias doenças e até mesmo o constrangimento pelo mau cheiro
Pode até parecer esquisito, mas alguns homens não sabem como lavar o seu próprio pênis, o que pode causar graves doenças no órgão genital. Para tirar dúvidas de como realizar a higiene correta no local e mostrar quais são os cuidados necessários, o Portal da Band conversou com o urologista do Hospital São Luiz, em São Paulo, Gustavo de Alarcon Pinto.

Sem muitos segredos o especialista explica como que deve ser feita a higienização ideal. “O homem precisa saber que a limpeza diária é algo importante e simples de se fazer. Basta durante o banho lavar o pênis com água e sabão neutro de preferência para evitar doenças e alergias”, afirma.

Os movimentos para a higienização seguem a mesma ideia do que usar, ou seja, simplicidade, porém, regularidade. “Não existe uma técnica muito apurada, muitos pacientes nascem com aquela pele a mais, mas não é fimose, é apenas um prepúcio (pele que cobre a cabeça do pênis). Neste caso basta retrair a pele para baixo e realizar a limpeza.”

No entanto, o médico destaca a importância da higiene em todas as regiões. “É importante limpar sempre a proximidade da glândula e a região do suco bálano prepucial (abaixo da cabeça), pois é neste local onde acumula muita sujeira, secreções de glândulas naturais e resto de urina, podendo causar mau cheiro e futuras infecções”, destaca o urologista.

O médico ainda reforça a importância da higienização do pênis após o ato sexual. “Depois do sexo, como nem todo mundo usa camisinha, é importante que seja feita uma limpeza do membro, do mesmo modo que a normal, utilizando água e sabão para retirar secreções e sémen.”

“A limpeza do pênis é fundamental para evitar doenças, mas nunca deve passar muitos produtos ou forçar a região para não ocorrer casos de feridas e infecções. O excesso de limpeza pode ser prejudicial, mas a ausência de higiene é muito pior. Então o mais importante é sempre lavar com água e sabão e principalmente fazer uma visita periódica ao urologista, seja idoso ou jovem”, completa Gustavo.

Doenças

Entre as doenças que a higienização correta pode prevenir estão o câncer de pênis, a Balanopostite (inflamação do prepúcio), a sífilis, a condiloma (HPV) e os tumores penianos.

Entretanto, o urologista Gustavo explica que as maiorias das infecções ocorrem por falta de cuidado ou vergonha de ir ao médico. “Muitas pessoas contraem doenças e não cuidam devido ao preconceito de ir ao hospital e mostrar o seu problema. Outro caso é a falta de educação higiênica de algumas regiões, não criando o costume de se limpar corretamente e frequências de banhos. Já o mais grave acontece em regiões menos favorecidas, ou seja onde não existe bom saneamento básico, dificultando a rotina de higiene”, explica.

Cuidados com crianças

Vale destacar o cuidado que os pais devem ter com os seus filhos, principalmente os recém-nascidos. “No caso dos bebes é indicado que os pais passem a expor o pênis da criança, ou seja, abaixando a pele com muita calma e sempre com a ajuda de um pediatra ou de um urologista. É recomendável que seja de uma maneira escalonada para ela ir desgrudando aos poucos e facilitar a higiene.”

Outro motivo de atenção apontado pelo urologista é a preocupação excessiva dos pais com a fimose. “Muitos pais acham que uma pele a mais pode ser fimose no caso dos adolescentes, mas não é, sendo sempre recomendável a procura de um especialista para ele identificar o problema. Apenas 3% das crianças são submetidas a este tipo de cirurgia”, ressalta o médico.

Do Eband

Faça seu comentário