notícias de última hora

Crista do galo oferece benefícios à saúde; saiba mais

04/10/2011
Crista do galo oferece benefícios à saúde; saiba mais
Saúde
0

Os benefícios da crista de galo se centram na saúde do aparelho locomotor, ou sistema músculo-esquelético (Foto: EFE)

Embora não se trate precisamente de um prato que seja muito popular nem conhecido, a crista, este adorno vermelho e chamativo da cabeça dos galos, continua sendo utilizando como alimento em diversas partes do mundo e se consome há vários séculos.

O genial Leonardo da Vinci, que era um grande fã da culinária e cujas preparações e técnicas foram reunidas no Codex Romanoff, apresentava uma receita de “crista de galo com migalhas” para a qual aconselhava “escolher um galo grande, com mais de 12 anos de idade e que a cabeça levantasse a pelo menos 60 centímetros do solo”.

“As cristas de galo ao longo da história da gastronomia foram muito apreciadas, tanto pelo mundo romano que as macerava em ‘garum’ (um molho de pescado), como pela cozinha do século XIX e, atualmente, faz parte da chamada culinária moderna ou de autor”, explicou o historiador Antonio Gázquez Ortiz, que também é escritor.

As desconhecidas virtudes deste tecido carnudo que coroa a cabeça do galo doméstico ou galo vermelho (Gallus gallus), que esta ave utiliza como símbolo de dominação e é formado por uma ou várias lâminas serrilhadas ou dentadas, não se limitam à gastronomia, já que se acaba de descobrir uma promissora aplicação farmacológica.

Até agora, a única relação da crista de galo com a saúde, se referia a uma planta medicinal conhecida popularmente com esse nome e cuja denominação botânica é Celosia argentea. As sementes e óleo desta herbácea são usados em fitoterapia, para tratar, sobretudo, as desordens digestivas e intestinais.

Os benefícios da crista de galo de origem animal se centram na saúde do aparelho locomotor, ou sistema músculo-esquelético, como demonstra a recente descoberta de um grupo de cientistas espanhóis liderado pela médica Ingrid Möller, pesquisadora do laboratório Actafarma.

Os cientistas conseguiram extrair e sintetizar um composto presente na crista dos galos que tem a capacidade de multiplicar por dez a atividade das células que melhoram a mobilidade e evitam a deformação das articulações. Este composto é o princípio ativo fundamental de um novo produto regenerador articular denominado Movial, ainda indisponível no Brasil.

Um novo aliado do líquido sinovial
“As células sinoviais são as encarregadas de fabricar o denominado líquido sinovial, essencial para reduzir o roçamento de superfícies durante o movimento das articulações do corpo (ombros, cotovelos, joelhos etc.), pois absorve os impactos e preenche as cavidades da cartilagem”, assinalou Ingrid.

“Este fluido sinovial não é estático, já que constantemente é absorvido pelo organismo. O movimento estimula sua formação, mas o excesso de carga muda sua viscosidade, o que faz com que não seja correta”, explicou.

Segundo Ingrid, “quando o líquido sinovial é anormal entorpece o movimento da articulação, que então ‘coça’ e provoca a sensação de que falta ‘graxa’”. Entre as possíveis causas desta anormalidade neste líquido figuram o excesso de peso e a idade, assim como o exercício inadequado ou excessivo.

“Alguns componentes denominados mucopolissacarídeos e que estão presentes nas cristas de galo, junto com colágeno e outros elementos essenciais, otimizam o trabalho das células sinoviais, por isso que se a pessoa os ingere de forma regular e em uma dose adequada, ajudam a prevenir estas desordens articulares”, acrescentou a médica.

“O composto sintetizado a partir destes mucopolissacarídeos, lançado com o nome de Movial, permite otimizar a saúde das articulações e pode ser tomado em períodos de maior atividade”, segundo a especialista.

Para ressaltar a importância desta descoberta, Ingrid lembrou que “a metade da população vê a perda de mobilidade como o primeiro sintoma de envelhecimento, acima das rugas, e que o fator hereditário é um ponto essencial, já que 92% das mulheres temem herdar a deformidade”.

“Com a passagem do tempo, o líquido sinovial diminui e as articulações se deformam. Este composto mantém, melhora e aumenta os níveis de líquido sinovial. Seu uso preventivo é muito importante, já que se for tomado a partir dos 35 anos pode manter articulações bonitas e saudáveis e assim levar à maturidade com uma qualidade de vida excelente”, segundo Ingrid.

Da EFE

Faça seu comentário