Conecte-se conosco

Eleições 2016

Justiça de Esperança nega registro de candidatura de Nobinho

Publicados

em

A Justiça Eleitoral indeferiu a candidatura de Nobson Pedro Almeida (Nobinho), do PSB, a prefeito do município de Esperança e da sua vice Rosimere Bronzeado Vieira (PROS). Segundo a decisão da juíza Francilene Lucena de Melo, eles se enquadram na lei da ficha limpa.

“A inelegibilidade aplicada aos impugnados estava em plena vigência na data do pedido de registro, assim como ainda está, o que os impede de concorrer nas eleições de 2016, considerando que como foram condenados em Ação de Investigação Judicial por abuso de poder relativo às eleições de 2008, ficarão inelegíveis até o final de 2016”, destacou a juíza em sua decisão.

Ao todo foram três pedidos de impugnação contra Nobinho, sendo um movido por Jeferson Santos Lima, outro pelo Ministério Público Eleitoral (MPE), representado pela promotora Fábia Cristina Dantas Pereira e o terceiro pela Coligação Progressista de Esperança. “Nobinho foi condenado por abuso de poder e tem contra si decisão transitada em julgado. Ele está inelegível por oito anos e não pode disputar a eleição”, explicou o coordenador jurídico da coligação Progressista de Esperança, André Motta.

“O fato é que com a entrada da Lei da Ficha Limpa, como ficou conhecida a Lei Complementar 135/10, que instituiu hipóteses de inelegibilidade voltadas à proteção da moralidade e probidade administrativa, alterando a Lei Complementar 64 de 18 de maio de 1990, bem como sua constitucionalidade atestada pelo STF, dentre outras importantes mudanças, houve a alteração dos prazos de inelegibilidade, passando todos para oito anos”, disse a magistrada, lembrando que existe a possibilidade de retroatividade da lei.

Em 2012, Nobinho foi afastado do cargo de prefeito em cumprimento à Lei da Ficha Limpa, uma vez, que teve condenação referente ao pleito de 2008.

Do MaisPB

Cidades

Em Mari: Antônio Gomes vence as eleições com 49,44% dos votos

Publicados

em

Em Mari, cidade da mata paraibana, o atual prefeito Marcos Martins perdeu as eleições para o ex-prefeito Antônio Gomes. Gomes (PSD) obteve 6.298 votos, 49,44% , enquanto que Marcos Martins (PSB) 5.913 votos, 46, 42%.

O candidato do PT, Severino do Gás obteve 528 votos, 4, 14%. A diferença pró-Antônio Gomes em Mari foi de 385 votos. “Infelizmente perdemos as eleições, mas em política é assim, ganhamos e perdemos. Agora é continuar a luta em defesa do povo de Mari. Agradecemos a todos que nos honraram com o seu voto, a todos que acreditaram na decência, na responsabilidade, no respeito às pessoas e na justiça social. Contém conosco para continuarmos crescendo juntos, pois ainda acreditamos no valor da família, no valor do trabalho, da lealdade, e na verdade quando olhamos nos olhos e não precisamos baixa-los, pois nos sentimos orgulhosos de dizer e praticar a verdade, a honestidade, a igualdade e o respeito. Vamos seguir em frente e colocar nas mãos de Deus um futuro melhor para todos”, disse Marcos Martins.

A partir de janeiro de 2017, Mari passará a ser administrado por Antônio Gomes, que teve seu filho Alisson Gomes o vereador mais votada nessas eleições municipais.

Ofarolpb

Continue lendo

Eleições 2016

Melquiades Nascimento vence as eleições em Mulungu com 55,66% dos votos

Publicados

em

Em Mulungu, no agreste paraibano, quem venceu as eleições foi o empresário Melquiades Nascimento (PTB), com 55,66%  dos votos contra 44,34%  dos votos da atual prefeita Darc Bandeira (PSB). “Vencemos as eleições porque o povo decidiu dar um basta no desgoverno dessa gestora, que nada fez em favor do povo de Mulungu. O povo entendeu que o melhor é o nosso projeto de governo. Ganhamos as eleições porque o povo reconheceu nosso proposta. Venceu a verdade e o amor que temos pelo povo de Mulungu”, declarou Melquiades Nascimento, feliz com a vitória.

“Quando perdemos as eleições passadas, não paramos de trabalhar em favor do povo, continuamos agradecendo e visitando o nosso povo. estou feliz pelo reconhecimento de povo que tanto amo. Agradeço de coração a todos e todas que votaram conosco. A partir de janeiro serei prefeito de todos, trabalharei por todos, sem distinção”, ressaltou Melquíades.

Melquíades Nascimento e Renato Macedo venceram as eleições municipais com uma diferença de  873 votos. Foram 4.291 pró-Melquiades e 3.418 pró-Darc Bandeira.

Melquiades também elegeu a maior bancada de vereadores. Michelle Macedo, esposa do vice-prefeito eleito, foi a mais votada com 877 votos. O prefeito eleito Melquiades Nascimento elegeu Michelle Macedo, Ninha de poço de Pau, Neide Leal, George Pereira e Luiz Ribeiro.

Segundo Renato Macedo, vice-prefeito eleito, a vitória de Melquiades representa os anseios do povo. “A eleição de Melquiades, a nossa eleição representa os anseios do povo de Mulungu que quer mudança, que não aguenta mais um governo de caos e desmantelo”, declarou.

Ofarolpb

Continue lendo

Eleições 2016

Com mais de 15 mil votos, Zenóbio é reeleito em Guarabira

Publicados

em

O candidato do PSDB de Guarabira, Zenóbio Toscano, conseguiu a reeleição e permanece na prefeitura de Guarabira pelos próximos 4 anos.

Zenóbio disputou as eleições com os candidatos Josa da Padaria (PSB), Fátima Paulino (PMDB) e Belarmino Mariano (PSOL).

Com 15.609 votos, o que corresponde a 47,23% dos votos válidos, o candidato Zenóbio alcançou a primeira colocação. Em seguida a candidata Fátima Paulino com 11.331, o que corresponde a 34,28% dos votos; Josa da Padaria manteve a terceira colocação com 5.633, o que corresponde a 17,04% dos votos e Belarmino Mariano na quarta colocação com 477, o que corresponde a 1,44% dos votos.

Com P. Independente

Continue lendo

Mais Lidas