Tecnologia

Google apresenta Pixel, smartphone que substitui a linha Nexus

Pixel, novo smartphone do Google que substitui a linha Nexus (Foto: Divulgação/Google)
Foto: Divulgação/Google

O Google apresentou nesta terça-feira (4) o Pixel, smartphone que irá substituir a linha Nexus e é o primeiro a vir com o Assistente Google, “chatbot” que até agora estava presente apenas no app de bate-papo Allo e praticamente substitui o antigo Google Now.

No evento, o Google também revelou o Daydream View, seu primeiro óculos de realidade virtual; o Google WiFi, um roteador que molda o sinal de internet sem fio para atingir os vários cantos da casa; e o Chromecast Ultra, nova versão do aparelho que conecta smartphone e TV e agora oferece suporte a imagens em HDR e de resolução 4K. Ainda não há previsão para esses aparelhos chegarem ao Brasil.

Pixel, novo smartphone do Google que substitui a linha Nexus (Foto: Divulgação/Google)

Pixel, novo smartphone do Google que substitui a linha Nexus (Foto: Divulgação/Google)

Novo smartphone
O Pixel tem um acabamento arredondado, similar ao dos últimos modelos do iPhone. Ele virá em versões com telas Amoled de 5 e 5,5 polegadas, e com 32 ou 128 GB de armazenamento interno.

O novo smartphone usa o chamado Android puro, versão do sistema operacional sem modificações, e tem câmera traseira de 13,2 Megapixels, entrada USB no novo padrão Tipo-C e plug para fones de ouvido.

O Pixel chega inicialmente a 5 países: Estados Unidos, Austrália, Canadá, Alemanha e Reino Unido. Nos EUA, será vendido por a partir de US$ 650. A Índia começa a fazer a pré-venda do aparelho em 13 de outubro.

Era da inteligência artificial
Sundar Pichai, CEO do Google, abriu o evento falando que serviços como o Assistente Google são a nova tendência na computação.

“A computação viu grandes mudanças a cada 10 anos. E quando olho para o futuro, vejo uma transformação do ‘mobile’ para a inteligência artificial. O Assistente Google será universal e estará disponível quando o usuário precisar. Nosso objetivo é personalizar o Google. Criar o Google particular de cada um”, completou Pichai.

O assistente poderá acessar documentos armazenados em programas instalados no celular e executar funções na internet por meio dos apps. As ordens serão dadas todas por voz.

Ele usa o mesmo sistema presente na ferramenta de busca do Google e de outros serviços, como o Tradutor. Com isso, é capaz de encontrar imagens dentro do Google Photos depois de receber pedidos específicos como “fotos da viagem à praia”. Ele também pode tocar vídeos do YouTube ou enviar mensagens pelo Allo, WhatsApp ou Viber, além de iniciar conversas por vídeo no Duo.

Para buscas por informações, o Assistente responderá como se estivesse em uma conversa dentro de um app de bate-papo. Sendo assim, ao pesquisar por restaurantes, ele mostrará resultados no Mapas e dará informações sobre os pontos conforme for questionado. Poderá, por exemplo, avisar quando o estabelecimento estiver aberto e até reservar mesas no lugar.

Desligando o Wi-Fi da sua mãe
O Google mostrou ainda o roteador Google Wifi, acessório controlado por um app e capaz de monitorar quais aparelhos estão conectados à rede de Wi-Fi, desligar alguns deles ou regular a qualidade do sinal que chega a eles. A pré-venda começa em novembro, com lançamento previsto para dezembro. Uma unidade sai por US$ 130. O pacote com três custa US$ 230.

Chromecast 4K
Não são apenas os videogames que serão atualizados para rodar imagens em resolução 4K e com tecnologia HDR. O Chromecast, um dos produtos mais populares do Google, também. O Chromecast Ultra é quase duas vezes mais rápido que o modelo anterior e começa a ser vendido em novembro nos EUA por US$ 70.

Do G1






Mais Lidas da Semana

Topo