Política

Casas construídas pelo Estado devem ter sistema de reaproveitamento de água

CAMILA_050416
Foto: Divulgação

As unidades habitacionais (prédios e casas) construídas pela Companhia Estadual de Habitação Popular (Cehap) deverão ser dotadas de um sistema de reaproveitamento da água da chuva, com a instalação de reservatórios para a captação de águas pluviais para utilização não potável. A Lei 10.575/15, de autoria da deputada estadual Camila Toscano (PSDB), já está em vigor na Paraíba.

Segundo Camila, a lei pretende evitar o uso desnecessário da água potável por parte dos moradores dos conjuntos habitacionais da Cehap, ajudando a preservar o bem precioso e fundamental para a vida humana, além de trazer economia aos mutuários, mediante a redução do consumo de água potável.

“Essa lei colabora para que uma parcela significativa da população tenha autossuficiência hídrica, medida esta que servirá para evitar que o sistema de tratamento e distribuição de água seja sobrecarregado em períodos de longa estiagem e também impedir que essas famílias sejam prejudicadas, em ocasiões de racionamento como vivemos atualmente”, disse a deputada.

De acordo com Camila, nos últimos tempos, o Estado da Paraíba vem enfrentando uma crise sem precedentes no abastecimento de água para sua população. “Em todo caso, não podemos ignorar, jamais, que a presente falta de água é agravada pela cultura do desperdício que ainda predomina entre nós. Diariamente, milhões de litros de água tratada são desperdiçados, em usos que poderiam muito em ser substituídos pela água reaproveitada”, disse.

Para a deputada, essa é uma lei que pode garantir a segurança hídrica do Estado e de milhares de famílias, sobretudo em períodos de estiagem muito prolongados, como agora.

Da Assessoria via PortalMidia




Mais Lidas da Semana

Topo