Guarabira

Aluno da UEPB Guarabira conclui Curso de Direito aos 93 anos de idade

Fotos: Juliana Linhares

Um sonho é um sonho e não existem barreiras para realizá-lo. Foi com essa concepção que Djalma Araújo, de 93 anos, enfrentou com entusiasmo os desafios impostos pela idade e conseguiu frequentar, durante cinco anos, as salas de aula do Curso de Direito do Campus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), situado em Guarabira.  Na última segunda-feira (10), ele concluiu os estudos ao apresentar seu Trabalho de Conclusão de Curso para uma banca examinadora composta pelos professores Agassiz Almeida, Mário Vinícius e Juliana Linhares, sua orientadora.

Com um trabalho intitulado “Políticas Públicas e o Direito do Idoso”, Djalma fez uma explanação sobre a experiência adquirida no decorrer do tempo em que conviveu no Centro de Humanidades (CH), ressaltando como se configurou a relação de um homem de sua idade com outras gerações.  A professora Juliana Linhares enfatizou a satisfação e alegria de tê-lo orientado. “Quando a emoção não cabe dentro do peito e não se encontra a palavra certa para agradecer. Assim me senti ao presenciar Djalma Araújo defender, aos 93 anos, seu Trabalho de Conclusão de Curso. Momento esse que guardarei para sempre e contarei, com muito orgulho, para meus filhos e netos. Foi um excelente aluno, dedicado, atencioso e responsável, tendo sido, aliás, o primeiro, dentre meus orientandos, a entregar o TCC”, relatou a professora.

djalma-_uama

“Seu Djalma”, como carinhosamente é chamado, se tornou um exemplo de força de vontade para todos que o conhecem, sobretudo para os que fazem parte da comunidade acadêmica do CH. Trata-se de um caso especial, pois o senhor Djalma não ingressou no Curso de Direito por meio de processo seletivo regulamentar. De acordo com o professor Agassiz Almeida, chefe adjunto do Departamento de Direito, ele procurou a universidade em busca de conhecimento e foi aceito como aluno especial.

“Seu Djalma se dirigiu à instituição com o objetivo de assistir algumas aulas, como ouvinte apenas. Não vimos nenhum problema no fato de uma pessoa querer assistir eventualmente uma aula ou participar de uma determinada atividade. Mas, o surpreendente é que ele levou muito a sério esse compromisso. Assistia aulas diariamente e, às vezes, passava o dia todo no campus. Mostrou-se um exemplo de dedicação: não faltava, participava das discussões e fazia as atividades propostas pelos professores das disciplinas que cursava. Assim, seu Djalma foi estabelecendo uma rede de amizade e de admiradores”, disse o docente.

Dessa maneira, embora não receba certificado de bacharel em Direito, Djalma, pela motivação e inspiração que passava aos demais estudantes, receberá o título de “aluno honorário” da UEPB durante a cerimônia de colação de grau das turmas concluintes do CH, que será realizada no próximo dia 31 de maio. Ele ainda será homenageado pela turma concluinte do Curso de Direito.

Sempre entusiasmado e motivado, Djalma também considerava importante refletir sobre o Direito para além da sala de aula, ao buscar, sempre que podia, participar dos encontros promovidos pelo Centro Acadêmico de Direito. Além disso, movido pelo desejo de aprender, ele se matriculou na primeira turma da Universidade Aberta à Maturidade, implantada no Campus III em 2015. Para o simpático senhor Djalma, “estudar é se abrir para o novo”.

 

Por Simone Bezerrill/Ascom CH

 

 




Mais Lidas

Topo