Policial

Polícias Militar e Civil apreendem arma utilizada em homicídio em Belém

arma

Policiais militares e civis apreenderam, nesta segunda-feira (10), na cidade de Guarabira, o revólver utilizado no homicídio praticado neste domingo (9), na zona rural de Belém. Um homem de 25 anos de idade que estava no local e, pouco antes do crime, teria usado a arma para disparar para o alto, foi preso. Ele e outras testemunhas relataram o que teria acontecido e os policiais já identificaram o acusado do homicídio, que tem 22 anos, reside em Guarabira e está foragido. A prisão e apreensão da arma foram feitas por policiais do Núcleo de Inteligência e guarnição do Comando do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) e agentes do GTE (Grupo Tático Especial) da 8ª Delegacia Seccional de Polícia Civil.

De acordo com as testemunhas, elas estariam em um bar localizado no Sítio Nica, zona rural de Belém. Após uma confusão que envolveu várias pessoas, foram ouvidos disparos de arma de fogo e, em seguida, os envolvidos teriam se evadido do local. Pouco tempo depois, os policiais militares foram informados de que havia o corpo de um homem atingido por disparos de arma de fogo nas proximidades, o que foi confirmado com a chegada deles ao local.

Os policiais deram início às diligências e conseguiram identificar algumas pessoas que estavam no bar, chegando até o homem que foi preso. Ele confirmou que estava no local e que teria efetuado um disparo para o alto, mas em seguida, com a mesma arma, cujo dono ainda não foi identificado, o acusado teria disparado contra a vítima. Antes de fugir, teria pedido a uma amiga que guardasse a arma, que foi encontrada na residência dela, sem as munições.

O homem preso e as testemunhas foram conduzidas à Delegacia de Polícia Civil. Ele foi encaminhado para a cadeia da cidade de Belém, onde aguardará audiência de custódia.⁠⁠⁠

Assessoria/4º BPM




Mais Lidas

Topo