Conecte-se conosco

Policial

Polícias Militar e Civil apreendem arma utilizada em homicídio em Belém

Publicados

em

Policiais militares e civis apreenderam, nesta segunda-feira (10), na cidade de Guarabira, o revólver utilizado no homicídio praticado neste domingo (9), na zona rural de Belém. Um homem de 25 anos de idade que estava no local e, pouco antes do crime, teria usado a arma para disparar para o alto, foi preso. Ele e outras testemunhas relataram o que teria acontecido e os policiais já identificaram o acusado do homicídio, que tem 22 anos, reside em Guarabira e está foragido. A prisão e apreensão da arma foram feitas por policiais do Núcleo de Inteligência e guarnição do Comando do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) e agentes do GTE (Grupo Tático Especial) da 8ª Delegacia Seccional de Polícia Civil.

De acordo com as testemunhas, elas estariam em um bar localizado no Sítio Nica, zona rural de Belém. Após uma confusão que envolveu várias pessoas, foram ouvidos disparos de arma de fogo e, em seguida, os envolvidos teriam se evadido do local. Pouco tempo depois, os policiais militares foram informados de que havia o corpo de um homem atingido por disparos de arma de fogo nas proximidades, o que foi confirmado com a chegada deles ao local.

Os policiais deram início às diligências e conseguiram identificar algumas pessoas que estavam no bar, chegando até o homem que foi preso. Ele confirmou que estava no local e que teria efetuado um disparo para o alto, mas em seguida, com a mesma arma, cujo dono ainda não foi identificado, o acusado teria disparado contra a vítima. Antes de fugir, teria pedido a uma amiga que guardasse a arma, que foi encontrada na residência dela, sem as munições.

O homem preso e as testemunhas foram conduzidas à Delegacia de Polícia Civil. Ele foi encaminhado para a cadeia da cidade de Belém, onde aguardará audiência de custódia.⁠⁠⁠

Assessoria/4º BPM

Policial

Brejo: Adolescente é apreendido acusado de praticar estupro contra irmã de 11 anos 

Publicados

em

Foto: Ilustração

Um adolescente de 16 anos de idade foi apreendido por policiais da 2ª Companhia do 4° BPM (Batalhão de Polícia Militar) no Distrito de Canafístula, em Alagoa Grande, no Brejo paraibano, acusado de ato infracional semelhante a estupro praticado contra a irmã, de 11 anos.

O Conselho Tutelar acionou os policiais para apreender o adolescente, que foi denunciado pela própria mãe. A guarnição comandada pelo cabo Porfírio deu início às diligências e localizou o acusado, que foi apreendido e, junto com o conselheiro tutelar, conduzido à delegacia.

Ascom/4ºBPM

Continue lendo

Policial

Homem é preso por policiais em Guarabira acusado de embriaguez ao volante e porte ilegal de arma

Publicados

em

Um homem foi preso por policiais do 4° BPM (Batalhão de Polícia Militar) no início da madrugada desta quinta-feira (19), durante a Operação Cidade Segura que estava sendo realizada em Guarabira, acusado de embriaguez ao volante e porte ilegal de arma de fogo.

Durante as rondas e abordagen, nas proximidades do Terminal Rodoviária Estadual, os policiais visualizaram um homen conduzindo um veículo da marca Tucson com visíveis sintomas de embriaguez alcoólica.

Durante a abordagem e revista, foi encontrado no interior do carro um revólver Taurus, calibre 38, com cinco munições intactas e uma deflagrada. O acusado também não possuía CNH e se negou a realizar o etilômetro.

Ele foi preso e conduzido para a delegacia.

 

Assessoria/4ºBPM

Continue lendo

Brejo/Agreste

Policiais prendem quatro homens com armas e carro adulterado 

Publicados

em

Policiais da 2ª Companhia do 4° BPM (Batalhão de Polícia Militar) prenderam, na tarde desta quarta-feira (18), na cidade de Alagoa Grande, quatro homens com um veiculo adulterado e dois revólveres.

Os policiais da guarnição do Comando da Companhia estavam se preparando para realizar mais uma operação integrada com a Polícia Civil quando avistaram quatro homens em um veículo em atitudes suspeitas.

Os policiais deram voz de prisão, mas eles desobedeceram e aceleraram o automóvel, seguindo na PB 079, na direção da cidade de Areia, e na fuga jogaram duas armas.

Os quatro foram alcançados e abordados pelos policiais, que na busca encontraram ainda uma arma branca e constataram que o veículo apresentava adulteração.

Os acusados foram conduzidos à delegacia, onde foram autuados por associação criminosa, porte ilegal de arma de fogo e adulteração veicular.

Assessoria/4º BPM

Continue lendo

Mais Lidas