Policial

Após dez meses, foragido da Justiça de Belém é preso em João Pessoa

A Polícia Militar prendeu, na noite da última sexta-feira (25), na Capital, um homem procurado pela justiça há mais de 10 meses, acusado de matar a tiros, no dia 7 de junho do ano passado, William dos Santos Alves, de 25 anos, na cidade de Belém – Agreste da Paraíba. Wesleydson de Almeida Mendes, 24, é da mesma cidade onde aconteceu o crime e estava escondido em João Pessoa desde a época do fato. Contra ele, existia um mandado de prisão expedido pela comarca de Belém.

O acusado foi preso quando passava em um carro com mais dois suspeitos, em um dos bloqueios da Operação Nômade, no bairro do Grotão. Na abordagem, um dos ocupantes do veículo, que tem 17 anos, foi encontrado com sete munições no bolso. O outro acusado, de 26 anos, estava armado com um revólver calibre 38.

Wesleydson de Almeida a princípio não queria se identificar, mas quando foi consultado o nome dele, os policiais descobriram que ele estava sendo procurado desde junho de 2016 por homicídio qualificado.

O trio foi apresentado na Central de Polícia Civil, no Geisel. A prisão teve a participação efetiva dos cadetes, alunos do curso de Habilitação de Oficiais e de Formação de Soldados, que reforçaram a blitz sob a coordenação de vários oficiais do 5º Batalhão da PM.

Secom-PB




Mais Lidas

Topo