Política

Deputado propõe criação de delegacias especializadas em furtos de gado e outros crimes nas zonas rurais da Paraíba

raniery_paulino_foto_na_tribuna_divulgacao

O parlamentar reforça pedido de instalação de Agência de Defesa Agropecuária no estado.

O deputado estadual Raniery Paulino (PMDB) apresentou, na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), requerimento de indicação para o Governo do Estado, a necessidade de adoção de projeto para criação de delegacias especializadas em crimes rurais e abigeato na Paraíba. O parlamentar reforçou o pedido de instalação de Agência de Defesa Agropecuária no estado.

Na sua justificação para apresentação do pleito, o deputado Raniery mostrou que o crime de furtos envolvendo animais do campo, sobretudo o roubo de gado, tem sido frequente em determinadas regiões da Paraíba. Ele deu como exemplo fato ocorrido no último dia 04 de novembro, 17 touros foram roubados de uma propriedade rural no município de Mulungu, não havendo uma delegacia especializada para investigar esse tipo de ocorrência no Estado. “Trata-se de uma demanda do setor produtivo paraibano, visando intensificar o combate aos delitos na área rural”, acrescentou.

Raniery fez questão de lembrar a iniciativa do Governador do Estado do Rio Grande do Sul, que anunciou no mês de agosto deste ano algumas medidas de enfrentamento ao crime de abigeato (furto de animais do campo), com a consequente instalação de delegacias especializadas em cinco bases, além de unidades complementares subordinadas ao Departamento de Polícia do Interior (DPI).

O deputado disse que vem recebendo inúmeros testemunhos de violência, especialmente furtos de motos e animais do campo na zona rural, além destacou também ausência da Agência da Defesa Agropecuária também implica na falta de fiscalização dos animais transportados na Paraíba.

Uma das lutas de Raniery na Assembleia, com vários debates em audiências públicas, mobilizações e através de emenda no orçamento estadual para a instalação de Agência de Defesa Agropecuária, órgão que tem a finalidade de acompanhar e regular o serviço de defesa.  Segundo o deputado, na Paraíba existe um desfalque elevado em relação à fiscalização animal e vegetal dos produtos que entram e saem no estado, o que implica inclusive em barreira para exportação dos produtos.

 

ASSESSORIA




Mais Lidas

Topo