Conecte-se conosco

Brejo/Agreste

Sudene inclui Guarabira e mais 23 municípios da PB na zona do semiárido

Publicados

em

Decisão considerou o percentual diário de déficit hídrico e índices pluviométrico e de aridez.

Conselho Deliberativo da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) aprovou, na quinta-feira (23), a inclusão de 24 municípios da Paraíba na zona do semiárido. Segundo a Sudene, a inclusão se deu a partir de levantamento técnico produzido por grupo de trabalho interministerial, do qual a superintendência e o Ministério da Integração fizeram parte. A decisão considerou como critérios o percentual diário de déficit hídrico e índices pluviométrico e de aridez.

A vice-governadora, Ligia Feliciano, esteve na reunião do conselho, realizada em Fortaleza, e explicou que essas cidades vão receber ações específicas da Sudene, para promover o desenvolvimento econômico e políticas públicas diferenciadas para os moradores.
O secretário do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca, Rômulo Montenegro, comentou que a integração dos 24 municípios na zona do semiárido vai contribuir com a qualidade de vida das pessoas, principalmente por causa das políticas públicas que são direcionadas para os municípios que estão sob abrangência do semiárido.

“Começando pelos agricultores, que terão uma política de financiamento agrícola diferenciada com juros mais tolerantes, com prazos mais dilatados e passa por uma política de FNE também extremamente mais tolerante diante do quadro de escassez chuvosa e o reconhecimento da zona do semiárido. Além disso, as políticas sociais que são direcionadas a partir do reconhecimento daquele município como sendo do semiárido são extremamente benevolentes, diante exatamente da vulnerabilidade que a população passa diante da escassez de chuva”, explicou.

Entraram na lista do semiárido os municípios de Alagoa Grande, Alagoa Nova, Alagoinha, Araçagi, Areia, Belém, Borborema, Caldas Brandão, Cuitegi, Duas Estradas, Guarabira, Gurinhém, Juarez Távora, Lagoa de Dentro, Matinhas, Mulungu, Pilões, Pilõezinho, Pirpirituba, São José dos Ramos, Serra da Raiz, Serra Redonda, Serraria e Sertãozinho.

G1 PB

Brejo/Agreste

Liminar obriga prefeitura e Estado a retomarem tratamento de 42 pacientes com glaucoma

Publicados

em

A Defensoria Pública do Estado da Paraíba assegurou por meio de liminar a retomada do tratamento de 42 pacientes portadores de glaucoma na cidade de Araçagi, localizada no Brejo paraibano. Dos 59 pacientes cadastrados na Secretaria Municipal de Saúde, apenas 17 tinham acesso a tratamento, que inclui consultas, exames e uso contínuo de colírio.

A Ação Civil Pública foi ajuizada pelo defensor público Marcos Freitas, após ser procurado por um grupo de 12 pacientes prejudicados pela suspensão do tratamento – o que pode levá-los, inclusive, a perda irreversível da visão. A liminar, contudo, garante o retorno imediato do tratamento a todos os 42 pacientes cadastrados, além de novos portadores que venham a necessitar do tratamento junto a Secretaria Municipal de Saúde de Araçagi.

“Nós demonstramos o imprescindível direito dos pacientes, cadastrados ou não, receberem de forma imediata os colírios, bem como a realização de exames e tratamento médico na rede pública ou, na impossibilidade, na rede privada, as expensas do município de Araçagi ou do Estado da Paraíba, de maneira solidária”, argumentou o defensor na ação.

Na decisão, o juiz da comarca, Fábio Brito de Faria, destacou que “a obrigação do Estado/réu deverá ser cumprida, sob pena de execução forçada, mediante a apresentação periódica (semestral) de receita médica atualizada, comprovando a necessidade de continuação da medicação”. Como Prefeitura e Estado são entes solidariamente responsáveis, o cumprimento da decisão também caberá a Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Doença crônica – O glaucoma é uma doença crônica capaz de causar cegueira pela falta de tratamento. Embora não tenha cura, pode ser controlada na maioria dos casos por meio de tratamento adequado e contínuo, com uso de colírios.

Fonte: Paraiba.com.br

Continue lendo

Brejo/Agreste

Programação do São João em Lagoa de Dentro começa nesta sexta-feira (15)

Publicados

em

A Cidade de Lagoa de Dentro, no Vale do Mamanguape Paraibano, distante 103 km de João Pessoa, é o principal destino para os festejos juninos nesse fim de semana. A programação começa na sexta-feira, 15 de junho, e se estende até o domingo (17).

Na sexta (15) a programação começa a partir das 19h com o “arraiá do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV)”. O evento vai contar com a participação de grupos que são assistidos por programas sociais no Município, e por alunos de Escolas da Rede Municipal de Ensino. O Arraiá será realizado no Ginásio Poliesportivo “O Andrezão”.

No sábad0 (16), será realizado o XXVII Festival de Quadrilhas Juninas com a participação de cerca de mais de 10 grupos. O evento ocorre no Ginásio Poliesportivo “O Andrezão”, a partir das 19h.

A programação se encerra ano domingo (17) com shows de Amazan, Brasas do Forró, Os Barbosas e Unidos do Forró. Os shows ocorrem no Calçadão da Lagoa “Francisco Soares”, a partir das 22h.

Assessoria

Continue lendo

Brejo/Agreste

Autorizada implantação do sistema de abastecimento d’água em distritos de Araçagi

Publicados

em

O governador Ricardo Coutinho esteve, nesta quinta-feira (7), em Araçagi para assinar a ordem de serviço autorizando a implantação do sistema de abastecimento de água, que vai atender os distritos de Santa Lúcia e Tainha. A obra, que representa R$ 1,5 milhão de investimento, vai levar água de qualidade para as residências de cerca de 1.700 habitantes. Prefeitos, o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Gervásio Maia, deputados estaduais como João Gonçalves, Anísio Maia e Ricardo Barbosa, vereadores, auxiliares do Governo e lideranças da região participaram da solenidade.

Na ocasião, Ricardo Coutinho comentou que a obra vai mudar a realidade das duas comunidades que serão beneficiadas com a chegada da água tratada nas torneiras. “Vamos trazer água da adutora que sai da barragem de Araçagi até Mamanguape e dessa construção interligaremos para atender Santa Lúcia e Tainha com abastecimento. É sempre bom lembrar que ao lado da água caminha a estrada. Por isso, daqui a alguns dias, também queremos iniciar a licitação para a estrada Guarabira/Mamanguape passando por Itapororoca e fazendo a travessia de Araçagi, isso vai fortalecer ainda mais a região”, afirmou.

O governador também lembrou que o Governo do Estado está construindo o canal Acauã-Araçagi e garantiu que a primeira etapa está praticamente concluída e a segunda etapa está com 50% das obras. “É um canal fundamental para a região, porque vai gerar a nova fronteira de desenvolvimento agrícola da Paraíba, já que essa área tem um potencial enorme”, disse.

Serão construídos dois reservatórios elevados, cada um, com capacidade de 100 metros cúbicos e implantados 210 metros de subadutora de ferro fundido e 3.370 metros de rede de distribuição. Serão executadas, ainda, 340 ligações domiciliares. “Em cerca de seis meses a obra deverá ser concluída e levará água tratada para a população destas comunidades”, garantiu o presidente da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), Hélio Cunha Lima.

“Essa obra é um grande desejo do povo destas comunidades. Em breve, Santa Lúcia e Tainha vão ter água tratada. Agradeço ao Governo do Estado por ser um parceiro de Araçagi. Hoje também anuncio que a prefeitura vai construir uma quadra para o uso da comunidade Santa Lúcia”, disse o prefeito de Araçagi, Murilio Nunes.

Para o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Gervásio Maia, este momento ficará marcado na memória dos assentamentos Santa Lúcia e Tainha por se tratar do dia em que um sonho começa a ser realizado. “Chegar até aqui não foi fácil, mas o povo acreditou e depois de cerca de 20 anos o abastecimento de água vai se tornar uma realidade nestas comunidades”, comentou.

“Vamos completar 22 anos do Assentamento Santa Lúcia e sempre foi um grande desejo do povo ter água tratada nas nossas torneiras. Água só traz coisa boa e estamos honrados porque esta conquista finalmente virá”, comemorou o presidente da Associação de Moradores de Santa Lúcia, José Ribeiro.

De acordo com a professora Salete Pontes, moradora do Assentamento Santa Lúcia, a questão da água sempre foi complicada na comunidade. “A gente é abastecido por água de poço, mas mesmo assim é racionado, sendo um dia com água e outro sem. Ano passado, conseguimos um motor para trazer água e cisternas, mas, somente quando o sistema de abastecimento ficar pronto, teremos água potável todos os dias”, falou.

Continue lendo

Redes Sociais

Twitter Brejo.com Youtube Brejo.com Orkut Brejo.com Facebook Brejo.com

Mais Lidas