Conecte-se conosco

Variedades

Organização divulga nova lista com os 10 maiores perseguidores de cristãos no mundo

Publicados

em

A organização Portas Abertas, fundada em 1955 e atualmente presente em 60 países, é uma das mais respeitadas instituições dedicadas à monitorar os índices de perseguição religiosa aos cristãos no mundo, prestando auxílio aos perseguidos através de uma ampla rede de suporte colaborativo.

Conhecida, também, por publicar uma lista anual com o ranking de países onde a perseguição religiosa é maior, a organização dessa vez resolveu criar uma nova lista, não para citar países, mas sim para divulgar os grupos ou pessoas que mais promovem a perseguição aos cristãos.

“Compartilhamos essa lista para não provocar raiva – embora se espere uma raiva justa -, mas para levar todos nós à oração e à ação. Jesus nos ordenou, diretamente, orar por nossos inimigos. Então, por favor, use esta lista como uma poderosa ferramenta de oração”, escreve a Portas Aberta.

A organização também explica que a lista não está em ordem de relevância. A listagem é apenas uma forma de organização. Fazem parte da lista:

01 – Estado Islâmico; 02 – Al-Qaeda; 03 – Kim Jong-Un (ditador da Coréia do Norte); 04 – Nacionalistas hindus; 05 – Al-Shabaab; 06 – Boko Haram; 07 – Extremistas da etnia “Fulani”; 08 – Radicais islâmicos; 09 – Cartéis de drogas; 10 – Satanás, o maior inimigo.

Como personalidade, destaque para Kim Jong-Un, líder comunista da Coréia do Norte. A Portas Abertas afirma que o país tem sido o maior perseguidor de cristãos no mundo, fazendo com que ocupe a posição número 1º em sua lista anual.

Fora Jong-Un e o próprio Satanás, inimigo espiritual da humanidade, nota-se a prevalência de grupos extremistas muçulmanos, inclusive em ascensão, como é o caso da etnia “Fulani”, responsável por inúmeros ataques aos cristãos no início desse ano, na África.

A Portas Abertas pede aos cristãos em todo mundo que clamem ao Senhor para que a atividade terrorista e de perseguição aos cristãos sejam interrompidas no mundo:

“Ore para que Deus pare com suas ações, mude o coração deles e faça brilhar a luz radiante do evangelho em seu caminho – assim como fez com o apóstolo Paulo, um dos perseguidores mais agressivos da época da igreja primitiva”.

Gospelmais

Paraíba

Número de feminicídio na PB será divulgado em agosto e medidas de enfrentamento serão implantadas pelo TJ

Publicados

em

Números de uma pesquisa feita pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), revelaram que a Paraíba detém uma estatística preocupante de feminicídio. Segundo o levantamento divulgado no ano passado, o Estado possui uma taxa de 5,3 assassinatos, para cada grupo de 100 mil mulheres. Estamos em 12º lugar, no País, atrás dos estados de Sergipe, Ceará e Alagoas. Só este ano, mais de 30 mulheres já foram assassinadas e a quantidade de vítimas não para de crescer.

Com o objetivo de atualizar esses números e os processos que tramitam em todo o Poder Judiciário estadual, com a qualificadora de feminicídio, a Corregedoria Geral de Justiça da Paraíba editou um provimento para que essas ações sejam identificadas com uma tarja de cor rosa. Mais de 100 cartórios judiciais espalhados por quase todas as comarcas paraibanas, com competência de Tribunal do Júri (homicídio ou tentativa de homicídio) receberam esse provimento e têm até esta sexta-feira (20) para enviar seus respectivos relatórios, especificando esse tipo de ação penal. O resultado do esforço conjunto será divulgado na primeira quinzena de agosto.

“Depois de atualizados os processos, vamos implementar, no âmbito do Poder Judiciário estadual, diretrizes de enfrentamento ao feminicídio. Para se ter uma ideia, só este ano, já foram assassinadas mais de trinta mulheres. Precisamos saber quais desses homicídios são, efetivamente, feminicídios”, comentou a coordenadora da Mulher em Situação de Violência do Tribunal de Justiça da Paraíba, a juíza titular Vara Única da Comarca de Lucena, Graziela Queiroga Gadelha de Sousa.

A tarja cor de rosa, na opinião da coordenadora, servirá para identificar o processo e facilitar a correção dos dados numéricos relativos a essa tipificação criminal. Por outro lado, vai fazer com que magistrados e servidores possam ter uma atenção diferenciada para os processos envolvendo a morte violenta de mulheres.

A magistrada informou, ainda, que o Tribunal de Justiça da Paraíba, por meio da Coordenadoria da Mulher, vem dando especial atenção à questão, principalmente quanto à subnotificação. Para Graziela, há muitos casos de mortes de mulheres, na Paraíba, que não estão classificados com a notificação de feminicídio. “Temos inconsistência quanto aos números. A Lei do Feminicídio é, basicamente, nova. Entrou em vigor em março de 2015, e, de lá para cá, os dados referentes a esses crimes não são reais. É preciso um estudo mais apurado para identificá-los”, observou.

Atuação externa – A juíza Graziela relatou que a Coordenadoria passou a integrar um grupo de trabalho que está fazendo um estudo qualitativo e quantitativo dos casos envolvendo morte de mulheres na Paraíba. Desse grupo fazem parte a Delegacia Geral de Mulheres, a Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana, a Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e outros segmentos da rede de proteção à mulher vítima de violência.

A magistrada destacou como uma iniciativa importante a recente Lei n° 11.166/2018, que instituiu o Dia Estadual de Combate do Feminicídio na Paraíba. A data será lembrada, anualmente, no dia 19 de junho, quando a sociedade civil organizada poderá promover campanhas, debates, seminários, palestras, entre outras atividades, para conscientizar a população sobre a importância do combate ao feminicídio e demais forma de violência contra a mulher.

No final de maio, a juíza representou o Tribunal de Justiça da Paraíba em uma Audiência Pública, para discutir a implantação do Protocolo de Feminicídio no Estado, em adesão à iniciativa realizada no País pela ONU Mulheres Brasil – órgão da Organização das Nações Unidas. Uma das palestrantes do evento foi a consultora de Enfrentamento à Violência da ONU, Aline Yamamoto, que fez uma explanação sobre “Diretrizes para investigar, processar e julgar com perspectiva de gênero as mortes violentas de mulheres (feminicídio)”.

Feminicídio no Brasil – Em sua explanação, Yamamoto disse que no Brasil, a média é de cinco mil assassinatos de mulheres por ano. Desse total, metade diz respeito a feminicídio. “O Estado tem que melhorar a resposta que dá à questão de assassinatos de mulheres no País. O Brasil é o quinto País com maior número de assassinatos de mulheres no mundo. É uma situação preocupante. Precisamos dar uma resposta que seja coerente com os diretos da mulher, que são: direito à Verdade, à Memória e à Justiça”, alertou.

É considerado feminicídio o homicídio contra a mulher por razões da condição de sexo feminino. A pena de reclusão vai de 12 a 30 anos. O sujeito ativo pode ser qualquer pessoa. Normalmente é um homem, mas pode ser outra mulher. Já o sujeito passivo, obrigatoriamente, deve ser uma pessoa do sexo feminino, criança, adulta ou idosa.

Comissão Parlamentar Mista de Inquérito sobre Violência contra a Mulher, em seu relatório final, define o feminicídio como sendo a instância última de controle da mulher pelo homem: “o controle da vida e da morte”. Continua o texto: ele se expressa como afirmação irrestrita de posse, igualando a mulher a um objeto, quando cometido por parceiro ou ex-parceiro; como subjugação da intimidade e da sexualidade da mulher, por meio da violência sexual associada ao assassinato; como destruição da identidade da mulher, pela mutilação ou desfiguração de seu corpo; como aviltamento da dignidade da mulher, submetendo-a a tortura ou a tratamento cruel ou degradante.”

Legislação – A Lei nº 13.104/2015 alterou o artigo 121 do Decreto-Lei nº 2.848/1940, para prever o feminicídio como circunstância qualificadora do crime de homicídio, e o artigo 1º da Lei nº 8.072, de 25 de julho de 1990, para incluir o feminicídio no rol dos crimes hediondos. Para especificar o crime de feminicídio, foi acrescentado ao Código de Processo Penal (CPP) o § 2-A do Artigo 121.

Por Fernando Patriota/TJPB

Continue lendo

Cultura

Jovem de João Pessoa estreia no ‘The Voice Brasil’ e é confirmado no time de Ivete Sangalo

Publicados

em

Depois do sucesso e da vitória de Eduarda Brasil no programa The Voice Kids , mais um jovem da Paraíba, está representando o estado na rede globo, agora no reality para jovens e adultos.
Kevin Ndjana mora em João Pessoa e está participando do The Voice Brasil, em sua sétima temporada.
Ele que é natural de Brasília, mas adotou a capital paraibana como sua terra do coração, cantou uma versão muito animada da música “Uptown Funk”, do cantor internacional Bruno Mars e fez com que todos os técnicos virassem a cadeira para, mas acabou garantindo sua vaga no time de Ivete Sangalo.
Com Portal Diário

Continue lendo

Cinema

Confira os filmes em cartaz no Cinemaxxi de 19 à 25 de Julho

Publicados

em

Foto: Divulgação

Confira os filmes em cartaz no CineMaxxi Cidade Luz em Guarabira-PB, de 19 à 25 de julho de 2018. Os filmes: Arranha-céu, Hotel Transilvânia 3Homem Formiga e a VespaOs Incríveis 2 continuam em cartaz. Confira a seguir os trailers e horários de exibição.

 

Arranha-Céu


Sinopse: Responsável pela segurança de arranha-céus, o veterano de guerra americano e ex-líder da operação de resgate do FBI, Will Ford (Dwayne Johnson), é acusado de ter colocado o edifício mais alto e mais seguro da China em chamas. Cabe ao agente então achar os culpados pelo incêndio, salvar sua família que está presa dentro do prédio e limpar seu nome antes que seja tarde demais.

Classificação: 14 anos (Não recomendado para menores de 14 anos)

Gênero: Ação, Suspense – Duração: 1 hora e 43 minutos

Horários no CineMaxxi Cidade Luz

Quinta, Segunda, Terça, Quarta:
16h50 – 3D Dublado Sala 1
21h30 – 3D Dublado Sala 1

Sexta:
21h30 – 2D Legendado Sala 1

Sábado, Domingo e Feriados:
16h50 – 3D Dublado Sala 1
21h30 – 3D Dublado Sala 1

 

Hotel Transilvânia 3


Sinopse: Solitário e infeliz, buscando um novo amor na internet, Drácula é surpreendido com um presente da querida filha: férias em um cruzeiro. Inicialmente resistente à ideia, ele acaba engajado no passeio ao se encantar pela comandante, que, no entanto, esconde um segredo nada amigável.

Classificação: Livre (Livre para Todos os Públicos)

Gênero: Animação, Comédia – Duração: 1 hora e 38 minutos

Horários no CineMaxxi Cidade Luz

Quinta, Sexta, Segunda, Terça, Quarta:
14h45 – 3D Dublado Sala 2
17h00 – 3D Dublado Sala 2
19h10 – 3D Dublado Sala 2
21h20 – 3D Dublado Sala 2

Sábado, Domingo e Feriados:
14h45 – 3D Dublado Sala 2
17h00 – 3D Dublado Sala 2
19h10 – 3D Dublado Sala 2
21h20 – 3D Dublado Sala 2

 

Homem Formiga e a Vespa


Sinopse: Após ter ajudado o Capitão América na batalha contra o Homem de Ferro na Alemanha, Scott Lang (Paul Rudd) é condenado a dois anos de prisão domiciliar, por ter quebrado o Tratado de Sokovia. Diante desta situação, ele foi obrigado a se aposentar temporariamente do posto de super-herói. Restando apenas três dias para o término deste prazo, ele tem um estranho sonho com Janet Van Dyne (Michelle Pfeiffer), que desapareceu 30 anos atrás ao entrar no mundo quântico em um ato de heroísmo. Ao procurar o dr. Hank Pym (Michael Douglas) e sua filha Hope (Evangeline Lilly) em busca de explicações, Scott é rapidamente cooptado pela dupla para que possa ajudá-los em sua nova missão: construir um túnel quântico, com o objetivo de resgatar Janet de seu limbo.

Classificação: 12 anos (Não recomendado para menores de 12 anos)

Gênero: Ação, Ficção científica, Aventura – Duração: 1 hora e 58 minutos

Horários no CineMaxxi Cidade Luz

Quinta, Sexta, Segunda, Terça, Quarta:
14h20 – 3D Dublado Sala 1
18h45 – 3D Dublado Sala 3
21h10 – 3D Dublado Sala 3

Sábado, Domingo e Feriados:
14h20 – 3D Dublado Sala 1
18h45 – 3D Dublado Sala 3
21h10 – 3D Dublado Sala 3

 

Os Incríveis 2


Sinopse: Quando Helena Pêra é chamada para voltar a lutar contra o crime como a super-heroína Mulher-Elástica, cabe ao seu marido, Roberto, a tarefa de cuidar das crianças, especialmente o bebê Zezé. O que ele não esperava era que o caçula da família também tivesse superpoderes, que surgem sem qualquer controle.

Classificação: Livre (Livre para Todos os Públicos)

Gênero: Animação, Família – Duração: 1 hora e 58 minutos

Horários no CineMaxxi Cidade Luz

Quinta, Sexta, Segunda, Terça, Quarta:
14h00 – 3D Dublado Sala 3
16h25 – 3D Dublado Sala 3
19h00 – 3D Dublado Sala 1

Sábado, Domingo, Feriados:
14h00 – 3D Dublado Sala 3
16h25 – 3D Dublado Sala 3
19h00 – 3D Dublado Sala 1


Para os filmes em 3D, o ingresso custa apenas R$ 24,00. E R$ 20,00 para filmes em 2D. Mas todo mundo paga meia de segunda a quinta-feira, exceto feriados. Aproveite a promoção!

Meia entrada para todos de segunda à quinta no CineMaxxi.

Não é a toa que o CineMaxxi Cidade Luz é o máximo em cinema! Olha que legal! Todo mundo paga meia-entrada de segunda a quinta-feira, exceto feriados! É ou não é uma boa notícia? Reúna toda a família e vá ao CineMaxxi!

Toda semana, de segunda a quinta-feira, todo mundo paga meia!!! E não precisa apresentar nada, nem carteirinha e nem cupom de promoção! Agora no #CineMaxxi a meia-entrada é garantida pra todo mundo!

 


cinemaxxi_cidade_luz_LOGOFique sempre informado:

Siga o CineMaxxi Cidade Luz nas redes sociais:

facebook.com/cinemaxxicidadeluz

instagram.com/cinemaxxicidadeluz

Ou ligue para o CineMaxxi: (83) 3271-1324

Continue lendo

Mais Lidas