Reitoria do IFPB em João Pessoa inscreve para 10 vagas de estágios – brejo.com
Conecte-se conosco

Concursos

Reitoria do IFPB em João Pessoa inscreve para 10 vagas de estágios

Publicados

em

Oportunidades na reitoria de João Pessoa são para alunos de cinco cursos.
Classificados terão direito a bolsa auxílio no valor de R$ 364.

 

O Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB) está com inscrições abertas para o preenchimento de dez vagas de estágios em sua reitoria no campus de João Pessoa. De acordo com a assessoria de imprensa da instituição, as oportunidades são para alunos dos cursos de Tecnologia em Sistemas para Internet, Tecnologia em Redes de Computadores, Ciência da Computação ou equivalente, Arquitetura e Urbanismo e Engenharia Elétrica.

São duas vagas na diretoria de Educação a Distância e Programas Especiais, duas na coordenação de Obras e Engenharia, três no departamento de Tecnologia da Informação e três na coordenação de Infraestrutura e Manutenção de Redes.

Os interessados podem se inscrever até o dia 30 de abril. Os pré-requisitos para o preenchimento dos cargos e a ficha de inscrição estão disponíveis no site www.ifpb.edu.br. Os cadastros podem ser feitos de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h, no setor de Protocolo da reitoria de João Pessoa.

Os selecionados receberão bolsas no valor de R$ 364 e auxílio-transporte de R$ 6 por dia estagiado. A carga horária é de 20 horas semanais e a duração do estágio é de seis meses, podendo ser prorrogado por até 18 meses, mediante avaliação semestral.

O processo seletivo será feito com base em análise de currículo dos candidatos. O resultado final com a classificação dos candidatos deverá ser divulgado até 11 de maio.

 

Do G1 PB

Concursos

Concurso para UEPB terá quase 200 vagas e salário de até R$ 3.396

Publicados

em

Segundo o professor Rangel Júnior, o certame será realizado ainda neste ano e a divulgação deve acontecer em dezembro.

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) vai realizar concurso público ainda neste ano com quase 200 vagas para todos os níveis de escolaridade (superior médio e fundamental). Os salários variam de R$ 1.502 (fundamental), R$ 2.394 (médio) e R$ 3.396 (superior).
RANGEL_REITORO número exato de vagas ainda não foi definido, mas, de acordo com o reitor da UEPB, Rangel Júnior, se aproxima das 200. “Estamos ajustando esse quesito. Vamos ter uma reunião hoje à tarde para definir o número exato de vagas”, informou.
Ainda de acordo com o reitor, “Se não for possível definir na reunião desta sexta-feira, na segunda-feira pela manhã bateremos o martelo sobre totalidade de vagas”, declarou Rangel Júnior antecipando que o menor quantitativo será para o de nível superior.
Segundo o professor Rangel Júnior, o certame será realizado ainda neste ano e a divulgação deve acontecer em dezembro e a contratação dos aprovados será, possivelmente, em janeiro de 2018.
O reitor da universidade disse ainda que não haverá cadastro de reserva no certame. “Todos serão aproveitados”, garante.
A Universidade Estadual da Paraíba lança nesta segunda-feira (2), às 10h, o edital de concurso público para técnicos administrativos. No lançamento, o professor Rangel Júnior concederá uma entrevista coletiva às 10h, no Hall do Prédio Administrativo da UEPB, no Campus de Bodocongó.
Do ClickPB

Continue lendo

Brasil

Para auditor e médico: dois concursos do Ministério da Agricultura vão oferecer até 600 vagas

Publicados

em

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento poderá realizar concurso para a contratação de 600 funcionários. A autorização foi publicada pelo Ministério do Planejamento no Diário Oficial da União desta quarta-feira (19), em duas portarias.

 A portaria nº 232 autoriza a realização de concurso público para 300 vagas de auditor fiscal federal agropecuário para o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

O provimento dos cargos está condicionado a dois fatores: à existência de vagas na data de publicação do edital de abertura das inscrições para o concurso público; e à declaração do ordenador de despesa responsável, quando do provimento dos cargos, sobre a adequação orçamentária e financeira da nova despesa à Lei Orçamentária Anual e sua compatibilidade com a Lei de Diretrizes Orçamentárias.

Já a portaria nº 231 autoriza a realização de processo seletivo simplificado para a contratação de até 300 médicos veterinários, por tempo determinado.

Os prazos para publicação dos dois editais de abertura de inscrições para o processo seletivo simplificado serão de até seis meses, contado a partir da publicação da portaria.

Os selecionados terão a remuneração definida pelo Ministério da Agricultura. O prazo de duração dos contratos deverá ser de até um ano e poderá ser prorrogado por igual período.

180 Graus

Continue lendo

Cidades

2ª Câmara do TCE reitera nulidade de concurso em Araçagi e renova prazo de defesa para os servidores

Publicados

em

Reunida em sessão ordinária, na manhã desta terça-feira (27), a 2ª Câmara do Tribunal de Contas da Paraíba reiterou, à unanimidade, decisão prolatada, face um recurso de reconsideração impetrado pela prefeitura municipal de Araçagi, renovando um prazo de 90 dias para que o município instaure processo administrativo, visando notificar os servidores admitidos em concurso, para que apresentem defesa e esclarecimentos, tendo em vista a decisão da Corte de Contas, que julgou pela irregularidade do certame, em decisão consubstanciada no Acórdão AC2-TC-02856/16.

O posicionamento do Tribunal de Contas decorre da verificação de cumprimento de decisão. Teve como relator o conselheiro substituto, Oscar Memede Santiago Melo, que em seu voto enfatizou o parecer ministerial, pugnando pela renovação do prazo, entendimento acatado pelos demais membros do colegiado. O relator explicou que o concurso foi eivado de irregularidades, lembrando, inclusive, a aprovação de membros da comissão e inidoneidade da empresa promotora.

A 2ª Câmara julgou pela regularidade da prestação de contas da Fundação Ernani Sátyro, exercício de 2016, tendo como gestora Geralda Medeiros de Lacerda, sob a relatoria do conselheiro Arthur Cunha Lima. O Colegiado rejeitou recurso de reconsideração impetrado pelo ex-gestor do Instituto de Previdência dos Servidores Municipais de Lagoa Seca, contra a decisão que julgou irregulares as Contas do exercício de 2014, consubstanciada no Acórdão AC2-TC-02638/16.

Por perda de objeto, o plenário decidiu arquivar denúncia formulada contra a Prefeitura Municipal de Pedra Branca, relativa a procedimento licitatório na modalidade Tomada de Preços. Segundo o relator, conselheiro Arthur Cunha Lima, a denúncia é procedente, no entanto, o município anulou o processo, antes mesmo da análise do Tribunal de Contas. Na defesa, a advogada Bruna Barreto Melo solicitou a anexação, aos autos, de novo edital com as correções solicitadas.

A 2ª Câmara do TCE é presidida pelo conselheiro Antônio Nominando Diniz, e realizou a 2860ª sessão ordinária. Foram agendados 75 processos. Funcionou no plenário Ministro João Agripino Filho e teve na composição, além do presidente, os conselheiros Arnóbio Alves Viana e Arthur Cunha Lima, e o substituto Oscar Mamede Santiago Melo. Pelo Ministério Público de Contas atuou o procurador Manoel Antônio dos Santos Neto.

Ascom/TCE

Continue lendo

Mais Lidas