Brasil acompanhará medidas de Obama com ‘extrema atenção’ – brejo.com
Conecte-se conosco

Política

Brasil acompanhará medidas de Obama com ‘extrema atenção’

Publicados

em

Em Blog do Planalto, porta-voz disse que anúncio ‘é um primeiro passo’.
Nesta sexta, presidente americano disse que vai limitar espionagem.

 

O porta-voz da Presidência da República, Thomas Traumann, declarou em nota publicada neste domingo (19) pelo Blog do Planalto que o governo brasileiro vai acompanhar com “extrema atenção” as consequências práticas do anúncio do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, de limitar o sistema de espionagem das agências de inteligência norte-americanas.

Em discurso nesta sexta (17), Obama informou que irá promover uma série de reformas nos programas de inteligência dos EUA, após o caso dos vazamentos feitos pelo ex-consultor Edward Snowden, que revelou, por exemplo, monitoramento de chefes de Estado estrangeiros, incluindo a presidente Dilma Rousseff.

É um primeiro passo. O governo brasileiro irá acompanhar com extrema atenção os desdobramentos práticos do discurso”
Thomas Traumann,
porta-voz da Presidência, no Blog do Planalto

Na declaração, Traumann disse que o governo brasileiro analisou “detidamente” o anúncio de Obama. “É um primeiro passo. O governo brasileiro irá acompanhar com extrema atenção os desdobramentos práticos do discurso”, disse o porta-voz.

É a primeira manifestação do governo brasileiro acerca do discurso de Obama, que disse que as agências de inteligência vão interromper a prática de espionar as comunicações de dezenas de líderes internacionais considerados “amigos e aliados” dos EUA.

“Deixamos claro à comunidade de inteligência que, ao menos que exista um urgente propósito de segurança nacional, não vamos monitorar as comunicações de chefes de Estado e de governo entre nossos mais próximos amigos e aliados”, disse em discurso no Departamento de Justiça, em Washington.

No entanto, Obama afirmou que a inteligência americana vai continuar coletando informações sobre as “intenções” de outros governos, e os EUA não vão “pedir desculpas” pelo fato de sua inteligência ser mais eficiente.

O Brasil foi um dos países a reagir com veemência às revelações de que a Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em inglês) monitorava as comunicações de cidadãos e autoridades fora dos EUA. Em setembro, o programa Fantástico revelou documentos “ultrassecretos” que mostravam que a presidente Dilma Rousseff no alvo da NSA.

Semanas depois, Dilma usou seu discurso na abertura da Assembleia Geral da ONU, em Nova York, para condenar a postura de Washington. Em novembro, juntamente com a Alemanha, o Brasil apresentou uma proposta nas Nações Unidas com regras para garantir o “direito à privacidade” na era digital. Em dezembro, a proposta foi aprovada por unanimidade pelos 193 países-membros da organização.

 

Do G1

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Brasil

Eleição já tem 13 candidatos à Presidência confirmados; veja quem são

Publicados

em

Partidos têm até segunda-feira para oficializar as chapas.

Álvaro Dias (Podemos) O senador Álvaro Dias foi escolhido pelos convencionais do Podemos para ser candidato à Presidência da República. A candidatura do parlamentar pelo Paraná foi oficializada em Curitiba, durante convenção nacional do partido. Na primeira fala como candidato, Álvaro Dias anunciou que, se eleito, vai convidar o juiz federal Sérgio Moro para ser ministro da Justiça, e repetiu a promessa de “refundar a República”. Ele vai compor chapa com o ex-presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Paulo Rabello de Castro, cujo partido, o PSC, havia decidido lançar candidatura própria à Presidência, mas desistiu em favor de uma aliança com o Podemos. Além do PSC, fazem parte da coligação até agora os partidos PTC e PRP.

Continue lendo

Cidades

Tabajara vai entrevistar candidatos a governador da Paraíba e vices

Publicados

em

As rádios estatais, Tabajara AM e FM, realizarão rodadas de entrevistas com todos os candidatos a governador na Paraíba. A reunião que decidiu realizar a sabatina foi realizada ontem na sede da emissora com a presença de representantes de todas as legendas que devem ter candidatos.

Um sorteio foi realizado para definir a sequência das entrevistas, que começarão no próximo dia 7 de agosto. A primeira entrevistada será Lígia Feliciano, do PDT; no dia 8, Rama Dantas, do PSTU; 9 de agosto será com o PSOL de Tárcio Texeira; dia 10 com o MDB de Zé Maranhão; no dia 13 com o PSB de João Azevêdo; e o último entrevistado será Lucélio Cartaxo, do PV, no dia 14.

Ainda de acordo com a emissora, ainda serão definidas as datas para as rodadas de entrevistas com candidatos a senadores ou senadoras e candidatos a vices, dos candidatos e candidatas.

 

PB Agora

Continue lendo

Política

Camila participa de encontro nacional do PSDB Mulher sobre as eleições

Publicados

em

A deputada estadual Camila Toscano participou, em São Paulo, de capacitação promovida pelo PSDB Mulher sobre as eleições deste ano, abordando temas como marketing e legislação eleitoral. O encontro que reuniu mais 150 pré-candidatas de todo o Brasil contou com a presença do ex-governador de São Paulo e pré-candidato à presidência da República, Geraldo Alkimin.

“Foi uma excelente oportunidade para debatermos o papel da mulher nas eleições deste ano e discutirmos temas importantes como marketing e a legislação que teve algumas mudanças do último pleito para esse. Sem contar que foi um momento de confraternização entre todas nós mulheres que fazemos o PSDB de todo o Brasil”, destacou Camila.

Ao lado das ex-presidentes do PSDB-Mulher, Solange Jurema (AL) e Thelma de Oliveira (MT), a atual líder do secretariado, deputada federal Yeda Crusius (RS), enfatizou a responsabilidade que todas as pré-candidatas terão em relação à utilização dos recursos públicos. “É preciso seriedade e compromisso com os recursos públicos e nós temos essa capacidade de gestão”, enfatizou Yeda.

O encontro também contou com a participação da pré-candidata ao Senado Federal, por São Paulo, Mara Gabrilli. A tucana ressaltou a participação masculina neste processo de ampliação de espaços. “Os homens são muito bem-vindos! Quando a gente faz junto, a gente faz muito melhor. Não queremos separação, queremos igualdade”, disse.

Participaram do encontro ao lado da deputada Camila Toscano as pré-candidatas a vice-governadora, Micheline Rodrigues; e a deputada federal Edna Henriques, além da presidente do PSDB Mulher na Paraíba, Iraê Lucena.

Assessoria

Continue lendo

Mais Lidas