Conecte-se conosco

Tecnologia

Brejo.com chegou na App Store, baixe grátis no seu iPhone

Publicados

em

A partir de hoje, 03 de abril de 2015, está lançado oficialmente a versão iOS do aplicativo brejo.com. Usuários do iPhone 4S, 5c, 5S, 6 e 6 Plus podem baixar o App direto na App Store. Basta procurar por “brejo.com” ou “brejo”. O app é grátis.

No app iOS do brejo.com você vai poder:
* Acessar as últimas notícias publicadas no portal.
* Ler as principais editorias: Brasil, Cidades, Guarabira, Política, Policial, Mundo, Saúde, Tecnologia e Variedades.
* Consultar e ler as matérias em modo off-line.
* Salvar as matérias favoritas para ler depois.
* Ver a fanpage do brejo.com no Facebook.
* Entrar em contato com a redação pelo Fale Conosco.
* Receber notificações com notícias e novidades de última hora.
* Acessar catálogo com número telefônicos dos principais serviços públicos de Guarabira.

brejo.com_na_AppStore

Pelo link: https://itunes.apple.com/br/app/brejo.com/id979130591?mt=8  também é outra forma de baixar o app no seu iPhone. Usuários que já usam a versão web-app no iPhone verão um link para baixar direto na loja de aplicativos. Os usuários que acessam o brejo.com pelo navegador Safari no iPhone verão um banner logo acima com o link para baixar na App Store.

Leia mais:

Brejo.com lança versão 1.1 do seu aplicativo para Android

 

Do brejo.com

Tecnologia

Sistema eletrônico de votação já é utilizado em 35 nações

Publicados

em

Foto: Divulgação

Em todo o mundo, 35 países já utilizam sistemas eletrônicos para captação e apuração de votos. O levantamento é do Instituto Internacional para a Democracia e a Assistência Eleitoral (Idea Internacional), sediado em Estocolmo (Suécia). A lista inclui democracias consolidadas como a da Suíça, do Canadá, da Austrália e dos Estados Unidos, país que adota sistemas eletrônicos em alguns estados.

Na América Latina, México e Peru também fazem uso do sistema. Na Ásia, além de Japão e Coreia do Sul, há o exemplo da Índia. Maior democracia do mundo em número de eleitores – mais de 800 milhões -, o país utiliza urnas eletrônicas semelhantes à brasileira, mas adaptadas à realidade eleitoral local.

Com um dos mais avançados sistemas de votação utilizados no planeta, que envolve a captação, o armazenamento e a apuração de votos por meio da urna eletrônica, o Brasil é um dos poucos países que conseguiram expandir a votação eletrônica à quase totalidade dos eleitores.

Referência
Em funcionamento desde 1996, o sistema tornou-se referência internacional nessa área. Já ocorreram empréstimos de urnas desenvolvidas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para vários países, entre eles, a República Dominicana, Costa Rica, o Equador, a Argentina, Guiné-Bissau, o Haiti e México. O Paraguai também empregou as urnas eletrônicas brasileiras em suas eleições de 2001, 2003, 2004 e 2006.

Segundo o secretário de Tecnologia da Informação do TSE, Giuseppe Janino, atualmente a Justiça Eleitoral tem estabelecido acordos de intercâmbio de conhecimento. “Somos referência mundial nesse assunto, e os acordos de cooperação firmados são uma oportunidade para o Brasil transferir conhecimento. O acordo não é para ceder equipamento ou transferir softwares, mas, sim, para transferir conhecimento, pois cada país tem sua realidade”, destaca Janino.

O interesse internacional em relação ao sistema eletrônico de votação brasileiro e a presença de comitivas de vários países no TSE já integra a rotina do Tribunal. Nas Eleições Municipais de 2016, por exemplo, mais de 30 nações enviaram autoridades para acompanhar o pleito e conhecer o sistema brasileiro, entre as quais Angola, Bolívia, Botsuana, Coreia do Sul, Costa Rica, Estados Unidos, França, Guiné, Guiné-Bissau, Jamaica, México, Panamá, Peru, República Dominicana e Rússia.

No final de setembro deste ano, o TSE recebeu a visita de parlamentares da República da Indonésia, país que manifestou a intenção de adotar o sistema de voto eletrônico em 2024.

Missões
Segundo o chefe da assessoria de Assuntos Internacionais do TSE, Ciro Leal, desde 1996 o tribunal assinou mais de 40 acordos de cooperação e enviou mais de 30 missões técnicas ao exterior. “Também recebemos mais de 70 visitas. Tudo isso tendo o sistema eletrônico no foco do interesse dos parceiros internacionais”.

Fonte: Agência Brasil com informações do TSE

Continue lendo

Tecnologia

Empresa Brasil de Comunicação lança aplicativo EBC Play

Publicados

em

Foto: Divulgação

Empresa Brasil de Comunicação (EBC) lançou hoje (14) um novo serviço para levar informação à população brasileira – o EBC Play. O aplicativo, que já está disponível nas versões iOS e Android, vai apresentar um catálogo inicial de dez produções de entretenimento, jornalismo e infantil.

O público terá acesso, sem qualquer custo, ao conteúdo dos programas Todas as BossasMúsica AnimadaPartiturasBravosMídia em FocoAntenizeCaminhos da ReportagemConversa com Roseann Kennedy e Diálogo Brasil, além de documentários.

Pelo aplicativo será possível acessar também as entrevistas com os candidatos a presidente da República, que vão ao ar a partir desta sexta-feira (17), com participação de jornalistas da Agência BrasilRádio Nacional e TV Brasil. Na estreia, o entrevistado será o candidato João Amoêdo (Novo).

O presidente da EBC, embaixador Alexandre Parola, destacou a importância da presença multiplataforma da empresa. “Não adianta termos a melhor televisão e a melhor radiodifusão do mundo quando menos e menos gente vê televisão”, disse Parola, acrescentando que o EBC Play será essencial para a internacionalização da EBC. “É assim que se faz. Não é com parabólica. É assim que brasileiros, franceses, americanos e ingleses terão acesso à nossa programação, que é uma produção de grande qualidade”.

Fonte: Agência Brasil

Continue lendo

Tecnologia

Facebook terá ferramentas para controlar tempo gasto em plataforma

Publicados

em

Foto: Ilustração

O Facebook anunciou novas ferramentas para que os usuários possam monitorar o tempo gasto na plataforma e no Instagram, aplicativo de propriedade da empresa. O quadro de controle de atividades (Activity Dashboard) vai permitir que a pessoa verifique quanto tempo passou conectada ao programa e crie formas de gerir as notificações. A empresa não informou quando os recursos estarão disponíveis.

No Facebook, será criado um link chamado Seu Tempo no Facebook (Your Time on Facebook). Neste link, o dono do perfil pode conferir o tempo médio naquele dispositivo, que poderá ser analisado por determinados períodos, como dia ou semana. Neste espaço, será possível definir um tempo limite ou de referência e solicitar alertas quando este for atingido.

Outro novo recurso é a gestão das notificações, mecanismo usado pela plataforma para avisar ao usuário quando alguma interação (comentário, like ou publicação) é feita junto ao perfil. Eles podem ser ativados para ser recebidos de diferentes formas, até quando a pessoa não está logada. As notificações acabam funcionando como estímulo para que a pessoa visite a plataforma, aumentado o tempo de acesso a ela.

O usuário poderá interromper os alertas de notificação. Para isso, basta acessar as configurações de notificação (notification settings) e clicar em mute push notifications. Essa suspensão poderá ser definida por determinado período.

Segundo o diretor de Pesquisa da empresa, David Ginsberg, o objetivo é dar às pessoas meios de controlar o tempo gasto. Nesta quarta-feira (1º), em comunicado oficial onde a medida foi anunciada, Ginsberg afirmou que a empresa está preocupada com o impacto da quantidade e da qualidade do tempo despendido nos aplicativos da firma, especialmente entre jovens.

Instagram

No Instagram, as mesmas ferramentas foram implantadas. O usuário que quiser visualizar o tempo gasto deve acessar o link Sua Atividade (Your Activity).

Assim como no Faceboo, lá estarão disponíveis as informações sobre o tempo por dia e semana e também os recursos para suspender as notificações.

Fonte: Agência Brasil

Continue lendo
Apoio

Mais Lidas