MPPB faz levantamento de bens da Prefeitura de Rio Tinto para coibir dilapidação do patrimônio público – brejo.com
Conecte-se conosco

Cidades

MPPB faz levantamento de bens da Prefeitura de Rio Tinto para coibir dilapidação do patrimônio público

Publicados

em

Para evitar e inibir o sumiço de bens públicos da Prefeitura de Rio Tinto, o Ministério Público da Paraíba (MPPB) iniciou na manhã desta sexta-feira (18) um levantamento fotográfico em vários equipamentos da administração municipal. Para fazer o registro das imagens desses bens públicos, o promotor de Justiça José Raldeck de Oliveira, da Promotoria de Justiça de Rio Tinto, obteve da Justiça o deferimento de um pedido de medida cautelar para ter acesso às repartições públicas municipais.

“As diligências na administração municipal tem como objetivo barrar e evitar a subtração do patrimônio público”, explica o promotor José Raldeck, que já prepara uma ação civil pública contra a prefeita Severina Ferreira Alves (PMDB). “O levantamento fotográfico é uma medida de precaução, antecedendo a ação civil pública. Por isso a necessidade das diligências nos prédios públicos municipais amparadas em mandados judiciais expedidos pela Justiça”. Para a realização das diligências, o MPPB também solicitou o apoio de auditores do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB).

De acordo com o promotor de Justiça, geralmente no final de seus mandatos eletivos, os prefeitos que não conseguem a reeleição – como é o caso da atual prefeita de Rio Tinto –, ou que não reelegem seu sucessor, passam a negligenciar o bem público, e pessoas ligadas à administração começam a dilapidar o patrimônio público.

Conforme levantamentos já feitos, após o resultado das eleições de outubro, dois ônibus escolares e uma motoniveladora entregues pelo governo federal à Prefeitura de Rio Tinto foram encontrados desmontados e com as peças retiradas. Também há o caso de um PSF na zona rural do município em que uma geladeira nova foi trocada por uma geladeira velha. Conforme os autos do processo judicial, até computadores e material de informática estariam desaparecendo das dependências da prefeitura.

A responsabilidade pela dilapidação do patrimônio público, segundo o promotor de Justiça, é do prefeito ou da prefeita, que incorre em improbidade administrativa pelo malbaratamento e perda patrimonial do município. O gestor municipal também pode ser enquadrado no crime de peculato.

Assessoria

Cidades

‘Operação Carro-pipa’ volta a abastecer Zona Rural de Campina Grande

Publicados

em

Foto: Ilustração

“Operação Carro-pipa” voltou a abastecer as 23 comunidades da Zona Rural de Campina Grande desde o início de agosto. Ao todo, 10 veículos devem levar água até sítios e assentamentos dos distritos de Galante, São José da Mata e Catolé de Boa Vista.

A ação havia sido suspensa em abril deste ano quando as chuvas aumentaram os níveis dos reservatórios da região. Segundo a secretaria de agricultura de Campina Grande, os meses de junho e julho foram muito secos. Além disso, a secretaria também informou que o mês agosto segue a sequência do mau tempo.

De acordo com 31º Batalhão de Infantaria Motorizada do Exército, cerca de 2,3 milhões de metros cúbicos de água são levados para 10 cisternas divididas entre as comunidades. Cada uma delas recebe um volume diferente de água, que varia de acordo com a demanda do local.

Na próxima semana, três carros locados pela secretaria de agricultura da cidade devem se unir para reforçar o abastecimento. Eles esperam pela autorização da Companhia de Água e Esgotos de Paraíba (Cagepa), que deve acontecer até esta sexta-feira (17).

Veja as comunidades que são abastecidas pela ‘Operação Carro-pipa’
Distrito de Galante:

Sítio Caridade;
Sítio Barreto;
Sítio Jacu;
Sítio Brito;
Sítio Jorge.
Catolé de Boa Vista:

Assentamento Pequeno Richard;
Assentamento Venâncio Tomé;
Assentamento Vitória;
Assentamento Antônio Euflauzino;
Sítio Queimada da Ema;
Sítio Gonçalo;
Sítio São Pedro;
Sítio Açúcar Branco;
Sítio Paus Brancos;
Sítio Logradouro;
Sítio Boi Velho.
São José da Mata:

Assentamento Cajazeiras;
Assentamento Campo D’angola;
Sítio Covão;
Olho D’água;
Monte Alegre.

Fonte: G1 PB

Continue lendo

Cidades

Provedor em Guarabira aumenta velocidades nos planos de internet

Publicados

em

Foto: Ilustração

Desde o dia 11 de agosto o provedor de internet Voax em Guarabira, disponibilizou os novos planos de velocidade para seus clientes com fibra ótica na cidade. Conforme informado em sua página no Facebook, os planos começam com 25 megas e vão até 100 megas de velocidade. Segundo informações os clientes dos antigos planos já foram migrados para as novas velocidades. Mais informações no https://www.facebook.com/voaxprovedor ou se preferir ligue: (83) 3271-3636 ou ainda pode acessar o site www.voax.com.br.

No mesmo dia também a Voax lançou o inicio das atividades na cidade de Alagoinha-PB, levando os novos planos de velocidade. Mais informações em Alagoinha ligue: (83) 3278-1305.

Do brejo.com

Continue lendo

Cidades

Guarabira, Araçagi e Pilõezinhos tem fornecimento de água interrompido durante o dia de hoje

Publicados

em

Foto: Ilustração

Comunicado de falta de água

A Cagepa, Gerência Regional do Brejo, comunica aos usuários das cidades de Guarabira, Araçagi e Pilõezinhos, que o abastecimento de água está interrompido nesta quarta-feira (15), em razão de rompimento da adutora de ferro, de 400 milímetros, que abastece os municípios. Equipe de manutenção já está trabalhando para solucionar o problema e a retomada gradativa do abastecimento está prevista para às 18h de hoje.

Guarabira, 15 de agosto de 2018.

Gerência Regional do Brejo

Fonte: Porta Mídia

Continue lendo

Mais Lidas