Cinema brasileiro marca presença com 12 filmes no Festival de Berlim – brejo.com
Conecte-se conosco

Cultura

Cinema brasileiro marca presença com 12 filmes no Festival de Berlim

Publicados

em

Foto: Divulgação

O cinema brasileiro estará presente com 12 filmes na 67ª edição do Festival de Cinema de Berlim, que começa hoje (9) na capital alemã e vai até o dia 19 deste mês. Considerado um dos eventos mais importantes do calendário cinematográfico mundial, o Berlinale, como o festival é conhecido, terá este ano mais uma vez um representante nacional na competição principal, disputando o Urso de Ouro.

O filme Joaquim, de Marcelo Gomes, é uma coprodução luso-brasileira, ambientada no século 18, que mostra a trajetória de Joaquim José da Silva Xavier até se tornar conhecido como Tiradentes, a mais importante figura histórica da Inconfidência Mineira. O longa que disputa o Urso de Ouro foi um dos vencedores do edital de coprodução Brasil-Portugal em 2014, promovido pela Agência Nacional do Cinema (Ancine), em parceria com o Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA), de Portugal, e também teve recursos do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA).

O cinema brasileiro venceu o Urso de Ouro no Festival de Berlim em duas ocasiões: em 1998, com Central do Brasil, de Walter Salles, e em 2008, com Tropa de Elite, de José Padilha.

Na mostra Panorama, a presença nacional fica por conta de Como Nossos Pais, de Laís Bodanzky, e das coproduções Brasil-Argentina-França Pendular, de Julia Murat; e Brasil-Portugal Vazante, de Daniela Thomas. Além desses, No Intenso Agora, de João Moreira Salles, está na programação da mostra Panorama Dokumente, e o curta de animação Vênus – Filó a Fadinha Lésbica, de Sávio Leite, fecha a participação brasileira na mostra, como filme de apoio.

A Mostra Generation traz os longas Não Devore meu Coração, de Felipe Bragança; Mulher do Pai, de Cristiane Oliveira; As Duas Irenes, de Fabio Meira; e o curta Em Busca da Terra sem Males, de Anna Azevedo. Do diretor Davi Pretto, Rifle aparece na mostra Forum, enquanto Estás Vendo Coisas, de Barbara Wagner e Benjamin de Burca, aparece na Berlinale Shorts, seção de curtas do evento.

Dois projetos brasileiros participam do Berlinale Co-Production Market: Obreiro, de Gabriel Mascaro, e Paloma, de Marcelo Gomes.

De acordo com a Ancine, cinco longas, entre as produções brasileiras presentes no Festival de Berlim, receberam recursos do FSA, contempladas em diferentes chamadas públicas do Programa Brasil de Todas as Telas, o principal da agência. Além de Joaquim, integram a lista Mulher do Pai, Pendular, Rifle e Como Nossos Pais.

Da Agência Brasil

Cidades

Caminhos do Frio começa em Serraria, PB, nesta segunda (30); veja programação

Publicados

em

A programação do Caminhos do Frio 2018 em Serraria, no Brejo da Paraíba, começa nesta segunda-feira (30), com o tema “Natureza, Seresta e Engenhos”. Shows, oficinas de fotografia, pintura e crochê, apresentações de grupos culturais, palestras e exibições de filmes em escolas estão entre as atividades programadas. Um dos destaques da programação é o show da banda Cavaleiros do Forró.

A abertura oficial do evento vai ocorrer às 19h30 desta segunda-feira, no Salão Nobre da Prefeitura. Já às 21h, na Praça Antônio Bento, o poeta Marcos Araújo vai fazer uma participação, seguido pelo grupo Garajaus da Serra, que deve apresentar “A Saga de Mateus e Catirina pela Fazenda Garajaus”. A banda Farra Autorizada faz show.

Até o domingo (5), serão realizados shows na Praça central de Serraria. Na sexta-feira (3), a banda Cavaleiros do Forró e o artista Ezielio Show se apresentam, enquanto que no sábado (4), a parte musical do evento, durante a noite, fica por conta de Adriano Costa e Banda e Bety Nascimento (ex-integrante da banda Mastruz com Leite). Já no domingo (5), a tarde vai ser animada pelo grupo Os Três do Xamego.

Na semana seguinte, de 6 a 12 de agosto, o Caminhos do Frio 2018 chega a Bananeiras, com o tema “Aventura e Arte na Serra”. Também estão no roteiro do evento, que acontece até o dia 2 de setembro, Remígio, Alagoa Nova e Alagoa Grande.

Veja a programação do Caminhos do Frio em Serraria, na PB

Segunda-feira (30)

19h30 | Salão Nobre da Prefeitura

Abertura oficial

21h | Praça Antonio Bento

Participação do poeta Marcos Araújo | Apresentação do grupo Garajaus da Serra: A saga de Mateus e Catirina pela Fazenda Garajaus | Show: Farra Autorizada

Terça-feira (31)

Salão Nobre da Prefeitura

  • 7h30| Credenciamento
  • 8h30| Abertura Oficial
  • 9h30| Mesa redonda: importância da produção e alimentação orgânica para saúde humana e ambiental
  • 11h | Prêmio da Agricultura Familiar De Serraria
  • 11h20 | Encerramento

8h |

  • Peti | Oficina: pinturas em telas | Responsável: Edson Santos
  • Creche Casulo Menino Jesus de Praga | Cinema na escola – Contato Leo Ballack
  • Escola Municipal Clovis dos Santos Lima | Oficina: crochê – Contato Isabel Nunes

13h30 | Salão Nobre da Prefeitura

Oficina: fotografia | Responsável: Clemilson Santos

14h |

  • Creche Casulo Menino Jesus de Praga | Cinema na escola – Contato Leo Ballack
  • Escola Municipal Clovis Dos Santos Lima | Oficina: crochê – Contato Isabel Nunes

20h | Cultura na Praça

Todos os dias | Contato: creche Casulo Menino Jesus de Praga, Serviço De Convivência e Fortalecimento de Vínculos e Colégio Estadual Antônio Bento

21h | Cultura na Praça

Show de calouros: “Descobrindo Talentos” | Show: grupo de Pagode da Aliança

22h30 | Cultura Na Praça

Grupo Ministério 1/3

Quarta-feira (1)

9h |

  • Escola Municipal Clovis dos Santos Lima | Oficinas: Crochê – Isabel Nunes | Violão – Sandro
  • Escola Estadual Francisco Duarte | Cinema na escola – Contato Leo Ballack
  • Cras | Oficina: Craquelê – Contato Dulce

13h30 | Salão Nobre da Prefeitura

Oficina: Fotografia – Contato Clemilson Santos

14h |

  • Escola Estadual Francisco Duarte | Cinema na escola – Contato Leo Ballack
  • Cras | Oficina: Craquelê – Contato Dulce
  • Escola Municipal Clovis dos Santos Lima | Oficina: Crochê – Contato Isabel Nunes
  • Escola Municipal Clovis dos Santos Lima | Oficina: Violão – Contato Sandro

Continue lendo

Cidades

Tributo pelo centenário de ator caiçarense tem sarau em João Pessoa

Publicados

em

No ano do seu centenário, após homenagem feita em Caiçara, o multi-artista Rafael de Carvalho será homenageado em João Pessoa. O evento se dará no dia 27/07 (sexta) a partir das 18h, e será promovido pelo Centro Cultural Ariano Suassuna (CCAS), do Tribunal de Contas da Paraíba, em parceria com a Academia de Cordel do Vale do Paraíba. Haverá exposição do acervo do artista colecionado pelo pesquisador caiçarense Jocelino Tomaz (objetos pessoais, discos, fotos, livros, cartazes de filmes, jornais, cordéis, revistas, etc.); apresentação da vida e da obra do ator no palco pelo pesquisador; declamações de poemas de Rafael por membros da Academia de Cordel, e lançamento do cordel “Rafael de Carvalho, o Multiartista Caiçarense”, de Bartolomeu Xavier.

A homenagem se dará dentro do sarau “Poemas e Cantos da Cidade”, que passará a ocorrer mensalmente. O CCAS já contava com uma programação de saraus, mas esse iniciara um novo formato idealizado pelo presidente da Academia de Cordel, Sander Lee, e o diretor do Centro, Flávio Sátiro Filho, dentro das determinações da presidência do Tribunal.

Nessa primeira edição, além da homenagem a Rafael, haverá declamações sobre temas diversos, vídeos e vários lançamentos literários, entre os quais “Laranja Romã” (Fábio Mozart), “Efeitos homíneos e naturais” (Onaldo Queiroga), “Menino Traquino” (Nasser Queiroga), “Jardim de amores” (Raniery Abrantes), “Cordel Universal” (Beto Brito), e “Matuto no Restaurante” (Tiago Monteiro). O evento conta, ainda, com uma visitação a exposição “Cenas da Paraíba”, do artista plástico Alexandre Prazim.

Rafael de Carvalho (1918-1981) atuou em 35 filmes (Macunaíma, Eles não Usam Black-tie, Terra em Transe, O Picapau-Amarelo, O Trapalhão na Ilha do Tesouro, Fogo Morto, etc), cinco novelas (O Bem-Amado, Gabriela, Saramandaia e outras), escreveu três livros, mais de vinte folhetos de cordel, lançou sete discos, produziu e atuou em peças teatrais e espetáculos folclóricos; além disso foi um grande militante cultural e político. Uma história que infelizmente ainda é pouco conhecida, mesmo em seu estado natal.

O evento tem entrada franca e o local, situado no bairro Jaguaribe, tem estacionamento próprio, garantindo segurança e comodidade aos participantes.

Essa será a primeira vez que um evento em memória de Rafael de Carvalho acontece na capital do seu estado natal, um passo importante para torna-lo merecidamente mais conhecido e reconhecido.

Continue lendo

Cultura

Guarabira recebe o cinema itinerante neste fim de semana

Publicados

em

UMA PROPOSTA DE DIVERSÃO GRATUITA PARA TODAS AS IDADES.

Além do ingresso, a pipoca e o refrigerante são gratuitos.

Nos dias 27, 28 e 29 de julho, a população de Guarabira, no Agreste paraibano,  tem encontro marcado com a diversão. Nesses dias, a cidade recebe o projeto “Cine Olé Consignado”, que vai promover sessões gratuitas de cinema para crianças, jovens e adultos.

A sala de cinema, que ficará localizada no Parque do Encontro, Bairro Nordeste, terá sessões às 8h, 10h, 14h, 16h e 19h, com títulos nacionais e internacionais de grande sucesso, como Meu Malvado Favorito 3, Sing – Quem Canta seus Males Espanta, Mulher-Maravilha, Meus 15 anos, Thor: Ragnarok, Carros 3, Minha Mãe é uma Peça 2 e muitos outros. Os ingressos são gratuitos, individuais e distribuídos por ordem de chegada uma hora antes do início das sessões. A pipoca e o refrigerante também são gratuitos.

Os filmes incluídos na programação foram escolhidos para agradar a toda a família. Assim, são histórias para todos os gostos e gêneros, como animação, comédia, ação e aventura. Pela manhã e à tarde, os filmes destinam-se principalmente para crianças e seus acompanhantes – e são programas ideais para o vovô ou a vovó aposentados curtirem com seus netos. As sessões noturnas, por sua vez, foram pensadas para agradar principalmente ao público jovem e a todas as pessoas que procuram uma distração para relaxar após o dia de trabalho.

O cinema móvel apresenta os mesmos recursos encontrados nas salas convencionais de cinema das grandes cidades. O ambiente tem capacidade para 77 confortáveis lugares e conta com isolamento térmico e acústico. Possui ar condicionado, bombonière, som estéreo, projeção convencional ou 3D, gerador próprio e elevador de acesso para pessoas com necessidades especiais.

A mostra de cinema itinerante é uma iniciativa da Olé Consignado, empresa de crédito formada em 2015 pela parceria entre os bancos Santander e Bonsucesso. O projeto foi idealizado pela Projetos com Incentivo, que tem mais de 10 anos de experiência em cinema e na realização de projetos incentivados nas áreas de cultura, esporte, educação e inclusão social.

O projeto “Cine Olé Consignado” tem início na Bahia e vai percorrer vários estados do país, como Pernambuco, Alagoas, Paraíba, Ceará, Piauí, Maranhão, Tocantins e Mato Grosso.

Confira, abaixo, a programação:

Feira de Santana (Bahia): 12 a 14 de julho

Petrolina (Pernambuco): 17 a 19 de julho

União dos Palmares (Alagoas): 22 a 24 de julho

Guarabira (Paraíba): 27 a 29 de julho

Russas (Ceará): 31 de julho, 1 e 2 de agosto

Itapipoca (Ceará): 5 a 7 de agosto

Campo Maior (Piauí): 9 a 11 de agosto

Piripiri (Piauí): 14 a 16 de agosto

União (Piauí): 18 a 20 de agosto

Timon (Maranhão): 23 a 25 de agosto

Caxias (Maranhão): 27 a 29 de agosto

Codó (Maranhão): 1 a 3 de setembro

Coroatá (Maranhão): 5 a 7 de setembro

Pedreiras (Maranhão): 10 a 12 de setembro

Araguaína (Tocantins): 16 a 18 de setembro

Colinas do Tocantins (Tocantins): 21 a 23 de setembro

Palmas (Tocantins): 26 a 28 de setembro

Porto Nacional (Tocantins): 30 de setembro, 1 e 2 de outubro

Gurupi (Tocantins): 5 a 7 de outubro

Juara (Mato Grosso): 14 a 16 de outubro

Juína (Mato Grosso): 18 a 20 de outubro

Tangará da Serra (Mato Grosso): 23 a 25 de outubro

Cáceres (Mato Grosso): 27 a 29 de outubro

Poconé (Mato Grosso): 1 a 3 de novembro

Jaciara (Mato Grosso): 6 a 8 de novembro

Rondonópolis (Mato Grosso): 10 a 12 de novembro

 

Sobre a Olé Consignado

Fruto da joint venture entre o Banco Bonsucesso e o Santander, a Olé Consignado nasceu Banco Bonsucesso Consignado, em fevereiro de 2015. Em 25 de abril de 2016, a instituição teve seu nome e sua marca alterados e, assim, nasceu a Olé Consignado, uma empresa que tem como missão trabalhar cada vez mais para ser a solução para milhares de brasileiros que precisam de crédito. Olé é uma marca que traduz a alegria, a vibração e a capacidade do brasileiro de driblar as dificuldades, ir mais longe e vencer. Uma marca que traz a vibração e o espírito empreendedor de quem traz em sua história a experiência do Bonsucesso no consignado e a robustez do Santander, o que permite à instituição se posicionar no mercado como um importante player a oferecer os melhores produtos e serviços de crédito consignado. A Olé Consignado nasceu com uma carteira de crédito de R$ 4,4 bilhões, 1,8 milhão de clientes, aproximadamente 1.000 correspondentes autorizados espalhados pelo Brasil e uma rede de 39 lojas próprias. Os números robustos alcançados no primeiro ano de atuação no mercado, evidenciam o potencial de crescimento da Olé Consignado, que quer quintuplicar sua participação no segmento de crédito consignado em cinco anos, atingindo 10% de market share.

Sobre a Projetos com Incentivo

A plataforma Projetos com Incentivo foi criada para facilitar o encontro entre o proponente e as empresas que investem em projetos incentivados – CULTURA, ESPORTE, EDUCAÇÃO, INCLUSÃO SOCIAL, entre outros. Essa plataforma permite que os produtores de conteúdo divulguem seus projetos para grandes empresas, pois além de divulgar, a Projetos com Incentivo distribui seu portfólio para parceiros comerciais estrategicamente espalhados por todo o Brasil.

Assessoria

Continue lendo

Mais Lidas