Conecte-se conosco

Guarabira

Lei que prevê ‘História do Cordel de Guarabira’ como opção de conteúdo nas escolas do município é sancionada

Publicados

em

Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

A Lei de autoria do vereador Leonardo Macena foi sancionada nesta segunda-feira (5) pelo prefeito em exercício.

Pouca gente conhece o valor histórico da Literatura de Cordel produzida em Guarabira, no Agreste da Paraíba. Na cidade nasceram nomes como José Camelo de Melo Rezende e Manoel Camilos dos Santos, autores de clássicos da poesia popular, e abrigou tipografias que produziram folhetos apreciados no mundo todo.

Contudo, a partir da Lei, de autoria do vereador Leonardo Macena (PPS) e sancionada nesta segunda-feira (5) pelo prefeito em exercício, Marcus Diogo (PSDB), a história dessa arte passa a integrar o conteúdo opcional às escolas da rede pública do município.

Segundo Macena, a Lei não obriga as escolas a trabalhar o tema, mas oferece o conteúdo para ser trabalhado em atividades desenvolvidas por professores. “O conteúdo foi sugerido em caráter opcional, ou seja, o objetivo da Lei é fomentar trabalhos com a história do Cordel de Guarabira nas escolas”, conta.

O vereador ainda lembrou que no município existe o Memorial do Cordel que, segundo ele, é um importante equipamento de pesquisa e pode ser utilizado pelas escolas. “O Memorial do Cordel que leva o nome do autor do Romance do Pavão Misterioso, José Camelo, é um equipamento, que foi criado na gestão de Zenóbio e pode ser usado pelas escolas para pesquisas sobre o tema”, acrescentou.

Atuação na Cultura

Cultura é uma das áreas tidas como prioridade por Leonardo Macena, em três meses de atuação como parlamentar, o vereador é autor do Projeto de Lei que cria o dia da Literatura de Cordel em Guarabira, aprovado por unanimidade na Câmara e aguarda sanção do executivo.

O parlamentar ainda criou a Lei que inclui a Paixão de Cristo encenada no Bairro do Cordeiro no calendário oficial de eventos da cidade e é autor do Decreto que concedeu o título de cidadão guarabirense ao poeta popular Ismael Freire, que será entregue no próximo dia 13.

E na última quinta-feira (1º) apresentou um requerimento solicitando a construção de um monumento do Pavão Misterioso no centro da cidade.

Assessoria

Guarabira

Covid-19: Guarabira chega a 8.010 notificados; 1.554 são ativos

Confira o boletim epidemiológico desta segunda-feira, 03

Publicados

em

Continue lendo

Guarabira

‘Nem tudo que é legal, é moral’, diz Meireles ao votar contra aumento de salário do Prefeito e dos Vereadores de Guarabira

Publicados

em

Nesta terça-feira (9), a Câmara Municipal de Guarabira aprovou em primeira votação os Projetos de Lei Nº 34 e 35 de 2020, de autoria da mesa diretora, que tratam do aumento no salário do prefeito, vice, secretários e vereadores, com início a partir de 1º de janeiro do próximo ano. Único vereador a votar contra os projetos e também pareceres jurídicos das Comissões de Constituição e Justiça e Finanças e Orçamentos, Renato Meireles (Cidadania) disse durante voto em sessão remota que “nem tudo que é legal, é moral”.

“Entendo que o momento requer uma postura diferente dos poderes públicos. Respeito quem pensa diferente, mas segui a minha consciência”, relatou o parlamentar em suas redes sociais.

O reajuste, aprovado por oito votos favoráveis e quatro contrários, estabelece em R$ 25 mil a remuneração do prefeito e R$ 12,5 mil a do vice, um acréscimo de 38,8% em relação aos antigos salários de R$ 18 mil e R$ 9 mil, respectivamente. Já os secretários municipais sofrem o maior aumento, cerca de 61,7%, deixando de receberem R$ 4.638,00 e passando para R$ 7.5 mil.

O salário dos vereadores sai dos atuais R$ 7,5 mil para R$ 10 mil, cerca de 33,3% de aumento. O presidente da Câmara passa a receber R$ 16,5 mil e não mais R$ 13.505,00, um reajuste de 22,1%.

Para Renato Meireles, o seu voto é de coerência pelo que já defendeu na Casa Osório de Aquino nos três anos e meio de mandato, como o não reparcelamento dos R$ 5 milhões do Instituto de Previdência e Assistência Municipal (IAPM), os votos contrários às reuniões de ouro da Superintendência de Transportes e Trânsito (STTrans), a cobrança da taxa de iluminação pública da Zona Rural, o posicionamento contra a negativação dos guarabirenses no SPC e Serasa e o aumento da taxa de iluminação pública.

Assessoria

Continue lendo

Cidades

Casos com Covid-19 em Guarabira chegam a 936; ativos são 470

Confira o boletim epidemiológico desta terça-feira, 9 de junho.

Publicados

em

A Secretaria de Saúde de Guarabira divulgou no começo da noite desta terça-feira (9) a atualização do boletim epidemiológico com os números da Covid-19. Os infectados na cidade já somam 936, um aumento de 59 casos de ontem para hoje.

Guarabira é o epicentro da doença em toda a região, que envolve mais de 25 cidades. Dos infectados, 448 pacientes já foram recuperados e 470 estão em tratamento.

De acordo com os dados divulgados, foram confirmadas 18 mortes em decorrência do novo coronavírus. 1.096 casos foram descartados e 2.652 notificados.

Os bairros com maior incidência de infectados pela doença até agora são: Centro (119), Bairro Novo (95), Nordeste I (95), Cordeiro (76), Primavera (65) e Nordeste II (56).

Confira o boletim abaixo:

Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas