Conecte-se conosco

Cultura

“Primavera do Teatro” em Guarabira destaca cultura e homenageia Neide Polari

Publicados

em

Com sucesso de público, a 1ª Edição do Festival Nordestino de Teatro “Primavera do Teatro” vem atraindo pessoas de todas as idades ao longo dessa semana. O evento começou no último sábado (23) e terminará neste sábado (30) com a festa de premiação “Troféu Pavão Misterioso”.
“O festival já é sucesso de público. A população está prestigiando o evento. A presença maciça das pessoas registradas nas peças está superando as expectativas. Isso tudo é fruto de uma importante iniciativa do prefeito Zenóbio em resgatar no coração do povo o quão enriquecedor é prestigiar um espetáculo teatral”, aponta o secretário de Cultura e Turismo, Percinaldo Toscano.
Tal como o nome do festival sugere, Guarabira entra na “estação das flores” como o palco das maiores manifestações culturais da Paraíba, nas quais 283 atores de sete estados do Nordeste habitam na cidade, tornando a capital do Brejo uma grande comunidade artística, pois além de apresentarem seus espetáculos no dia marcado, podem prestigiar outras peças, predominando assim a confraternização entre artistas e público.
“Pra mim o Primavera do Teatro caiu no gosto do público sim, pois nosso país vive um momento de muita carência de iniciativas na área cultural e a Prefeitura de Guarabira mostra que está remando contra a maré, por assegurar um projeto como esse, onde a sociedade guarabirense tem a oportunidade de acompanhar de graça produções de alto nível. É realmente impagável!” destacou a atriz sergipana Isabel Santos, que atuou no monólogo “Senhora dos Restos”, no último domingo (24).
Vale destacar o cuidado da organização do festival em elaborar em sua programação horários que atendam a diversas faixas de idade. O público infanto-juvenil, por exemplo, tem espaço garantido nas peças apresentadas às 15h00, e em especial aos estudantes de escolas municipais e da rede privada de ensino. Nesta sexta-feira (29), por exemplo, o “Primavera do Teatro” ofereceu ao público a primeira peça dedicada para bebês de zero a três anos de idade, através da Cia. de Teatro Nós Dois, de João Pessoa.
Em seguida, o horário das 17h00 foi dedicado aos espetáculos de rua, em que os grupos teatrais atrairam a atenção do público na Praça João Pessoa em uma estrutura montada especialmente para o festival. Já o turno da noite, a partir das 20h00, a platéia lotou o Teatro Geraldo Alverga para assistir as peças da categoria adulto, devido à temática forte e abordagens de assuntos polêmicos como traição, conflitos familiares e discriminação social.
Paralelo às atividades cênicas, o festival nordestino “Primavera do Teatro” também abriu espaço para as oficinas de produção e atuação. Segundo a organização do evento, 128 pessoas participaram das quatro oficinas oferecidas durante a semana. Zeno Zanardi, que ministrou a oficina “A Cena Visual – Abordagem da Plasticidade da Personagem” parabenizou o prefeito pela iniciativa ao mesmo tempo em que ressalta o incentivo prestado pelo gestor pela arte e cultura de Guarabira.
A música teve espaço garantido no festival, com as apresentações de artistas de Guarabira e região do Brejo na Praça João Pessoa, realizados após a última peça teatral em cada um dos dias de evento.
Artistas conhecidos do grande público também participam do “Primavera do Teatro”. O ator paraibano Edilson Alves, ministrou a oficina “A Comédia e o Drama – Querer ou Não Querer” para estudantes do Centro Educacional Edivardo Toscano; o ator, que fez sucesso como o personagem Filó do programa “A Hora do Chibata” da TV Tambaú por 14 anos, ensinou aos jovens os conceitos fundamentais para o exercício cênico. A atriz paraibana Zezita Matos, com sua trajetória premiada e destaque em 2016 por seu papel na novela “Velho Chico” interagiu diretamente com o público, trocando ideias e compartilhando um pouco de sua carreira.
No entanto, um dos momentos de maior destaque do “Primavera do Teatro” será a homenagem prestada para a atriz guarabirense Neide Polari, por seu papel fundamental na pesquisa e registro da história do teatro em Guarabira, tal como suas inúmeras participações em peças de sucesso como “Alamoa”, “A Casa de Bernarda Alba” e “A Saga de Zé Miguel”. Ela será agraciada com o Troféu Especial “Pavão Misterioso” na solenidade de encerramento do festival, neste sábado (30).
Todos estes fatores fazem com que o festival nordestino “Primavera do Teatro” tenha vida longa no calendário dos eventos anuais de Guarabira e que, mediante seu sucesso, já está em fase de planejamento o Festival de Teatro Estudantil, trazendo cada vez mais a cultura para a vida dos estudantes, tal como de todo o público em geral.
Parlamentopb

Cidades

Abertura do ‘Raízes do Brejo’ acontece nesta sexta-feira (14) em Belém-PB

Publicados

em

A abertura oficial da Rota Cultural Raízes do Brejo acontecerá nesta sexta-feira (14) na cidade de Belém, no Agreste paraibano.  A abertura será partir das 19h, na praça 6 de setembro no centro da cidade.

Com toda a programação aberta ao público, os moradores e turistas poderão participar de shows musicais, exposição de artesanato, atividades esportivas, visita a engenho, caminhada ecológica, gastronomia regional e várias oficinas culturais e educativas.

Além do município de Belém, a Rota Cultural começa em setembro e vai até novembro passando pelos municípios de Alagoinha, Duas Estradas, Pirpirituba, Lagoa de Dentro, Serra da Raiz, Borborema, Dona Inês e Pilõezinhos.

Nos próximos dias 14 e 15 de setembro (sexta e sábado), acontecerá na Biblioteca Municipal Profª Maria Lira, em Belém, uma exposição de telas criadas por dez artistas locais e da região do Brejo e Curimataú paraibanos.

A exposição faz parte da programação de Belém na Rota Cultural Raízes do Brejo, edição 2018, e homenageia, em seu título, o Sr. José Luiz, idoso octogenário que construiu em sua pequena propriedade rural, no sítio Lagoa de Serra, no município de Belém, um parque de diversões com materiais recicláveis, unindo arte, natureza e preservação ambiental no topo de uma serra circundada por belas paisagens rurais.

A Exposição “José Luiz” reunirá 20 telas produzidas através de diversas técnicas artísticas, como pintura em óleo sobre tela e Arte Naif, pelos seguintes artistas:

  • Adriano Dias (Guarabira)
  • Edson Santos (Serraria)
  • Elias dos Santos (Guarabira)
  • Fernanda Milly (Belém)
  • José Guilherme (Guarabira)
  • Lucineide Barreto (Dona Inês)
  • Mércia Deocleciano (Belém)
  • Porpino Filho (Belém)
  • Ronaldo Ferreira (Cacimba de Dentro)
  • Thales Kelvin (Casserengue)

 

Com Assessoria

 

Continue lendo

Cidades

Caminhos do Frio começa em Serraria, PB, nesta segunda (30); veja programação

Publicados

em

A programação do Caminhos do Frio 2018 em Serraria, no Brejo da Paraíba, começa nesta segunda-feira (30), com o tema “Natureza, Seresta e Engenhos”. Shows, oficinas de fotografia, pintura e crochê, apresentações de grupos culturais, palestras e exibições de filmes em escolas estão entre as atividades programadas. Um dos destaques da programação é o show da banda Cavaleiros do Forró.

A abertura oficial do evento vai ocorrer às 19h30 desta segunda-feira, no Salão Nobre da Prefeitura. Já às 21h, na Praça Antônio Bento, o poeta Marcos Araújo vai fazer uma participação, seguido pelo grupo Garajaus da Serra, que deve apresentar “A Saga de Mateus e Catirina pela Fazenda Garajaus”. A banda Farra Autorizada faz show.

Até o domingo (5), serão realizados shows na Praça central de Serraria. Na sexta-feira (3), a banda Cavaleiros do Forró e o artista Ezielio Show se apresentam, enquanto que no sábado (4), a parte musical do evento, durante a noite, fica por conta de Adriano Costa e Banda e Bety Nascimento (ex-integrante da banda Mastruz com Leite). Já no domingo (5), a tarde vai ser animada pelo grupo Os Três do Xamego.

Na semana seguinte, de 6 a 12 de agosto, o Caminhos do Frio 2018 chega a Bananeiras, com o tema “Aventura e Arte na Serra”. Também estão no roteiro do evento, que acontece até o dia 2 de setembro, Remígio, Alagoa Nova e Alagoa Grande.

Veja a programação do Caminhos do Frio em Serraria, na PB

Segunda-feira (30)

19h30 | Salão Nobre da Prefeitura

Abertura oficial

21h | Praça Antonio Bento

Participação do poeta Marcos Araújo | Apresentação do grupo Garajaus da Serra: A saga de Mateus e Catirina pela Fazenda Garajaus | Show: Farra Autorizada

Terça-feira (31)

Salão Nobre da Prefeitura

  • 7h30| Credenciamento
  • 8h30| Abertura Oficial
  • 9h30| Mesa redonda: importância da produção e alimentação orgânica para saúde humana e ambiental
  • 11h | Prêmio da Agricultura Familiar De Serraria
  • 11h20 | Encerramento

8h |

  • Peti | Oficina: pinturas em telas | Responsável: Edson Santos
  • Creche Casulo Menino Jesus de Praga | Cinema na escola – Contato Leo Ballack
  • Escola Municipal Clovis dos Santos Lima | Oficina: crochê – Contato Isabel Nunes

13h30 | Salão Nobre da Prefeitura

Oficina: fotografia | Responsável: Clemilson Santos

14h |

  • Creche Casulo Menino Jesus de Praga | Cinema na escola – Contato Leo Ballack
  • Escola Municipal Clovis Dos Santos Lima | Oficina: crochê – Contato Isabel Nunes

20h | Cultura na Praça

Todos os dias | Contato: creche Casulo Menino Jesus de Praga, Serviço De Convivência e Fortalecimento de Vínculos e Colégio Estadual Antônio Bento

21h | Cultura na Praça

Show de calouros: “Descobrindo Talentos” | Show: grupo de Pagode da Aliança

22h30 | Cultura Na Praça

Grupo Ministério 1/3

Quarta-feira (1)

9h |

  • Escola Municipal Clovis dos Santos Lima | Oficinas: Crochê – Isabel Nunes | Violão – Sandro
  • Escola Estadual Francisco Duarte | Cinema na escola – Contato Leo Ballack
  • Cras | Oficina: Craquelê – Contato Dulce

13h30 | Salão Nobre da Prefeitura

Oficina: Fotografia – Contato Clemilson Santos

14h |

  • Escola Estadual Francisco Duarte | Cinema na escola – Contato Leo Ballack
  • Cras | Oficina: Craquelê – Contato Dulce
  • Escola Municipal Clovis dos Santos Lima | Oficina: Crochê – Contato Isabel Nunes
  • Escola Municipal Clovis dos Santos Lima | Oficina: Violão – Contato Sandro

Continue lendo

Cidades

Tributo pelo centenário de ator caiçarense tem sarau em João Pessoa

Publicados

em

No ano do seu centenário, após homenagem feita em Caiçara, o multi-artista Rafael de Carvalho será homenageado em João Pessoa. O evento se dará no dia 27/07 (sexta) a partir das 18h, e será promovido pelo Centro Cultural Ariano Suassuna (CCAS), do Tribunal de Contas da Paraíba, em parceria com a Academia de Cordel do Vale do Paraíba. Haverá exposição do acervo do artista colecionado pelo pesquisador caiçarense Jocelino Tomaz (objetos pessoais, discos, fotos, livros, cartazes de filmes, jornais, cordéis, revistas, etc.); apresentação da vida e da obra do ator no palco pelo pesquisador; declamações de poemas de Rafael por membros da Academia de Cordel, e lançamento do cordel “Rafael de Carvalho, o Multiartista Caiçarense”, de Bartolomeu Xavier.

A homenagem se dará dentro do sarau “Poemas e Cantos da Cidade”, que passará a ocorrer mensalmente. O CCAS já contava com uma programação de saraus, mas esse iniciara um novo formato idealizado pelo presidente da Academia de Cordel, Sander Lee, e o diretor do Centro, Flávio Sátiro Filho, dentro das determinações da presidência do Tribunal.

Nessa primeira edição, além da homenagem a Rafael, haverá declamações sobre temas diversos, vídeos e vários lançamentos literários, entre os quais “Laranja Romã” (Fábio Mozart), “Efeitos homíneos e naturais” (Onaldo Queiroga), “Menino Traquino” (Nasser Queiroga), “Jardim de amores” (Raniery Abrantes), “Cordel Universal” (Beto Brito), e “Matuto no Restaurante” (Tiago Monteiro). O evento conta, ainda, com uma visitação a exposição “Cenas da Paraíba”, do artista plástico Alexandre Prazim.

Rafael de Carvalho (1918-1981) atuou em 35 filmes (Macunaíma, Eles não Usam Black-tie, Terra em Transe, O Picapau-Amarelo, O Trapalhão na Ilha do Tesouro, Fogo Morto, etc), cinco novelas (O Bem-Amado, Gabriela, Saramandaia e outras), escreveu três livros, mais de vinte folhetos de cordel, lançou sete discos, produziu e atuou em peças teatrais e espetáculos folclóricos; além disso foi um grande militante cultural e político. Uma história que infelizmente ainda é pouco conhecida, mesmo em seu estado natal.

O evento tem entrada franca e o local, situado no bairro Jaguaribe, tem estacionamento próprio, garantindo segurança e comodidade aos participantes.

Essa será a primeira vez que um evento em memória de Rafael de Carvalho acontece na capital do seu estado natal, um passo importante para torna-lo merecidamente mais conhecido e reconhecido.

Continue lendo
Apoio

Mais Lidas