Conecte-se conosco

Brejo/Agreste

Município de Duas Estradas recebe terceira etapa da rota cultural Raízes do Brejo

Publicados

em

A simpática e aconchegante cidade de Duas Estradas, na região do Brejo da Paraíba, vai ser a terceira parada do projeto Raízes do Brejo- Rota Cultural, neste fim de semana.

A cidade, que tem pouco mais de 3,6 mil habitantes (IBGE/2010) e ocupa uma área de 26 km², se preparou para receber os turistas com uma série de atividades culturais, como oficinas de teatro, fotografia, cinema e artes visuais, além de apresentações de artistas, Orquestra Sinfônica e um show especial da banda Os Nonatos.

A programação começa nesta sexta-feira (20), com uma Oficina de Teatro com o ator e diretor Edilson Alves (UFPB), no Centro Cultural Antônio Costa (conhecida como a Casa Azul), às 14h.

Mas, a abertura acontece às 19h, com a execução dos hinos do Brasil e do município e a apresentação do musical “Na Vila Costa uma história surgia: o encontro de Duas Estradas”, interpretado pelos usuários do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos(SCFV).

Também haverá a apresentação da Orquestra do Prima (Programa de Inclusão Através da Música e das Artes), com a regência do maestro José Carlos Costa, no Palco Central, e, encerrando a solenidade, sobe ao palco o cantor Matheus Aguiar, às 21h.

Durante o sábado (21), as atividades culturais não param. Logo cedo, às 7h, haverá a apresentação do “Cantando na Feira”, com Antônio Costa, na Feira Livre.

Das 8h às 17h, haverá Oficinas de Fotografia e Cinema com o professor Matheus Andrade (UFPB); Oficinas de Artes Visuais com o artista plástico Elias dos Santos; Oficinas de Teatro com o ator e diretor Edilson Alves (UFPB), todas no Centro Cultural Antônio Costa (Casa Azul).

Às 16h estão previstos o ‘Aulão’ de Dança com o professor Raphael Melo, no Palco Central; e às 19h, o lançamento do curta-metragem “Da Luz” de Dayanne Borges, no Centro Cultural Antônio Costa (Casa Azul).

A população e os turistas também terão a opção de conhecer a Feira Gastronômica e de Artesanato, que acontece a partir das 19h.

Meia hora depois, ocorre o lançamento do livro “Rec – Uma iniciação à filmagem”, do professor Matheus Andrade (UFPB), na Estação Ferroviária.

Pouco depois a opção será uma visita na Exposição fotográfica “Duas Estradas: Cenários do Cotidiano”, (resultado da oficina de fotografia com os usuários do SCFV), também na Estação.

A partir das 20h está previsto o início das apresentações culturais, e começa com a Lapinha com o grupo “Flor da Idade” do SCFV, no Palco Central.

Às 20h30 quem entra em cena é o grupo de dança Garajaus da Serra (Serraria). Já às 21h, Manu Lima & Sensualidade Nagô fazem um show especial e, às 23h sobe ao palco a atração principal da festa, a banda Os Nonatos; tudo no Palco Central.

No domingo (22), a programação começa logo às 7h, com um café da manhã, na Estação Ferroviária.

Em seguida,será dado início ao Ecopedal em direção ao engenho Bom Jesus – Cachaça Alegre, com direito à visita ao engenho, degustação de cachaça. Haverá um show com Os Barbosas, na saída da Estação Ferroviária.

A partir das 10h, será promovida uma Oficina de Teatro com o ator e diretor Edilson Alves (UFPB), no Centro Cultural Antônio Costa (Casa Azul), além de uma Exposição do Clube do Carro Antigo da Paraíba, às 9h, na Rua Costa Filho.

Já a partir das 14h será promovido um passeio no Trem da Alegria ao Engenho Imaculada Conceição – Cachaça Serra da Limpa e um show, novamente de Os Barbosas, também na saída da Estação Ferroviária.

Às 16h todos os olhares estarão voltados ao horizonte, com o Pôr do sol no Cruzeiro. Haverá um show de Tony Souza (voz e violão), no Cruzeiro de São Francisco.

Às 20h, a Orquestra Rural Vó Maria, de Areia, se apresenta na Igreja Sagrado Coração de Jesus.

ONDE VISITAR:

Estação Ferroviária – Construída pela Great Western ofBrazil, a Estação Ferroviária e o Armazém da Companhia (como ficou popularmente conhecido o local que servia de depósito da Estação) foram inaugurados no dia 01 de janeiro de 1904, tendo o primeiro trem passado às 14 horas do mesmo dia.

Recentemente reformada, ambos são tombados pelo Iphaep (Instituto do Patrimônio Histórico e Geográfico da Paraíba)

Cruzeiro de São Francisco – O Cruzeiro São Francisco está localizado no ponto mais alto do Município, a 470 metros de altitude. Ele foi construído em fevereiro de 1932 por Francisco José da Costa, mais conhecido como “Coronel Costinha”.

A inauguração do Cruzeiro foi realizada com muita festa que se tornou tradicional no vilarejo, naquela época.

Poucos anos depois veio a falecer Francisco Costa Filho “Chiquinho”, filho do Coronel, e como não havia cemitério na Vila Costa, ele foi sepultado no Cruzeiro, e a partir deste acontecimento não houve mais festa no local.

Casa Branca (Casarão) – Construído em 1920, este casarão, foi residência do fundador de Duas Estradas, o industrial Antônio José da Costa, considerada a mais antiga residência da cidade.

Mausoléu da família Costa – Na região de Vila Costa não havia cemitério e, em 1922, Firmino José da Costa, que era um cidadão paralítico muito doente, descendente do antigo proprietário, comprou no Recife e trouxe técnicos para montar na sua fazenda, o mausoléu que deveria receber o seu corpo quando falecesse.

Firmino, que se mudara com a família para residir em Nova Cruz (RN), faleceu naquela cidade e ali foi sepultado. Contam os moradores mais antigos que neste local eram enterrados os corpos de crianças pagãs. Atualmente, passa por reforma.

Engenho Cachaça Alegre – Engenho Bom Jesus, Sítio Pau Amarelo.

Cachaça Serra Limpa na EXPO Brejo 2013

Engenho Cachaça Serra Limpa (FOTO)– Considerada a 5ª melhor cachaça brasileira em pesquisa realizada pelas revistas Veja e Playboy, a única cachaça paraibana a garantir o selo de qualidade do Instituto Biodinâmico (IBD), campeã do Prêmio Top Of Mind (mais lembrada pelos paraibanos) por 12 anos seguidos (2001-2013).

Casa Azul – Pertencia a Alberto de Carvalho Costa, político bastante influente na região e um dos filhos do fundador da Vila Costa. Recentemente reformado e transformado em Centro Cultural.

Igreja Sagrado Coração de Jesus – No ano de 1919, o Senhor Costinha, com recursos próprios, iniciou a construção da Igreja, onde na época gastou 6 (seis) contos de reis.

O nome do padroeiro foi escolhido pela Senhora Júlia Costa, esposa do Senhor “Costinha”, que eram muito devotos do Sagrado Coração de Jesus.

A primeira missa foi celebrada pelo padre Aprígio Espínola, que para admiração e alegria de muitos, celebrou a missa em Latim.

Da redação com Secom-PB

Rate this post

Brejo/Agreste

Hotel Escola Bruxaxá abre matrículas para novos alunos

Publicados

em

Foto: ilustração/Pixabay

As matrículas para o Hotel Escola Bruxaxá Monsenhor Ruy Barreira Vieira, na cidade de Areia, estarão abertas, a partir do dia 17 de janeiro, para novos alunos. A escola vai oferecer 40 vagas em dois cursos técnicos no eixo de Turismo: ‘Técnico em Serviços de Restaurante e Bar’ e ‘Técnico em Hospedagem’, para alunos que irão cursar a 1ª série do Ensino Médio em 2022. Os estudantes podem fazer a matrícula no site  matrícula.see.pb.gov.br, até o dia 21 deste mês.

Para garantir a vaga, o estudante que está ingressando na 1ª série do Ensino Médio na Rede Estadual deve selecionar o Hotel Escola Bruxaxá no momento de realização da  matrícula. Ao escolher a opção da escola, poderá selecionar um dos dois cursos técnicos, em seguida será realizado um processo seletivo pela própria escola no momento de validação das novas matrículas.

O Hotel Bruxaxá se encontra em processo de reforma e ampliação para funcionar como escola.  As atividades iniciaram em 2021 na Escola Cidadã Integral Técnica Ministro José Américo de Almeida, que também fica em Areia, e se adequou em parceria com o setor produtivo. Em 2022, as aulas iniciarão no prédio do Instituto Federal da Paraíba (IFPB), Campus Areia.

Além do diploma em um dos dois cursos, os alunos concluem com certificações de técnico em hospedagem, supervisor de hotelaria, auxiliar de operador turístico, assistente de governança, recepcionista, auxiliar de almoxarifado, garçom, hostess, maître, auxiliar de cozinha e garde manger.

Escola de Práticas Profissionais – Nesse modelo de escola, todo currículo é pautado nas necessidades do setor produtivo e nas competências do século XXI. Durante todo o Ensino Médio, além das aulas teóricas, os alunos farão 70% das disciplinas específicas na prática e passarão por avaliações contínuas dos professores e supervisores.

Secom-PB

Rate this post
Continue lendo

Brasil

Livro de Caiçarense herói da 2ª Guerra Mundial será lançado em Manaus

Publicados

em

Foto: Assessoria

O Brasil participou diretamente das batalhas da 2ª Guerra Mundial com a atuação da Força Expedicionária Brasileira (FEB) na Itália. O caiçarense José Alípio de Carvalho (1917-1995) fez parte desse momento histórico participando da principal campanha brasileira a tomada da região de Monte Castelo, onde sagrou-se herói de guerra. 

O então 2º Tenente Alípio pertencia ao 1º Regimento de Infantaria do Rio de Janeiro. O ato heroico do caiçarense se deu na tentativa de tomada de Monte Castelo em 29/11/1944. Sob forte inverno nos Montes Apeninos, Alípio comandou o avanço do seu pelotão sob um “ninho de metralhadoras” alemães, conquistando assim um ponto de resistência inimiga e fazendo prisioneiros de guerra. Após essa ação, foi atingido na perna por uma granada e, mesmo ferido, seguiu comandando o pelotão até a ordem do capitão para recuarem pois, mesmo eles tendo sucesso naquele ponto, a FEB já contava com muitas baixas naquela tentativa. A conquista de Monte Castelo só se deu em fevereiro de 1945. 

Pelos seus feitos, Alípio recebeu importantes medalhas como a “Cruz de Combate de 1ª Classe”, “Medalha Sangue do Brasil” e a “Silver Star” concedida a pelas Forças Armadas Americanas por extraordinário heroísmo, de 12 mil soldados brasileiros que atuaram diretamente na guerra apenas cerca de vinte conquistaram tal medalha. Por sua militância contra as guerras, foi agraciado também com a “Medalha do Pacificador”. 

Após a participação na guerra, Alípio seguiu com sua carreira militar chegando a Coronel e postumamente elevado a general. Estabelece-se no estado do Amazonas onde, entre outros cargos, chegou a Comandante do Grupamento de Elementos da Fronteira durante a Ditadura Militar, Comandante do 27º Batalhão de Caçadores, Diretor da Caixa Econômica Federal e Coordenador da Superintendência para o Desenvolvimento da Amazônia (SUDAM). Alípio foi responsável pela prisão do então governador do Amazonas Plínio Coelho, fato que repercutiu nacionalmente. O coronel recepcionou em Manaus os presidentes Castelo Branco, Costa e Silva, e Emílio Médici. 

Alípio faleceu em julho de 1995 vítima de insuficiência respiratória.  

O Coronel estava escrevendo suas memórias e agora essas históricas notas biográficas foram organizadas por sua viúva Clio Baraúna de Carvalho e sua sobrinha Márcia Baraúna Pinheiro no livro “Verás que um filho teu não foge à luta”, que será lançado nesse dia 17/10 com apoio do Governo do Estado do Amazonas, no Centro Cultural “Palácio Rio Negro”, em Manaus.  

O pesquisador Jocelino Tomaz, presidente do Grupo Atitude, que há 16 anos promove voluntariamente a leitura e a cultura em Caiçara e região, esteve em Manaus em 2012 a convite da cantora caiçarense Fátima Marques, que tem carreira consolidada na região norte. Jocelino, que planeja escrever um livro sobre os filhos ilustres da sua cidade, buscou contatos e chegou até familiares do coronel Alípio, tendo acesso ao registro de suas memórias, acervo fotográfico, medalhas, etc. além de entrevistar a viúva do mesmo. 

Da redação Brejo.com com Jocelino Tomaz


Rate this post
Continue lendo

Brejo/Agreste

Bananeiras e Solânea entram em colapso no abastecimento de água e contas serão suspensas

Publicados

em

Foto: Reprodução

A Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) comunica aos clientes de Solânea e Bananeiras que essa será a última semana de abastecimento de água nas cidades, em virtude do esvaziamento da barragem de Canafístula.

O manancial está com apenas 2,16% de sua capacidade, de acordo com o registro feito pela Aesa, no dia 03/09/2021. Diante desse cenário, a empresa informa, mais uma vez, o colapso do abastecimento dessas cidades a partir do mês de setembro de 2021.

Comunica ainda que o faturamento será suspenso a partir deste mês de setembro.

Por fim, a companhia está buscando alternativas de apoiar às prefeituras no enfrentamento à crise, como perfuração de poços, doação de reservatórios e distribuição de água por meio de carros pipas.

Blog do Felipe Silva

Rate this post
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas