Conecte-se conosco

Educação

UEPB se pronuncia sobre incidente entre aluna e professora do Curso de Direito do Câmpus de Guarabira

Publicados

em

A Administração Central da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) vem a público se pronunciar a respeito do incidente ocorrido na tarde de terça-feira, 31 de outubro, no Câmpus III, em Guarabira, envolvendo uma professora do Curso de Direito e uma aluna, que é policial militar e compareceu em sala de aula para realizar prova estando em serviço, fardada e armada.

Diante dos relatos sobre o fato ocorrido, a Reitoria informa, inicialmente, que determinou ao procurador-geral e ao ouvidor da Instituição que fossem ao Câmpus III com o objetivo de apurar, com riqueza de detalhes, como se deu toda a situação, para que fosse possível, a partir do esclarecimento das dúvidas e contradições das versões apresentadas, posicionar-se sobre o caso e tomar as medidas cabíveis. Havia muitas versões para o mesmo fato e seria imprudente qualquer fala ou ação sem o relato fiel do ocorrido, a partir dos depoimentos das partes envolvidas e do máximo de testemunhas possível.

A visita do ouvidor e do procurador-geral da UEPB no Câmpus III resultou na coleta de depoimentos que irão balizar procedimento sindicante a ser realizado pela Universidade a partir da queixa formalizada pela aluna junto à coordenação do Curso. A equipe da Universidade também se reuniu com o comando do 4º Batalhão de Polícia Militar, onde atua a aluna PM, e foi informada de que dois tenentes coronéis, de João Pessoa, já foram designados pelo comando geral da PM da Paraíba para averiguar se houve excesso ou abuso de autoridade por parte da aluna e da guarnição de policiais acionada para as dependências da Universidade, de acordo com as normas regimentais da Polícia Militar.

A partir desta apuração inicial, a compreensão das instituições é de que o problema foi gerado, a princípio, por inabilidade das partes envolvidas na condução do fato. Nesse sentido, para evitar que situações dessa natureza voltem a acontecer, o comando da PM e a UEPB definiram alguns termos para a formalização de um convênio de cooperação, no qual o aluno militar passe a conhecer melhor o âmbito da Universidade e suas normas, bem como os servidores da Instituição também tenham melhor compreensão sobre as regras que regem a conduta do profissional militar.

Para isso, os representantes da Ouvidoria e da Procuradoria Geral da UEPB farão visitas a todos os câmpus da Universidade para se reunir com os alunos policiais e ouvir seus relatos sobre as principais dificuldades que encontram para conciliar suas funções com a vida acadêmica, de modo que a Instituição entenda com precisão a realidade vivenciada por cada aluno policial e, assim, possam ser estabelecidos critérios que evitem contratempos e contribuam para o estabelecimento de um ambiente cada vez mais salutar.

Por outro lado, esse trabalho também permitirá que os alunos policiais compreendam que, assim como a Polícia Militar possui normas a serem seguidas por seus servidores e respeitadas por todos os cidadãos, a Universidade também tem suas regras, que devem ser seguidas por todos aqueles que integram a comunidade acadêmica (professores, técnicos administrativos e estudantes), respeitando os procedimentos disponíveis para a solução de todo e qualquer conflito que surja em nível institucional, visando encerrá-los no âmbito da Instituição.

Convém ressaltar que a Universidade é um espaço pedagógico por excelência e que, a partir dos princípios do respeito, da tolerância e da educação, todos que compõem a comunidade acadêmica devem atuar no sentido maior da busca do saber e da construção do processo civilizatório. Como espaço democrático, a UEPB preza e estimula a prática de valores que engrandecem a sociedade e que, especialmente, todos colaborem para uma convivência respeitosa em todos os ambientes sociais.

A UEPB reconhece o relevante trabalho realizado pela Polícia Militar em todo o Estado, que vem combatendo incansavelmente a criminalidade e resultando na redução dos indicadores da violência na Paraíba. A Universidade Estadual da Paraíba e a Polícia Militar, inclusive, são instituições parceiras e sempre buscaram trabalhar em conjunto em prol do povo paraibano. São inúmeras ações que contam com a participação da Universidade e da PM de forma conjunta.

Essa parceria não deve ser maculada por fatos isolados. As instituições não podem ser avaliadas pelos excessos ou inabilidades de um ou de outro de seus integrantes. O fato ocorrido chama atenção para a necessidade de, cada vez mais, se pensar em soluções conjuntas e se buscar um disciplinamento para que situações semelhantes não voltem a acontecer. A Reitoria da UEPB acredita na capacidade do exercício da razão e do bom senso para a consolidação de um ambiente saudável e equilibrado, no qual divergências possam ser resolvidas com diálogo, maturidade e compreensão.

 

Antonio Guedes Rangel Junior
Reitor

Rate this post

Educação

UNIP inicia nova parceria com a Universidad Politécnica de Madrid

Publicados

em

Contemplado com a Bolsa Internacional de Intercâmbio Docente, o professor doutor César Augusto Sartorelli, do curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Paulista – UNIP, esteve na Universidad Politécnica de Madrid (UPM) desenvolvendo atividade de pesquisa entre 27 de junho e 4 de julho de 2022.

O intercâmbio marcou o início de mais uma parceria internacional da UNIP, desta vez com a Escola Técnica Superior de Arquitetura (ETSAM) da UPM.

O professor também participou de reuniões com os docentes do Departamento de Composição Arquitetônica da ETSAM, para discutirem ações futuras. Estiveram presentes a diretora do Departamento, professora doutora Ana Esteban Maluenda, e os professores Alberto Ruiz Colmenar, Ángel Cordero, Marta Muñoz e Daniel Diez.

Na ocasião, foram apresentadas linhas de pesquisa e de atividades pedagógicas, de acordo com o plano de ensino do curso de Arquitetura e Urbanismo da UNIP, tais como arquitetura vernacular de sobrados e casas de bairro na cidade de São Paulo, e a obra de Artacho Jurado, com seus projetos que trazem uma interpretação muito própria do Modernismo em Arquitetura.

Foram discutidas ainda as possíveis relações Brasil-Espanha e as influências das concepções de Museu Moderno em ambos os países, assim como de sua expografia.

Assessoria/UNIP

Rate this post
Continue lendo

Cidades

IFPB abre processo seletivo com quase 4 mil vagas para cursos técnicos

Publicados

em

O Instituto Federal da Paraíba (IFPB) inscreve no Processo Seletivo de Cursos Técnicos Integrados e Subsequentes (PSCT 2023.1) desde a última terça-feira (30). Com quase 4 mil vagas disponíveis, o processo seletivo não terá prova e é totalmente gratuito. Há vagas para os 21 campi espalhados pelo Estado. As inscrições seguem até 30 de setembro exclusivamente no Portal do Estudante, disponível neste link.

Acesse aqui o edital para Cursos Técnicos Integrados

Acesse aqui o edital para Cursos Técnicos Subsequentes

Acesse aqui o curso Técnico Subsequente de Instrumento Musical

Neste processo seletivo, o IFPB ofertará vagas para estudantes que estão concluindo o 9° ano (antiga 8ª série) do Ensino Fundamental, neste caso, o candidato se inscreve nos cursos integrados. Para aqueles que estão terminando o ensino médio ou já concluíram e quer fazer um curso profissionalizante, a opção são os cursos Subsequentes com duração em média de dois anos.

PSCT está de cara nova

Uma marca que represente o principal processo de seleção de alunos do Instituto Federal da Paraíba-IFPB: o PSCT – Processo Seletivo de Cursos Técnicos. De uma maneira geral esse é o objetivo da criação da logomarca que agora fará parte das campanhas deste processo a partir de agora. A importância de se ter uma identidade visual é fundamental para que a instituição ao usá-la, seja reconhecida pelo público e se torne consolidada no imaginário das pessoas, assim como ocorre com outros processos, a exemplo do Sisu, Enem entres outros da área da educação.

A concepção da arte foi inspirada na mesma dos Institutos Federais, tanto no que se refere as cores (verde e vermelho) quanto na representação dos conceitos de unidade, integração e funcionalidade.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo

Educação

Grupo Educacional oferece mais de 100 mil vagas em cursos gratuitos de capacitação

Projeto Capacita faz parte do calendário de responsabilidade social do Grupo e disponibiliza oportunidades para toda a população.

Publicados

em

Sede da Uninassau em JP (Foto: Divulgação/Uninassau-JP)

O Ser Educacional, um dos maiores grupos de educação superior do Brasil, mantenedor das marcas UNINASSAU, UNAMA, UNG, UNINASSAU/UNIVERITAS, UNINABUCO, UNINORTE, UNINASSAU/UNIFACIMED, UNINASSAU/UNESC, UNINASSAU/UNIFASB, UNIFAEL e UNINASSAU/UNIJUAZEIRO está com inscrições abertas para mais de 100 mil vagas em cursos gratuitos de qualificação profissional. As oportunidades fazem parte do projeto Capacita, que visa oferecer capacitação rápida e gratuita para a população, favorecendo, além do indivíduo, as economias locais. 

A ação acontece duas vezes por ano, nos meses de janeiro e julho, nas Instituições mantidas pelo Ser Educacional em todo o País, e integra o calendário de Responsabilidade Social do Grupo. “Nossas Instituições têm o foco na qualificação das pessoas. Nosso objetivo é prepará-las para que cheguem ao ambiente profissional aptas para desenvolverem suas atividades. O projeto Capacita vem reforçar exatamente essa ideia, afinal, ofertamos, de maneira gratuita, cursos de alta qualidade em um curto prazo para a população”, diz o presidente do Ser Educacional, Jânyo Diniz. 

São milhares de vagas distribuídas em mais de 1.300 cursos, que englobam todas as áreas de ensino. Entre as opções disponíveis estão: Como se comportar em uma entrevista de emprego; Como construir seu currículo; Curso Básico de Excel; Primeiros Socorros; Liderança e desenvolvimento de equipes; Reutilização do óleo de cozinha na produção de sabão; Harmonização artificial; Direito do Consumidor; Criação e produção de podcasts; Gastronomia vegana; Construção de robôs de batalha; entre outros. 

Além de promover qualificação, o projeto ajuda instituições carentes com doações de alimentos não perecíveis, material de limpeza e higiene pessoal arrecadados no ato da inscrição dos cursos. As informações sobre as ofertas por unidade, inscrições, datas e horários podem ser encontradas nos sites das Instituições. 

Por Isabelle Vasconcelos/Assessoria

Rate this post
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas