Conecte-se conosco

Paraíba

Papai Noel dos Correios ainda tem cartas sem apadrinhamento na Paraíba

Publicados

em

Em João Pessoa, Campina Grande e Nova Palmeira, todas as cartas já foram adotadas.

Segunda-feira (11), será o último dia para o Papai Noel dos Correios receber os presentes adotados pelos padrinhos em João Pessoa. Mesmo com a proximidade do prazo final, muitos presentes ainda não foram entregues pelos padrinhos nos pontos de adoção da capital.

Realizar a entrega dentro do prazo é fundamental para que a criança consiga receber o presente antes do Natal e antes de encerrar o ano letivo, uma vez que a entrega é feita diretamente nas escolas.

Em João Pessoa, Campina Grande e Nova Palmeira, todas as cartas já foram adotadas. No entanto, ainda há cartas esperando por padrinhos nos municípios de Patos, Pocinhos, Alhandra, Areial, Pedras de Fogo, Santo André, Sousa, Monteiro e Alagoa Grande.

Desde 2010, os Correios estabeleceram parcerias com escolas públicas, creches e abrigos que atendem crianças em situação de vulnerabilidade social. O objetivo é auxiliar no desenvolvimento da habilidade de redação de carta, de endereçar e usar corretamente o CEP.

Paraíba

Corpo de Bombeiros alerta sobre acidentes domésticos no período da quarentena

Publicados

em

Foto: Ilustração

Seguindo as recomendações de isolamento social durante a quarentena, muitos se preocupam com a permanência de crianças e idosos em casa durante o período. Visando minimizar os riscos de acidentes domésticos, o Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba (CBMPB) orienta sobre quais as medidas devem ser tomadas para tornar a casa mais segura.

Brinquedos – Sempre observar a faixa etária indicada na embalagem dos produtos, pois algumas podem conter peças pequenas que crianças menores e bebês podem vir a se engasgar, caso as leve à boca. Também atente à presença do selo do Inmetro nas caixas.

Banheiros – Mantenha a tampa do vaso sanitário sempre abaixada e nunca deixe uma criança sem supervisão no momento do banho. Instale barras nas paredes para que idosos possam se apoiar quando for utilizar o vaso sanitário ou no banho.

Cozinha – gire os cabos das panelas que estiverem no fogão para dentro e mantenha utensílios cortantes ou com pontas fora do alcance. Enquanto estiver cozinhando, evite deixar que crianças se aproximem, podendo utilizar, por exemplo, grades de proteção.

Material de limpeza – Para evitar intoxicação, armazene os materiais em prateleiras altas ou instale travas nas portas onde eles estão guardados. Mantenha os baldes sempre secos e virados para baixo, a fim de evitar afogamentos.

Tomadas – Para evitar acidentes que envolvam choque elétrico, instale protetores em todas as tomadas da casa, evite conectar mais de um equipamento elétrico na mesma tomada através do uso de T’s (benjamins) e mantenha os fios fora do alcance dos pequenos.

Precauções – Sempre utilize telas ou grades de proteção em janelas e piscinas. Dê preferência a não utilizar tapetes ou instalar os que são antiderrapantes, para que idosos e crianças não tropecem.

Prefira cortinas ou persianas com tecidos grossos e pesados, que são mais difíceis para a criança manusear, e sem cordas, que causem risco de estrangulamento. Fixe protetores de quinas nas mesas e em móveis pontiagudos.  Evite posicionar camas, cadeiras ou qualquer outro móvel perto da janela, pois eles podem ser usados para a criança escalar.

Instale grades de proteção para dificultar acesso às escadas, de modo a evitar acidentes que envolvam altura.

Fonte: Secom/PB

Continue lendo

Guarabira

Desportiva Guarabira alega dificuldades financeiras, e clube deve ficar sem calendário em 2020

Presidente do Azulão do Brejo vê situação ainda mais difícil por conta da pandemia do covid-19.

Publicados

em

Foto: Hévilla Wanderley / GloboEsporte.com/pb

O que era provável, agora é quase certeza. Vivendo um momento difícil financeiramente, a Desportiva Guarabira deve ficar sem disputar competições oficiais nesta temporada. E nem tem a ver diretamente com a pandemia do novo coronavírus, que acarretou a suspensão do calendário local por tempo indeterminado. O problema é outro. Em contato com a reportagem do GloboEsporte.com, o presidente do Azulão do Brejo, Domingos Sávio, se mostrou preocupado com as dívidas do clube e admitiu que dificilmente o time disputará a 2ª divisão do Paraibano em 2020, se a competição acontecer.

– Fizemos um alto investimento para subir no ano passado. Gastamos demais e estamos tentando pagar até agora. Eu não vou ser irresponsável. Depois que a gente quitar o que devemos, vamos ver o que podemos fazer. É claro que agora fica ainda mais difícil com esse coronavírus. Se depender de mim, neste ano não vamos participar (da 2ª divisão) – afirmou Domingos.

Ainda segundo o mandatário alviazulino, o clube tinha a intenção de participar apenas do Paraibano Sub-19, mas agora, com a suspensão da competição, a tendência é que o time fique mesmo sem calendário.

– A base para nós estava sendo muito mais interessante que os profissionais. No ano passado não fizemos uma campanha espetacular, mas colhemos bons frutos. Ver jovens que antes eram rebeldes e maus exemplos na escola construindo uma disciplina e se tornando bons alunos me encheu os olhos. Foi gratificante demais para nós. É uma pena essa situação (da pandemia do novo coronavírus), pois queríamos participar – lamentou o dirigente.

A Desportiva Guarabira disputou o Paraibano Sub-19 e a 2ª divisão do Paraibano no ano passado e, um ano antes, em 2018, chegou, inclusive, a figurar na elite no estadual. Na competição de juniores, o Azulão do Brejo conseguiu chegar à segunda fase, mas acabou eliminado pelo Confiança de Sapé. Na divisão de acesso, a equipe foi eliminada ainda na fase de grupos.

Do Globo Esporte

Continue lendo

Paraíba

Paraíba tem dez casos confirmados de coronavírus, diz SES.

São sete em João Pessoa, um em Igaracy, um em Sousa e um em Campina Grande.

Publicados

em

A Paraíba está com dez casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus, segundo informações da Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgadas nesta sexta-feira (27). Um dos novos pacientes é o presidente do Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB), Roberto Magliano, que tem 56 anos e mora em João Pessoa. O outro caso confirmado é o de um homem de 42 anos, que mora em Campina Grande. Ao todo, 76 casos foram descartados nesta sexta-feira.

Com este resultado, a Paraíba passa a contabilizar sete casos em João Pessoa, um em Igaracy, um em Sousa e um em Campina Grande. Apenas um desses casos, uma mulher de 55 anos, está internada em leito regular de hospital privado na capital.

Acompanhe os dez casos por ordem crescente de confirmação:

sétimo caso foi confirmado nesta quinta-feira (26), em Sousa, em um homem de 26 anos, mas só foi divulgado pela SES nesta sexta-feira (27). O paciente está em isolamento social domiciliar, com acompanhamento da vigilância municipal.

Entre os casos confirmados nesta sexta-feira também está o do presidente do Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB), Roberto Magliano, que tem 56 anos e mora em João Pessoa. Ele segue em isolamento domiciliar, sendo acompanhado pela vigilância municipal.

Também foram confirmados um homem de 42 anos, residente de Campina Grande – que esteve internado em hospital privado por uma semana e já recebeu de alta médica, acompanhado pela vigilância municipal em isolamento domiciliar – e uma mulher de 38 anos, residente de João Pessoa – que está em isolamento domiciliar.

Nesta sexta-feira, os exames haviam descartado mais 76 casos com suspeita de infecção pelo coronavírus. Com isso, a Paraíba tem os seguintes destaques:

  • Dez casos confirmados
  • 303 casos descartados
  • Nenhuma morte

Os três primeiros pacientes que tiveram os testes confirmados para o coronavírus estão recuperados, de acordo com o secretário de estado da saúde, Geraldo Medeiros. Conforme a assessoria da SES, os três já estão fora do período de 14 dias de transmissão da doença, estão bem e em casa.

Um outro caso de coronavírus foi divulgado pela prefeitura de Campina Grande, mas o caso não é do novo coronavírus, que causa a Covid-19. Foi confirmado que se trata de outro tipo de coronavírus, o Corona NL-63, menos grave, de menor transmissividade e sem muitos riscos à saúde. O vírus foi detectado em uma mulher de 36 anos, que já está em casa.

G1 PB

Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas