Conecte-se conosco

Policial

Poucas horas depois, policiais prendem acusados e esclarecem homicídio registrado em Mulungu

Publicados

em

Poucas horas depois de um homicídio registrado na cidade de Mulungu, policiais militares e civis prenderam os dois acusados. As prisões aconteceram na tarde dessa terça-feira (28) e foram feitas por policiais da guarnição do Núcleo de Inteligência e do Comando do 4° BPM (Batalhão de Polícia Militar) e do GTE (Grupo Tático Especial) da 8ª Delegacia Seccional de Polícia Civil, com o apoio da guarnição de Mulungu, comandada pelo sargento Jocel, e de um policial civil da cidade.

Logo depois de tomarem conhecimento do homicídio que aconteceu na noite dessa segunda-feira (27), os policiais deram início às diligências e conseguiram localizar um homem que estava próximo da vítima no momento em que ela foi assassinada. Logo depois de presenciar o crime, ele teria procurado um outro homem que trabalhava nas proximidades do local para relatar o que teria acontecido.

Os dois acusados, de 22 e 24 anos de idade, foram identificados, localizados e presos pelos policiais. Eles confessaram que teriam matado a vítima e que cada um teria efetuado um disparo de espingarda calibre 12. A arma utilizada não foi localizada e o motivo do crime, de acordo com os acusados, é que a vitima estaria dedurando os dois. Eles foram conduzidos à Delegacia de Polícia Civil para a autuação em flagrante.

Assessoria/4º BPM

Rate this post
Apoio

Policial

‘SUPERMACONHA’: Servidor público é preso pela Polícia Civil suspeito de tráfico de drogas

Publicados

em

A Polícia Civil da Paraíba prendeu nessa terça-feira, 21 de junho, um funcionário público federal, de 40 anos de idade, investigado por tráfico de drogas. A prisão foi realizada pela Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) de João Pessoa, no bairro do Cristo.

O suspeito foi surpreendido pelos policiais quando portava uma caixa com um pacote de skunk, maconha com alto teor de THC. O homem foi levado para a delegacia, onde foi autuado por tráfico de drogas.

Supermaconha

Conhecida como ‘supermaconha’, a Skank é manipulada em laboratório para provocar um efeito quase oito vezes mais forte do que a erva tradicional. “Isso explica a grande procura por essa droga”, disse o delegado Bruno Victor.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo

Cidades

Polícia Militar vai atuar na segurança de mais de 700 eventos juninos até o fim do mês na Paraíba

Publicados

em

A Polícia Militar vai atuar na segurança de 712 eventos juninos confirmados para este mês, em 174 municípios paraibanos. Para isso, foi montado um planejamento que mobiliza 6.446 policiais. O período é considerado um de maiores demandas operacionais e logísticas para a corporação.

Para 2022, após dois anos sem acontecer eventos juninos, a PM projeta um crescimento de mais de 40% em relação ao número de pessoas que devem participar dos festejos. O policiamento para garantir a segurança dos participantes conta com 816 viaturas (entre carros e motos), 20 vans, 15 ônibus, 87 Pontos de Observação Policiais (POPs) e a tecnologia de quase 250 câmeras, drones e outros recursos para complementar o que vem sendo oferecido pela Secretaria de Estado da Segurança e Defesa Social e prefeituras locais.

Diariamente as ações vêm sendo avaliadas pelo próprio comandante-geral da PM, coronel Sérgio Fonseca, que, além de acompanhar o andamento da operação para a segurança do público, tem destacado a importância de proporcionar toda assistência possível aos policiais que estão trabalhando nesses eventos.

Apesar da demanda, o policiamento nos bairros e comunidades continuará sendo feito de forma normal.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo

Policial

Investigado por roubo de veículos é preso pela Polícia Civil em Alagoa Nova

Publicados

em

Foto: ilustração/PCPB

Uma investigação da Delegacia de Lagoa Seca resultou na prisão de um homem de 20 anos de idade, apontado como autor de roubos de veículos na região. Ele foi preso nesse sábado, 18 de junho, no município de Alagoa Nova. O Grupo Tático Especial (GTE) sediado em Esperança deu apoio na captura do investigado.

De acordo com o delegado seccional Cristiano Santana, o homem preso atuava de forma violenta em suas ações criminosas, sempre ameaçando as vítimas de morte, com o uso de arma de fogo.

“Uma excelente resposta por parte da Delegacia de Lagoa Seca, que, com sua investigação, conseguiu o mandado de prisão preventiva em desfavor desse investigado.

A prisão foi comunicada à justiça. A Polícia Civil continua investigando um dos comparsas desse homem no cometimento dos crimes.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas