Conecte-se conosco

Cidades

Prefeitura de Sapé emite nota e secretário define acusação do MPPB contra gestão, de infundada: “É uma inverdade”

Publicados

em

A prefeitura de Sapé, na Zona da Mata paraibana, emitiu uma nota, na noite desta terça-feira (15), para rebater as acusações feitas pelo Ministério Público da Paraíba de que a gestão Roberto Feliciano teria praticado falsidade ideológica por supostamente encaminhar declarações falsas ao Tribunal de Justiça da Paraíba.
Segundo o secretário de Comunicação da cidade, Romero Baunilha, a denúncia é infundada.

“É uma inverdade essa denúncia, infundada, e no momento certo, como sempre acontece, a verdade aparece. A prefeitura já tomou todas as providências cabíveis para provar sua idoneidade mais uma vez”, disse.

Confira

NOTA DO PREFEITO DE SAPÉ A RESPEITO DA DENÚNCIA DO MPPB SOBRE OS PRECATÓRIOS JUDICIAIS

O Prefeito do Município de Sapé/PB, Flávio Roberto Malheiros Feliciano, informa que apresentará sua defesa aos termos da denúncia apresentada pelo Ministério Público do Estado da Paraíba, referente à acusação de prestar declaração falsa a respeito do pagamento de precatórios judiciais.

Informa o Prefeito que o Município de Sapé/PB possuía dois Mandados de Segurança no Tribunal de Justiça da Paraíba, questionando os termos da cobrança dos precatórios judiciais, bem como o valor cobrado: Mandado de Segurança nº 0803734-10.2015.8.15.0000, em que estava vigente liminar para suspender sequestros de rendas do Município para pagamentos de precatórios; e Mandado de Segurança nº 0804209-29.2016.8.15.0000, em que se discutia o montante realmente devido a título de precatórios (este último Mandado de Segurança, inclusive, teve decisão de mérito pelo Pleno do TJPB, com provimento unânime em 13/07/2017).

Assim, uma vez que os débitos estavam em discussão na Justiça, em Mandados de Segurança com liminares vigentes ou já providos no mérito, entende-se que não há falsidade na declaração prestada sobre a regularidade do pagamento de precatórios.

O Prefeito prestará todas estas informações ao MPPB e à Justiça, nos momentos adequados, e está à disposição para todos os esclarecimentos necessários.

Publicado pelo Blog do Ninja

Cidades

É neste sábado: Sorteio das cestas Manápão

Publicados

em

Fotos: brejo.com

Participe do sorteio e concorra a uma cesta básica Manápão. A cada compra de pães nos sacos do Manápão você destaca um cupom que vem no saco, preenche e deposita na urna do Manápão e concorre a uma cesta básica. O sorteio será neste sábado, dia 17 de novembro de 2018.

As padarias parceiras são:

  1. Padaria Acarí (Bairro do Nordeste)
  2. Padaria Cristal (Centro)
  3. Padaria Central do Pão (Bairro das Nações)
  4. Panificadora Dom Pedro II (Centro)
  5. Panificadora Guarabirense (Centro)
  6. G&G Pães e Lanches (Centro)
  7. Padaria Kipão (Centro)
  8. Padaria e Lanchonete N. Sra. Aparecida (Rua São Manoel, Centro)
  9. Padaria O Ponto do Pão (Bairro Primavera)
  10. Padaria Pão de Mel (Centro)
  11. Panificadora Pão do Lar (Bairro Novo)
  12. Padaria Super Pão (Rua São Manoel, Centro)

Neste sábado, dia 17 de novembro de 2018, serão realizados o sorteio de 6 cestas básicas, sendo um sorteio pra cada duas padarias. Ainda dá tempo de concorrer. Compre em uma das padarias parceiras Manápão e aumente suas chances de ganhar.

Confira onde será realizado o sorteio da padaria onde você compra pão:

  1. Padaria Acarí com Padaria Central do Pão (O sorteio será na Padaria Acarí)
  2. Padaria Kipão com Panificadora Dom Pedro II (O sorteio será na Padaria Kipão)
  3. Padaria e Lanchonete N. Sra. Aparecida com G&G Pães e Lanches (O sorteio será na Padaria e Lanchonete N. Sra. Aparecida)
  4. Padaria Pão do Lar com Padaria Super Pão (O sorteio será na Padaria Pão do Lar)
  5. Padaria Pão de Mel com Padaria Cristal (O sorteio será na Padaria Pão de Mel)
  6. Padaria O Ponto do Pão com Panificadora Guarabirense (O sorteio será na Padaria O Ponto do Pão)

Os sorteios começarão a partir das 3h00 horas da tarde deste sábado, dia 17 de novembro de 2018. Veja nas fotos a seguir as cestas básicas Manápão nas padarias onde serão realizados os sorteios.

Do brejo.com

Continue lendo

Cidades

Colégio Executivo realiza lu’aula com alunos do terceiro ano. Confira!

Publicados

em

Fotos: brejo.com

O Executivo Colégio e Curso realizou um luau com professores e alunos no último dia 14 de novembro de 2018 na casa de eventos Maison D’Mel Laguna em Guarabira. Denominado de Lu’aula da Saudade, o evento reuniu as turmas concluintes do terceiro ano do Colégio Executivo. Confira nas fotos a seguir como foi o luau.

O Executivo Colégio e Curso tem ensino fundamental e médio. Fica localizado na Rua Luís Porpino da Silva, s/n – Area Branca em Guarabira-PB, fone: (83) 3271-8573 e 3271-8847

Do brejo.com

Continue lendo

Cidades

Paraíba tem o 3º menor índice de trabalhadores com carteira assinada do país, diz IBGE

Publicados

em

Foto: Ilustração

A Paraíba é o terceiro estado do país com menor índice de trabalhadores com carteira assinada. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (14), pelo Instituto de Geografia e Estatística (IBGE), e também mostram que a Paraíba tem a segunda menor taxa de desocupação do Nordeste, ganhando espaço em terceiro lugar no ranking de trabalhadores informais.

Os números do IBGE mostram que no 3º trimestre de 2018, 54,9% dos empregados no setor privado da Paraíba tinham carteira assinada. A taxa representa a terceira menor no país, ficando à frente apenas do Piauí (54,1%) e Maranhão (51,1%).

Em contrapartida, o IBGE também mostrou que a Paraíba tem a segunda menor taxa de desocupação do Nordeste. Com 10,7% das pessoas de 14 anos ou mais de idade estão desocupadas no estado, ficando atrás apenas do Ceará (10,6%).

Em 2017, a taxa de desocupação da Paraíba no mesmo período, era de 10,8%, e em 2016, era de 11,4%, se mantendo, nos dois anos, como a menor taxa do Nordeste. A taxa de ocupação por conta própria, em 2018, foi de 27,8%, sendo a terceira maior do Nordeste.

No ranking de trabalhadores informais, aqueles empregados no setor privado, mas sem carteira assinada, a Paraíba está incluída como terceiro estado do país com maior taxa, de 45,1%, também ficando a frente apenas do Piauí (45,9%) e Maranhão (48,9%).

Fonte: G1 PB e IBGE

Continue lendo
Apoio

Mais Lidas