Conecte-se conosco

Brejo/Agreste

NCAP constata inquéritos atrasados e falta de policiais em delegacia e núcleo de Esperança

Publicados

em

O Núcleo de Controle Externo da Atividade Policial (Ncap) realizou, esta semana, uma inspeção na Delegacia de Polícia Civil e no Núcleo de Homicídios da Seccional de Esperança e constatou atraso na conclusão de inquéritos policiais e no cumprimento das requisições ministeriais. Uma das prováveis explicações para a lentidão dos procedimentos seria a insuficiência de policiais.

A inspeção foi conduzida pelo promotor de Justiça coordenador do Ncap, José Guilherme Soares Lemos. De acordo com o membro do MPPB, durante as entrevistas informais com os policiais civis, “restou clara a defasagem de agentes, delegados e, sobretudo, escrivães para que a polícia investigativa de Esperança tenha condições razoáveis de concluir as investigações dentro dos prazos legais e determinados pelo Judiciário”.

O promotor de Justiça, Túlio Cesar Fernandes Neves, integrante do Ncap, informou que foi constatada na delegacia a existência de 15 procedimentos policiais com até trinta dias de instaurados, nove com mais de 60 dias e 19 com mais de 120 dias. No Núcleo de Homicídios, foram verificados quatro procedimentos policiais dentro de 30 dias, 13 com mais de 60 dias e 50 procedimentos policiais com mais de 120 dias.

O promotor explicou que o tempo disciplinado pelo Código de Processo Penal (CPP) para a duração de um inquérito é de 30 dias para réu solto e de 10 dias para réu preso. “Essa é a regra. Há algumas exceções, como no tráfico de drogas, que o CPP estipula 30 dias para réu preso e 90 dias para réu solto”, disse. Todas as informações coletadas serão analisadas e integrarão um relatório do Ncap.

Ainda na área da Promotoria de Justiça de Esperança, serão inspecionadas as delegacias de Montadas, São Sebastião de Lagoa de Roça e Areial. Ao final das inspeções, o Ncap fará um relatório para ser encaminhado aos órgãos de segurança do Estado da Paraíba e aos promotores naturais criminais de Esperança, para que tomem as providências cabíveis sobre os procedimentos em atraso.

Assessoria/MPPB

Brejo/Agreste

Sebrae Paraíba incentiva produção de mel na região do Brejo

Publicados

em

Desde o mel tradicional, utilizado para adoçar comidas e bebidas, até a linha fitoterápica, com xaropes acrescidos de mel e própolis, agrião, romã ou gengibre.

Tudo isso é produzido em Pirpirituba, Brejo paraibano, por uma associação composta por 22 apicultores e que, desde a fundação, em 1996, é apoiada pelo Sebrae Paraíba.

Agora, o apoio virá em forma de consultoria para obter a certificação junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para aumentar a produção e vender os produtos em supermercados e farmácias do estado.

De acordo com o presidente da Associação de Apicultores e Meliponicultores de Pirpirituba, Renaud Lucena, o apoio do Sebrae Paraíba tem sido fundamental para o desenvolvimento do segmento na região.

“Sempre que precisamos, o Sebrae apoia, seja com exposição de produtos, capacitações ou consultorias. Agora, nosso suporte será com a parte burocrática da certificação junto ao Mapa, já que nossos produtos já são feitos dentro das exigências dos órgãos de fiscalização e controle”, explicou.

Atualmente, os apicultores da associação conseguem produzir cerca de meia tonelada de mel por mês. A expectativa para o próximo ano é de aumentar para três toneladas, o que será possível após a certificação.

“Assim, poderemos entrar em farmácias e supermercados. Nossa linha de produtos é composta por 22 itens, incluindo mel em garrafas e bisnagas de diversos tamanhos e xaropes fitoterápicos. Tínhamos esse desejo de fracionar e agregar valor aos produtos para aumentar a margem de lucro dos produtores”, afirmou o presidente da associação.

A associação, que já participou de outras edições da Expofeira Paraíba Agronegócios, vai expor nesta edição também.

“Estamos otimistas, apesar de saber que a situação atual do país e financeira das pessoas não está tão boa. Ficaremos satisfeitos se tivermos a mesma margem de lucro do ano passado, embora a intenção vá além da comercialização. A expofeira é uma boa oportunidade para divulgarmos a nossa marca”, frisou.

A 51ª edição da Expofeira Paraíba Agronegócios será aberta neste domingo (16), às 16h, no Parque de Exposições Henrique Vieira de Melo, no bairro do Cristo Redentor, em João Pessoa.

A Expofeira é realizada pelo Sebrae Paraíba em parceria com o Sistema Faepa/Senar, Federação da Agricultura e Pecuária da Paraíba e a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap).

Durante o evento, o Sebrae terá o Salão do Agronegócio, espaço onde serão realizadas palestras, oficinas e consultorias aos produtores do segmento do agro.

 

Fonte: Paraiba Online

Continue lendo

Brejo/Agreste

Caminhos do Frio em Alagoa Grande, na PB, começa nesta segunda-feira (27)

Publicados

em

Evento na cidade vai homenagear Jackson do Pandeiro e segue até o próximo domingo (2).

A rota cultural Caminhos do Frio chega nesta segunda-feira (27) à cidade de Alagoa Grande, a última do Brejo paraibano a receber a edição 2018 do evento. A solenidade de abertura acontece às 20h no Teatro Santa Ignêz, no centro da cidade. A rota cultural vai até o próximo domingo (2). A programação é gratuita.

O tema do Caminhos do Frio na cidade é “Rota Cultural Jackson do Pandeiro”, uma homenagem ao artista que é natural de Alagoa Grande e faria aniversário no dia 31 de agosto, dia em que terá uma apresentação musical especial no Memorial Jackson do Pandeiro por volta das 17h para comemorar o aniversário e homenagear o artista.

As principais atrações culturais, como apresentações teatrais, de dança e música acontecerão no Teatro Santa Ignêz, assim como os shows de Artur Vinicius e Banda e Rota Musical na sexta-feira (31) e Aninha Araújo e Niedson Lua que serão em um palco do lado de fora do teatro, onde também foi montada um vila de artesanato e gastronomia.

Veja a programação do Caminhos do Frio em Alagoa Grande

Segunda-feira (27)

18h | Largo do Teatro Santa Ignêz

– Feira Cultural: música, artesanato e gastronomia

20h | Largo do Teatro Santa Ignêz

– Solenidade de abertura

22h |Largo do Teatro Santa Ignêz

Música ao e atividades culturais

Terça-feira (28)

8h | Teatro Santa Ignêz

– Mostra estudantil de teatro com escolas locais

14h | Teatro Santa Ignêz

– Mostra estudantil de teatro com escolas locais

17h | Memorial Jackson do Pandeiro

– Som no Memorial

19h | Largo do Teatro Santa Ignêz

– Feira cultural: música, artesanato e gastronomia

– Mostra/exposição: desenho, pintura, fotografia, literatura e artesanato (salão anexo ao teatro)

19h | Equilíbrio Centro de Saúde

– Projeto Viver Melhor: Práticas de relaxamento, meditação e reiki

20h30 | Teatro Santa Ignêz

Quarta-feira (29)

8h | Teatro Santa Ignêz

– Mostra estudantil com escolas locais

14h | Teatro Santa Ignêz

– Mostra estudantil com escolas locais

17h | Memorial Jackson do Pandeiro

– Som no Memorial

19h | Largo do Teatro Santa Ignêz

– Feira cultural: música, artesanato e gastronomia

– Mostra/exposição: desenho, pintura, fotografia, literatura e artesanato (salão anexo ao teatro)

19h | Equilíbrio Centro de Saúde

– Projeto Viver Melhor: Práticas de relaxamento, meditação e reiki

20h30 | Teatro Santa Ignêz

– Espetáculo/apresentação: Cia Mangai – A Cruz dos Dois Amantes

Quinta-feira (30)

8h | Teatro Santa Ignêz

– Mostra estudantil com escolas locais

14h | Teatro Santa Ignêz

– Mostra estudantil com escolas locais

17h | Memorial Jackson do Pandeiro

– Som no Memorial

19h | Largo do Teatro Santa Ignêz

– Feira cultural: música, artesanato e gastronomia

– Mostra/exposição: desenho, pintura, fotografia, literatura e artesanato (salão anexo ao teatro)

19h | Equilíbrio Centro de Saúde

– Projeto Viver Melhor: Práticas de relaxamento, meditação e reiki

20h30 | Teatro Santa Ignêz

– Espetáculo/apresentação: Grupo Muiraquitã e Tereza Cavalcanti

Sexta-feira (31)

8h | Teatro Santa Ignêz

– Mostra estudantil com escolas locais

9h | Centro Histórico de Alagoa Grande

– Um olhar patrimonial: vivências pelo Centro Histórico da cidade

11h | Boteco da Gente

– Favada do Rei do Ritmo

14h | Teatro Santa Ignêz

– Mostra estudantil com escolas locais

16h | Largo do Teatro Santa Ignêz

– Feira cultural: música, artesanato e gastronomia

17h | Memorial Jackson do Pandeiro

– Som no memorial

19h | Igreja Matriz

– Recital com música sacra e barroca (Côro em Canto)

19h | Salão anexo ao teatro

– Mostra/exposição: desenho, pintura, fotografia, literatura e artesanato

21h | Largo do Teatro Santa Ignêz

– Show musical: Artur Vinícius e Banda

23h | Largo do Teatro Santa Ignêz

– Show musical: rota musical

Sábado (1º)

8h | Expresso 714

– Feira dos ritmos

9h | Feira livre – Mercado Central

10h | Cachaça Volúpia

– Pé de serra com cachaça

15h | Memorial Jackson do Pandeiro

– Oficina básica de pandeiro

16h | Coreto Central

– Intervenção artística: hip hop, rap e dança de rua

16h30 | Coreto Central

– Performance de dança de rua com música ao vivo

19h | Largo do Teatro Santa Ignêz

– Apresentação de danças regionais

21h | Largo do Teatro Santa Ignêz

– Show musical: Aninha Araújo

23h | Largo do Teatro Santa Ignêz

– Shows musical: Niedson Lua

Domingo (2)

6h | Largo do Teatro Santa Ignêz

– Ecopedal – trilhas/passeio

6h | Expresso 714

– Caminhada ecológica/trilha

7h | Portal do Pandeiro

– Corrida de pedestres

9h | Zona Rural da cidade

– Cavalgada/passeio ecológico

15h | Largo do Teatro Santa Ignêz

– Festival de Dança de Alagoa Grande

Fonte: G1 PB

Continue lendo

Brejo/Agreste

Policiais prendem quatro homens com armas e carro adulterado 

Publicados

em

Policiais da 2ª Companhia do 4° BPM (Batalhão de Polícia Militar) prenderam, na tarde desta quarta-feira (18), na cidade de Alagoa Grande, quatro homens com um veiculo adulterado e dois revólveres.

Os policiais da guarnição do Comando da Companhia estavam se preparando para realizar mais uma operação integrada com a Polícia Civil quando avistaram quatro homens em um veículo em atitudes suspeitas.

Os policiais deram voz de prisão, mas eles desobedeceram e aceleraram o automóvel, seguindo na PB 079, na direção da cidade de Areia, e na fuga jogaram duas armas.

Os quatro foram alcançados e abordados pelos policiais, que na busca encontraram ainda uma arma branca e constataram que o veículo apresentava adulteração.

Os acusados foram conduzidos à delegacia, onde foram autuados por associação criminosa, porte ilegal de arma de fogo e adulteração veicular.

Assessoria/4º BPM

Continue lendo
Apoio

Mais Lidas