Conecte-se conosco

Paraíba

Vacinação contra gripe é prorrogada até o dia 15 de junho

Publicados

em

A Secretaria de Estado da Saúde, por determinação do Ministério da Saúde, prorrogou até o dia 15 de junho a Campanha de Vacinação contra a Gripe, que terminaria nesta sexta-feira (1º). A recomendação, enviada aos gestores locais nesta terça-feira (29), foi adotada em decorrência dos possíveis impactos da paralisação dos caminhoneiros no transporte público e nos atendimentos em serviços de saúde. A meta da campanha é atingir de 90% do público-alvo, que corresponde 910.736 pessoas consideradas mais vulneráveis para complicações da gripe.

“Seguimos reforçando a importância da população que está nos grupos prioritários procurarem uma unidade de saúde para garantir a vacinação e, consequentemente, se proteger das complicações causadas pelo vírus influenza. A vacinação é a principal forma de prevenção”, alertou a chefe do Núcleo de Imunização da Ses, Isiane Queiroga.

Cobertura vacinal – O público-alvo a ser vacinado é de aproximadamente 1.070.000 pessoas e a meta é vacinar 90% deste público. As vacinas estão disponíveis nas salas de vacinas nos 223 municípios do estado. Foram distribuídas 1.176.700 doses na Paraíba.

Até o momento, a cobertura vacinal atingiu 74,28% do público-alvo – sendo 92,04% da população indígena; 92,04% puérperas; 88,47% trabalhadores de saúde; 79,19% professores; 77,16% idosos; 77,07% gestantes; 72,71% crianças.

Boletim – De acordo com o último Boletim da Influenza, foram notificados na Vigilância Universal para Influenza 154 casos para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), dos quais 12 foram confirmados para influenza sazonal, sendo três para o agente etiológico influenza A do subtipo H3N2; seis influenza A do subtipo H1N1pdm09 e três para Influenza B. Para outros agentes etiológicos foram confirmados 19 casos, sendo um para Metapneumovírus; um Vírus Sincicial e 17 como SRAG não especificadas; 40,2% (62) descartada a presença do vírus de influenza e os demais seguem em investigação.

Quanto aos óbitos, são 25 casos suspeitos de SRAG, sendo um com identificação viral para influenza A H3N2 (João Pessoa); quatro para H1N1pdm09 (Cabedelo, Cachoeira dos Índios, Pedras de Fogo e Serraria) e 15 foram descartados para o agente etiológico de influenza. Cinco óbitos seguem em investigação.

“Dentre os casos internados em 2018 e notificados para SRAG, nos chama a atenção as doenças cardiovasculares (27%), seguidas das metabólicas (22%) e neurológicas (13%), que correspondem ao grupo mais acometido. É importante ressaltar que as prevalências de doenças cardíacas, pulmonares, metabólicas e neoplásicas aumentam com a idade, e que os pacientes com doenças crônicas, muitas vezes, não são vacinados por não estarem cientes de sua condição de risco ou por falta de recomendação médica”, alertou a gerente executiva de Vigilância em Saúde da SES, Renata Nóbrega.

Influenza – Infecção viral aguda do sistema respiratório, de elevada transmissibilidade e distribuição global. Um indivíduo pode contraí-la várias vezes ao longo da vida. Em geral, tem evolução autolimitada, podendo, contudo, apresentar-se de forma grave.

Fonte: Paraiba.pb

Apoio

Paraíba

Concursos e Seleções: Confira os editais publicados na Paraíba de 28 de julho a 4 de agosto

Publicados

em

Pelo menos 260 vagas são oferecidas em quatro editais de concursos e seleções publicados na Paraíba nesta semana de 28 de julho a 4 de agosto.

  • Vagas: 76
  • Nível: técnico e superior
  • Remuneração: R$ 998 a R$ 6 mil
  • Prazo de inscrição: até 7 de agosto
  • Local de inscrição: setor de RH do hospital, em Santa Rita
  • Taxa de inscrição: gratuita
  • Provas: 19, 20 e 21 de agosto
  • Edital de seleção do Hospital Metropolitano de Santa Rita

Do G1 PB

Continue lendo

Paraíba

Paraíba: Mais de 60 cidades seguem em alerta de perigo potencial de chuvas e ventos

Publicados

em

Foi renovado para até a quarta-feira (24) e ampliado para 64 o número de cidades da Paraíba em alerta de perigo potencial de volume grande de chuvas e ventos costeiros. O novo alerta foi emitido pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) nesta terça-feira (22).

A previsão é de que haja registro de até 30 milímetros de chuvas dentro de uma hora, com volume de até 50 milímetros por dia. Apesar disso, há baixo risco de alagamentos e pequenos deslizamentos nas cidades da área.

Todas as cidades afetadas pelo alerta ficam nas regiões do Litoral, Mata, Agreste e Brejo paraibano.

Confira lista de cidades em alerta:

  1. Alagoa Grande
  2. Alagoinha
  3. Alhandra
  4. Araçagi
  5. Areia
  6. Aroeiras
  7. Bananeiras
  8. Bayeux
  9. Baía Da Traição
  10. Belém
  11. Borborema
  12. Caaporã
  13. Cabedelo
  14. Caiçara
  15. Caldas Brandão
  16. Capim
  17. Conde
  18. Cruz Do Espírito Santo
  19. Cuitegi
  20. Cuité De Mamanguape
  21. Curral De Cima
  22. Dona Inês
  23. Duas Estradas
  24. Guarabira
  25. Gurinhém
  26. Ingá
  27. Itabaiana
  28. Itapororoca
  29. Itatuba
  30. Jacaraú
  31. João Pessoa
  32. Juarez Távora
  33. Juripiranga
  34. Lagoa De Dentro
  35. Logradouro
  36. Lucena
  37. Mamanguape
  38. Marcação
  39. Mari
  40. Mataraca
  41. Mogeiro
  42. Mulungu
  43. Natuba
  44. Pedras De Fogo
  45. Pedro Régis
  46. Pilar
  47. Pilões
  48. Pilõezinhos
  49. Pirpirituba
  50. Pitimbu
  51. Riachão Do Poço
  52. Rio Tinto
  53. Salgado De São Félix
  54. Santa Rita
  55. Sapé
  56. Serra Da Raiz
  57. Serra Redonda
  58. Serraria
  59. Sertãozinho
  60. Sobrado
  61. São José Dos Ramos
  62. São Miguel De Taipu
  63. Tacima
  64. Umbuzeiro

Mau tempo e ondas em mar aberto

A Marinha do Brasil, por meio da Capitania dos Portos da Paraíba (CPPB) também emitiu um alerta de ondas em alto mar com altura entre 3 e 3,5 metros no litoral paraibano até a tarde da quinta-feira (25). Segundo o órgão, o mau tempo se deve a um sistema de alta pressão atmosférica.

Do G1 PB

Continue lendo

Paraíba

Ministério Público da Paraíba discute criação do Procon Municipal de Guarabira

Publicados

em

Foto: Divulgação/MPPB

O 5º Promotor de Justiça de Guarabira e o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor do Ministério Público a Paraíba (MP-PROCON) realizaram, na manha da quinta-feira (18/07), reunião com o Procon Estadual da Paraíba e o prefeito em exercício do município de Guarabira para discutir a criação do órgão de proteção e defesa do consumidor no município.

Participaram da reunião o promotor de Justiça de Guarabira, Eduardo Barros Mayer; o diretor-geral do MP-Procon, promotor de Justiça Glauberto Bezerra; a superintendente do Procon Estadual da Paraíba, Kessia Liliana Dantas Bezerra Cavalcanti; o prefeito de Guarabira, Marcus Diogo de Lima; o procurador do município, Marcos Edson de Aquino; e o chefe de gabinete, Aguiberto Alves Lira.

Durante a reunião, os promotores esclareceram que o objetivo é tratar de ações de fortalecimento da proteção e defesa do consumidor de Guarabira, entre as quais a criação do Procon no município. Os promotores explicaram que a atuação do Procon visa harmonizar as relações de consumo, conforme preconiza do Código de Defesa do Consumidor, garantindo o desenvolvimento econômico e sustentável do mercado de consumo em Guarabira.

Conforme o diretor do MP-Procon, a reunião faz parte do projeto de interiorização da proteção e defesa do consumidor, coordenado pelo procurador-geral de Justiça, Francisco Seráphico da Nóbrega, consistindo em atuar em cooperação com as Prefeituras Municipais. O objetivo é incentivar a criação de Procons e apoiando os já existentes, de forma técnica e institucional com treinamentos e visitas técnicas.

Ao final, ficou acordado que o procurador-geral do Município de Guarabira vai participar de reunião na sede do MP-Procon, em João Pessoa, no dia 2 de agosto.

Fonte: Site do MPPB

Continue lendo

Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas