Conecte-se conosco

Cidades

Raniery Paulino adverte: Crise na UEPB pode fechar campus na Paraíba

Publicados

em

Após discutir problemática da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) em Guarabira, Raniery Paulino voltou a discutir sobre a situação financeira e administrativa da UEPB, durante audiência pública ocorrida, na sexta-feira no Plenário da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP).

O parlamentar vem manifestando sua preocupação com a real situação e cobra dos seus pares na ALPB um engajamento na defesa da UEPB “Tenho dever de ofício como representante do povo, defender o fortalecimento da universidade estadual, irei convidar os 36 parlamentares da Assembleia Legislativa a se unirem, independente de partido ou bancada para defender a autonomia da UEPB”. Defendeu Raniery.

Raniery, ainda falou sobre a expansão da UEPB “Sou a favor da volta da lei 7643/2004 que dá autonomia para UEPB, e isso concretizando, a instituição volta a expandir trazendo benefícios ao povo paraibano.” Finalizou Raniery

Na oportunidade, o Reitor Rangel Júnior defendeu também autonomia da instituição “Estamos em busca de apoio para que a universidade possa usufruir de uma lei de autonomia financeira e administrativa, bem como da autonomia didática pedagógica. Estamos lutando, há muito tempo, pela estabilidade da UEPB,” enfatizou o professor.

Fundada em 15 de março de 1966, a UEPB tem hoje 52 cursos de graduação, 20 programas de pós-graduação, 21 mil estudantes, 1.320 professores, dos quais 500 são doutores. A instituição possui 8 campus, nas cidades de João Pessoa, Campina Grande, Guarabira, Lagoa Seca, Catolé do Rocha, Monteiro, Araruna e Patos.

Confira o projeto de lei7643/2004 :

(http://sites.uem.br/autonomia/arquivos/a-lei-de-autonomia-da-ufpb-descomplicada/view)

Cidades

Mais de 200 mil pessoas já se recuperaram de Covid-19

O presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre, anunciou nesta quinta que é um dos recuperados do vírus.

Publicados

em

Mais de 208 mil pessoas já venceram o coronavírus em todo mundo. Os dados são da Universidade Johns Hopkins, dos Estados Unidos, que monitora os caros em todos os países desde o início da pandemia global.

Até o momento, a China, primeiro país onde o vírus foi identificado, lidera o ranking de recuperações – foram 76.571. No Brasil, onde a pandemia chegou há pouco menos de um mês, 127 pessoas conseguiram se reabilitar após se infectarem com o novo vírus. Na Espanha, 26 mil já apresentam melhora, e na Alemanha, 21,4 mil.

As informações corroboram com a orientação divulgada pela Organização Mundial da Saúde, que afirmou que 80% das pessoas infectadas se recuperam com tratamento, sem precisar de internação e de equipamentos mais sofisticados, como respiradores e leitos de UTI.

Senado

O presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre, anunciou nesta quinta que é um dos recuperados do vírus. Ele realizou dois testes – uma prova e uma contraprova – e não apresenta mais sintomas da doença.

JOVEM PAN

Continue lendo

Cidades

Corpo de Bombeiros alerta sobre acidentes domésticos no período da quarentena

Publicados

em

Seguindo as recomendações de isolamento social durante a quarentena, muitos se preocupam com a permanência de crianças e idosos em casa durante o período. Visando minimizar os riscos de acidentes domésticos, o Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba (CBMPB) orienta sobre quais as medidas devem ser tomadas para tornar a casa mais segura.

Brinquedos – Sempre observar a faixa etária indicada na embalagem dos produtos, pois algumas podem conter peças pequenas que crianças menores e bebês podem vir a se engasgar, caso as leve à boca. Também atente à presença do selo do Inmetro nas caixas.

Banheiros – Mantenha a tampa do vaso sanitário sempre abaixada e nunca deixe uma criança sem supervisão no momento do banho. Instale barras nas paredes para que idosos possam se apoiar quando for utilizar o vaso sanitário ou no banho.

Cozinha – gire os cabos das panelas que estiverem no fogão para dentro e mantenha utensílios cortantes ou com pontas fora do alcance. Enquanto estiver cozinhando, evite deixar que crianças se aproximem, podendo utilizar, por exemplo, grades de proteção.

Material de limpeza – Para evitar intoxicação, armazene os materiais em prateleiras altas ou instale travas nas portas onde eles estão guardados. Mantenha os baldes sempre secos e virados para baixo, a fim de evitar afogamentos.

Tomadas – Para evitar acidentes que envolvam choque elétrico, instale protetores em todas as tomadas da casa, evite conectar mais de um equipamento elétrico na mesma tomada através do uso de T’s (benjamins) e mantenha os fios fora do alcance dos pequenos.

Precauções – Sempre utilize telas ou grades de proteção em janelas e piscinas. Dê preferência a não utilizar tapetes ou instalar os que são antiderrapantes, para que idosos e crianças não tropecem.

Prefira cortinas ou persianas com tecidos grossos e pesados, que são mais difíceis para a criança manusear, e sem cordas, que causem risco de estrangulamento. Fixe protetores de quinas nas mesas e em móveis pontiagudos.  Evite posicionar camas, cadeiras ou qualquer outro móvel perto da janela, pois eles podem ser usados para a criança escalar.

Instale grades de proteção para dificultar acesso às escadas, de modo a evitar acidentes que envolvam altura.

Paraiba.pb

Continue lendo

Cidades

Número de casos confirmados do coronavírus chega a 20 na Paraíba

Publicados

em

O estado da Paraíba está com 20 casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus, segundo informações da Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgadas nesta quarta-feira (1º). O último caso confirmado é em uma mulher de 53 anos, moradora de João Pessoa. Ela está em isolamento domiciliar acompanhada pela vigilância municipal.

Na terça-feira (31), no início da noite, a SES confirmou o primeiro caso na cidade de Cabedelo, na Grande João Pessoa. O paciente é um homem de 32 anos. Ele está em isolamento domiciliar acompanhado pela vigilância municipal.

Nesta terça, o estado registrou a primeira morte causada pelo Covid-19. O paciente que morreu foi um homem, de 36 anos, que morava em Patos, no Sertão do estado, e estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Clementino Fraga, em João Pessoa, desde o dia 26, após transferência hospitalar. Ele teve o diagnóstico confirmado na tarde da segunda-feira (30) e tinha histórico de diabetes. A SES segue em investigação de 10 óbitos para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG).

Com este resultado, a Paraíba passa a contabilizar 14 casos confirmados da doença em João Pessoa, 2 em Campina Grande, 1 em Cabedelo, 1 em Igaracy, 1 em Patos e 1 em Sousa. Dos casos confirmados, dois estão internados.

Com isso, a Paraíba tem os seguintes destaques:

  • 20 casos confirmados
  • 407 casos descartados
  • 1 morte

Segundo a SES, 115 casos suspeitos estão internados, sendo 25 em UTI e outros 90 em enfermarias. Dos 20 casos confirmados, duas mulheres de 43 e 55 anos, ambas de João Pessoa, estão internadas.

Fonte: G1 PB

Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas