Conecte-se conosco

Cidades

FÉRIAS: Pais precisam tomar cuidado com crianças em piscinas e Lei estabelece normas para prevenção de acidentes

Publicados

em

Nesse período de férias vale redobrar os cuidados, principalmente com as crianças, durante o lazer em piscinas. Na Paraíba, A Lei estadual 10.542/2015 que disciplina a prevenção de acidentes reforça a segurança nesses ambientes. De acordo com a Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (Sobrasa), 51% dos afogamentos de crianças entre um e nove anos de idade ocorrem em piscinas.

O estudo aponta que  boa parte dos acidentes registrados ocorrem por conta da sucção das bombas de piscinas. Isso por que, pelo fato de a pressão ser forte, ela acaba sugando partes do corpo ou vestimentas das crianças. Além disso, mesmo que os pequenos não estejam com a cabeça submersa, a força da sucção pode causar feridas e hematomas. Portanto, deve-se alertar antecipadamente às crianças que essas áreas são muito perigosas.

De acordo com a Lei, apresentada na Assembleia Legislativa pelo deputado Jutay Meneses (PRB), o sistema hidráulico da piscina deverá estar de acordo com o disposto em norma técnica da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Entre outros pontos estão: a velocidade de passagem da água pelos drenos e grades de fundo do sistema hidráulico da piscina deverá ser de no máximo 0,6 mls (ABNT 10.339). É obrigatória também a instalação de, no mínimo, dois drenos ou grades de fundo por motobomba compatível no sistema hidráulico, interligados em distância mínima de um metro e meio entre eles.

Também consta na Lei que a motobomba deverá ser compatível com a vazão por meio dos drenos ou grades de fundo. É obrigatória a utilização de tampas de dreno que previnam o turbilhonamento e o enlace de cabelos. Fica obrigado ainda que a piscina construída cujo sistema hidráulico esteja em desacordocom o disposto nesta Lei, deverá ser adequada no prazo de 180 dias.

De acordo com o autor da matéria, a infração a Lei sujeitará o infrator a suspensão da inscrição estadual, para os que a possuírem, e a interrupção das atividades até o saneamento da irregularidade.

Para quem vale – Estão sujeitas a Lei as piscinas classificadas em coletivas ou públicas localizadas em spar, resorts, estâncias termais, clubes, hotéis, motéis, academias, escolas, edifícios, condomínios residenciais, hospitais, parques, associações, fundações, igrejas e templos religiosos, centros de reabilitação, centros educacionais, centros esportivos, em locais que sirvam de locação para festas ou eventos particulares, e demais entidades de natureza privada ou pública em que haja uso coletivo.

Causas de acidentes – As principais causas de acidentes com crianças em piscinas, acontecem por três motivos, que são: sucção dos ralos que causa o aprisionamento de cabelos ou partes do corpo, ausência de portões auto travantes e falta de cercas de proteção que causa a queda e afogamento de crianças pequenas.

Assessoria

Avalie esta postagem
Apoio

Brejo/Agreste

4º BPM participa de lançamento de projeto de arborização de cinco cidades da região

Publicados

em

Fotos: Gustavo Chaves e cabo Marconi

Policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) participaram, na semana passada, do lançamento do projeto “Muda: mude de vida, plante uma árvore!” que será desenvolvido nas cidades de Alagoa Grande, Alagoinha, Mulungu, Juarez Távora e Araçagi, que integram a área do Batalhão, que é um dos parceiros do projeto. A iniciativa, que visa à conscientização e educação ambiental, além da arborização e embelezamento dos municípios da região, através do plantio de ipês e outras árvores ornamentais, também conta com as parcerias da Afink (Associação de Formação e Incentivo para o Nordeste Karente), Poder Judiciário e Ministério Público das Comarcas de Alagoa Grande e Alagoinha, e as Prefeituras Municipais de Alagoa Grande, Alagoinha, Mulungu, Juarez Távora e Araçagi.

Na solenidade compareceram várias autoridades representantes das instituições parceiras, entre eles, o subcomandante do 4º BPM, tenente-coronel Brandão, o comandante e subcomandante da 2ª Companhia, respectivamente capitão Jones e tenente Eslley, o juiz das Comarcas de Alagoa Grande e Alagoinha, José Jackson Guimarães, o prefeito de Mulungu, Melquíades Nascimento, o coordenador do projeto junto a Afink, Luís Carlos, secretários de Educação, Agricultura e Assistência Social dos municipais envolvidos, além de alunos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos do Município de Araçagi.

Ao final da solenidade, mudas de árvores foram distribuídos entre as pessoas presentes.

Fotos: Gustavo Chaves e cabo Marconi

Assessoria/4º BPM

Avalie esta postagem
Continue lendo

Cidades

Chuvas destroem ponte que liga Santa Rita a Cruz do Espírito Santo

Publicados

em

Secom-PB

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PB) interditou neste sábado (15) a rodovia que liga Santa Rita a Cruz do Espírito Santo, tendo em vista que as chuvas caídas na Grande João Pessoa nas últimas 48 horas provocaram a destruição parcial da ponte sobre o Rio Preto, com mais de 12 metros de extensão, impedindo a passagem de veículos e pedestres. Uma nova ponte deverá ser construída em caráter emergencial.

O fato aconteceu na madrugada deste sábado e, logo cedo, o superintendente do DER, Carlos Pereira  de Carvalho e Silva, acompanhado dos diretores Armando Marinho, de Operações; José Arnaldo Souza Lima, de Planejamento e Transportes e Filipe de Brito Maia, de Administração e Financeiro, Antônio Fleming, Gerente de Transportes e ainda o pessoal da Residência do DER em Sapé, esteve no local adotando todas as providências para garantir a segurança aos usuários, isolando a área nos dois lados da ponte.

O dirigente do DER disse que a ponte não tem mais condições de ser recuperada. A solução será a construção de uma nova, em caráter emergencial, em aproximadamente seis meses. Para atender os usuários da rodovia, enquanto a nova ponte não fica pronta, uma passagem especial será construída nas proximidades da que foi danificada, a exemplo do que foi feito quando da restauração da Ponte da Batalha, na mesma rodovia.

A referida ponte, que foi restaurada há cerca de dez anos, não resistiu à forte correnteza das águas do rio, que atingiu pilares de sustentação. Todo o vão central ficou inclinado e a qualquer momento poderá cair totalmente, segundo informaram os engenheiros e diretores do DER.

Os engenheiros e dirigentes do DER realizaram a fiscalização nas rodovias da malha estadual para orientação dos motoristas desde Sapé até Cruz do Espírito Santo, onde uma rodovia alternativa passando pela Usina São João poderá ser usada pelos motoristas. Para assegurar melhores condições de funcionamento, Carlos Pereira determinou o patrolamento da estrada, em caráter de urgência.

Nos dois lados da ponte danificada foi colocada sinalização vertical para orientar os motoristas sobre a interdição da ponte, além de material argiloso para impedir a passagem de veículos, inclusive motos.

Fonte: Secom-PB

Avalie esta postagem
Continue lendo

Cidades

Prefeito Marcus Diôgo assina contrato para reforma e ampliação de escolas

Publicados

em

Ação que contempla as unidades escolares do Pirpiri, Assis Chateaubriand e Nordeste II, foi anunciada anteriormente pelo prefeito, ora licenciado, Zenóbio Toscano, em seu programa semanal de Rádio.

Na tarde desta segunda-feira (10/6) o prefeito interino Marcus Diôgo se reuniu com o representante da empresa Aguiar & Aguiar Construções Ltda., para celebrar o contrato, que tem como finalidade a execução de obras de reforma e ampliação de três escolas da rede municipal de ensino de Guarabira.

O ato ocorreu no gabinete do prefeito, na sede da Prefeitura de Guarabira, e contou com a presença do senhor Danilo Sitônio de Aguiar, que representou a empresa responsável pelos serviços, além dos secretários Douglas Nóbrega (Administração), Murilo Filho (Infraestrutura), Aguiberto Lira (Gabinete/Planejamento), Raimundo Macêdo (Educação), Cid Cordeiro (Comunicação), Franklin Santos (Compras) e os vereadores Tiago do Mutirão e Júnior Ferreira.

As unidades escolares beneficiadas nessa etapa são, Escola Municipal Sebastião Bezerra Bastos (distrito do Pirpiri), Escola Municipal Amália Freire de Pontes (bairro Assis Chateaubriand) e Escola Municipal Edgardo Júlio (bairro Nordeste II). E vai custar, conjuntamente, o valor de R$ 398.900,95 (Trezentos e noventa e oito mil, novecentos reais e noventa e cinco centavos), sendo os recursos oriundos do próprio município.

A importante ação foi anunciada anteriormente pelo prefeito, ora licenciado, Zenóbio Toscano, em seu programa semanal de Rádio.

Codecom/PMG

Avalie esta postagem
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas