Conecte-se conosco

Cidades

João Azevêdo inaugura e autoriza pacote de obras com investimentos superiores a R$ 100 milhões

Foto: Divulgação

Publicados

em

Até o mês de abril, o governador João Azevêdo vai entregar uma série de obras nas áreas da educação, mobilidade urbana e recursos hídricos, totalizando mais de R$ 19,5 milhões em investimentos. Outros R$ 90,4 milhões estão previstos para serem investidos e as ordens de serviço deverão ser assinadas nestes 100 primeiros dias de gestão. Ainda esta semana, será autorizado o início dos serviços de recuperação da PB-025, que liga a BR-101 ao município de Lucena, orçada em R$ 2,7 milhões.

Dentre as ações no âmbito do Departamento de Estradas de Rodagem do Estado da Paraíba (DER), estão previstas as inaugurações de travessias em Areia de Baraúnas; Monteiro e São João do Rio do Peixe, além da entrega de 10 caminhonetes.

Estão previstas ainda as inaugurações das adutoras do Congo (ramal de Pio X) e de Triunfo; as obras de reforma de ampliação das Escolas João Cavalcante Sula, em Boa Ventura, e Pedro Lins Vieira de Melo, em João Pessoa; e o abastecimento d’água da comunidade Santa Lúcia, em Araçagi.

Em seu programa semanal de rádio, o governador João Azevêdo anunciou a finalização do projeto e início da licitação para a construção da estrada que irá ligar Santo André a Juazeirinho e a conclusão do projeto da estrada que fará a ligação de Pilões a Serraria. “A PB-087 irá mudar a circulação e vai tornar mais fácil a vida das pessoas. O cidadão que vai para Bananeiras e sobe para a região de Serraria, tem que voltar porque a estrada termina. Nós vamos fazer a ligação dessa estrada logo depois de Borborema para Pilões e que vai criar um novo Anel e uma nova rota de deslocamento para a população. Essas duas obras são importantes para a logística de transporte que temos implementado na Paraíba”, explicou.

Recursos hídricos – Entre as ordens de serviços que serão assinadas, destaca-se a construção das adutoras de Alagoa Grande; Cajazeiras; e Lagoa do Matias; o sistema de abastecimento d’água do Cidade Verde e do Cidade Jardim, em João Pessoa; barragem de Cupissura, em Alhandra; e implantação da rede de distribuição de água, na cidade de Coremas.

Além disso, serão entregues o abastecimento d’água das comunidades Santa Lúcia e Tainha, no Brejo; o esgotamento sanitário do Padre Zé e José Américo; e serão iniciadas as obras de esgotamento sanitário nos municípios de Aparecida, Boqueirão, Juazeirinho, Poço de José de Moura, Santo André, São Domingos de Pombal, São Francisco e São João do Cariri. “Todas essas cidades estão situadas nas chamadas bacias receptoras do São Francisco e as obras serão importantes para que, quando as águas cheguem até a região, a gente possa usá-la com uma qualidade muito melhor porque vamos evitar a poluição dos rios”, observou o governador.

Mais ações – Ainda na agenda de entrega de obras e de assinaturas de ordens de serviço estão: reforma do núcleo de produção de alimentos, em Araruna; construção da Feira do Gado, em Itapororoca; construção do Mercado Público de Puxinanã; reforma de escolas em Aparecida, Guarabira, Lastro, Mamanguape, Monteiro, Pirpirituba e Riacho dos Cavalos; iluminação do campo de Logradouro; obras de pavimentação em Campina Grande, Cuité de Mamanguape, São Bentinho e Soledade. “Existe um calendário de obras montado e que buscaremos implementar e iniciar já a partir desta semana”, concluiu João Azevêdo.

Fonte: Secom/PB

Avalie esta postagem
Apoio

Cidades

Polícia Militar reforça ações e operações nos próximos 15 dias no Estado

Publicados

em

Foto: Divulgação

Comandantes de várias áreas operacionais da Polícia Militar definiram, na manhã desta segunda-feira (15), o plano de ações e operações para os últimos 15 dias do mês de julho, na Paraíba. Algumas áreas terão um reforço maior, com apontamentos de informações levantadas pelas Coordenadorias de Inteligência e Estatística, para chegar a um resultado mais efetivo. A reunião acontece todo início de semana, no quartel do comando-geral, com a presença do comandante da corporação, coronel Euller Chaves.

Umas das áreas que terá um reforço maior a partir desta segunda-feira é Santa Rita, para prender suspeitos dos últimos homicídios ocorridos na cidade e continuar o trabalho de redução dos indicadores criminais, como foi feito no primeiro semestre, por meio de um trabalho integrado das forças de segurança da Paraíba. Na última semana, a PM prendeu em flagrante no município dois suspeitos de assassinatos e ainda fechou um laboratório de drogas, que estava movimentando mais de R$ 700 mil em entorpecentes.

Números do Estado – Na reunião, foi apresentado um balanço das ações realizadas pela Polícia Militar, nos últimos sete dias, no Estado, período em que 245 suspeitos foram conduzidos até as delegacias, 85 kg de drogas apreendidos e 245 armas de fogo retiradas de circulação.

Esta semana já começou com mais prisões e apreensões. Na madrugada desta segunda-feira (15), uma quadrilha que planejava atacar bancos foi interceptada, na serra de Teixeira, no Sertão da Paraíba. No total, foram detidas três pessoas e apreendidas 25 bananas de dinamite, duas submetralhadores, duas pistolas, um fuzil, quase 600 munições de armas de grosso calibre, espoletas, coletes balísticos, touca ninja, motosserra, lixadeiras, alicate grande, discos de corte, um rádio comunicador e outros materiais usados por quadrilhas que bandos que agem contra instituições financeiras.

Assessoria PMPB

Avalie esta postagem
Continue lendo

Cidades

TCE vê prejuízos de mais de R$ 20 mi em organizações sociais na PB

Publicados

em

Foto: Divulgação

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB) já formalizou 10 processos para análise de execução das despesas realizadas por organizações sociais (OS) contratadas pelo Estado para gerenciar unidades de saúde na Paraíba com resultados prejudiciais para os cofres públicos. Em todos, foram detectados excessos de gastos e despesas não comprovadas, que somente no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, sob a administração da Cruz Vermelha, os prejuízos passaram de 20 milhões, levando-se em conta as decisões já confirmadas e os relatórios de auditorias realizados pela Corte de Contas desde 2011.

O conselheiro Nominando Diniz diz que acha estranho que a principal finalidade de uma OS seja o gerenciamento das atividades estatais com menores custos para os cofres públicos, mas a realidade apurada é outra, ou seja, se gasta muito mais com as empresas contratadas nesses processos, que, inclusive, dispensa a licitação.

“O fato é que o TCE aponta as irregularidades, imputa as responsabilidades, faz as recomendações, encaminhando os acórdãos aos órgãos competentes, governo e demais entes interessados para as providências. Às decisões são anexadas todas as análises e documentos comprobatórios levantados pela auditoria, mas pouco se sabe sobre as providências adotadas para sanar o descaso e a sangria de dinheiro público”, frisou o conselheiro.

Ele reitera que o TCE tomou conhecimento de dois Termos de Ajustamento de Conduta (TACs), firmados no mês de março/19, entre os Ministérios Públicos Estadual, Federal, do Trabalho e de Contas, e o governo do Estado, referentes às organizações Cruz Vermelha e IPSEP – Instituto de Psicologia e Saúde, razão pela qual solicitou à Presidência o encaminhamento de ofício à Procuradoria de Justiça, solicitando informações a respeito das ações daquela instituição, em razão das decisões do Tribunal de Contas a respeito das OS, bem como no que diz respeito ao cumprimento dos TACs, já que os prazos previstos eram de 60 dias.

Fonte: Portal Correio

Avalie esta postagem
Continue lendo

Cidades

Policial do 4º BPM fica em segundo lugar em etapa do Desafio das Serras em Bananeiras

Publicados

em

O soldado Edinaldo, que atua na Ciclopatrulha do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar), conquistou no último sábado (13), o segundo lugar geral na categoria Elite 10km da 2ª etapa do Desafio das Serras Off Road Extremo, que foi realizado em Bananeiras. O tempo dele na corrida, que teve em torno de 800 participantes e é feita em estradas de barro, com ladeiras e muita lama, foi de 46min23seg.

O Desafio das Serras Off Road Extremo é um circuito com quatro etapas que incluem as modalidades de corrida em trilha e mountain bike e é realizado em três Estados além da Paraíba: Rio Grande do Norte, Ceará e Pernambuco. A primeira etapa aconteceu na Serra de São Bento-RN e a próxima será realizada nos dias 7 e 8 de setembro em Pacoti-CE.

O soldado Edinaldo, que faz parte da equipe Militares Runners PB, também tem participado de corridas de rua em várias cidades paraibanas e conquistado excelentes resultados.

Assessoria/4º BPM

Avalie esta postagem
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas