Conecte-se conosco

Paraíba

Na Paraíba: Confira quais são as entidades credenciadas para emissão de carteiras de estudante

Publicados

em

Foto: Divulgação

Dez entidades estão habilitadas. Carteira de estudante permite a meia-entrada em cinemas, shows, eventos esportivos e também promove a meia-passagem em transportes públicos.

Após a decisão judicial liminar que obriga as empresas a não mais aceitarem declaração estudantil como documento que garante a meia-entrada ou meia-passagem, muitos estudantes estão em busca de locais para emissão da carteira estudantil. De acordo com o Procon da Paraíba, dez entidades estão habilitadas para realizar a emissão do documento.

Veja quais entidades podem emitir carteira de estudante na Paraíba

  1. Associação dos Estudantes Secundaristas da Paraíba (Aesp)
  2. União dos Estudantes Secundaristas da Paraíba (Uesp)
  3. União Estadual dos Estudantes da Paraíba (Ueep)
  4. União Liberal dos Estudantes Secundaristas da Paraíba (Ulesp)
  5. Conselho Universitário de Carteiras (CUC)
  6. Diretório Central dos Estudantes (DCE Livre Maurício de Nassau)
  7. Diretório Central dos Estudantes (DCE Unipê)
  8. Diretório Central dos Estudantes (DCE Fip/Fadip)
  9. Diretório Central dos Estudantes (DCE IFPB)
  10. Diretório Central dos Estudantes (DCE UFPB)

Segundo Késsia Liliana, superintendente do Procon-PB, as carteiras de estudante de 2018 perderam a validade no dia 31 de março. A carteira de estudante permite a meia-entrada em cinemas, shows, eventos esportivos e também promove a meia-passagem em transportes públicos.

O Procon-PB já notificou as empresas para pararem de receber a declaração estudantil como documento que valida a meia-entrada ou meia-passagem. O uso do comprovante de matrícula, juntamente com um documento oficial com foto, para garantir a meia-entrada foi determinado pela lei estadual nº 9.877, de 2012.

No entanto, a União Estadual dos Estudantes (UEE), entrou com uma ação na justiça, contra a Assembleia Legislativa da Paraíba, afirmando que parte de um artigo dessa legislação contraria diretamente um dos incisos de uma Lei Federal. A organização pediu a suspensão desse trecho.

Na decisão liminar, deferida no dia 12 de setembro de 2018, a juíza Silvanna Gouveia Cavalcanti seguiu o entendimento da UEE e determinou que seja suprimido o trecho que define o uso do comprovante de matrícula como documento para ter acesso ao benefício.

Fonte: G1 PB

 

Rate this post

Paraíba

Pronatec-PB: Educação abre mais de 2,5 mil vagas destinadas a alunos, professores e equipe técnica

Publicados

em

Foto: ilustração/Pixabay

A Secretaria de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia da Paraíba (SEECT-PB) divulgou, nesta quinta-feira (19), no Diário Oficial do Estado, três editais de processos seletivos simplificados voltados para alunos, professores e equipe técnica que desejem participar dos cursos de Formação Inicial Continuada (FIC) do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec-PB). Serão 2.527 vagas destinadas a estudantes, 95 oportunidades para professores de diversas áreas de conhecimento e 99 vagas para profissionais que prestarão apoio técnico às formações, totalizando 2.721 vagas. 

Os cursos acontecerão em 28 municípios do Estado e abordarão diversas áreas do conhecimento, como Telemarketing, Bombeiro Civil, Recepcionista, Organizador de Eventos, Assistente de Contabilidade, além de outras especialidades. As inscrições para os três editais já estão abertas e podem ser feitas por meio do site http://bit.ly/pbtec . Os interessados nas vagas para alunos e professores devem se inscrever até o dia 05 de junho, já os que desejam concorrer às vagas para equipe técnica podem se cadastrar até o dia 25 de maio. A divulgação dos estudantes e professores selecionados será feita no dia 27 de junho, já os profissionais de apoio que foram selecionados serão divulgados no dia 03 de junho.

Alunos – Os cursos oferecidos serão presenciais e os alunos receberão um auxílio-estudantil no valor de R$ 2,00 por hora/aula. A classificação dos candidatos será feita com base na ordem de inscrição. Todas as oportunidades disponibilizadas pelo programa, bem como as cidades em que os cursos serão ofertados, encontram-se no site do Pronatec-PB: http://bit.ly/pbtec .

Professores – Os profissionais que forem selecionados deverão planejar as aulas e atividades didático-pedagógicas e ministrá-las aos beneficiários, participar de encontros e reuniões das coordenações promovidos pelo coordenador geral e adjunto do programa e pela gerência executiva da educação profissional; além de outras atribuições. Os profissionais selecionados para atuar no Pronatec serão remunerados na forma de concessão de bolsas, financiadas pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), e que serão qualificadas de acordo com o grau de instrução dos professores. Doutores receberão o valor de R$ 50,00 por hora/aula; mestres receberão R$ 45,00; pós-graduados ou especialistas receberão R$ 40,00; e graduados receberão R$ 35,00. A seleção será feita por um Comissão Interna, que avaliará a titulação e experiência comprovada dos candidatos. As bolsas terão validade de um ano.

Equipe Técnica – A seleção para os cargos que constam no edital compreenderá uma única etapa, com análise de currículo. Os profissionais deverão optar entre três categorias: Supervisor de Unidade de Ensino e Orientador de Unidade de Ensino, com remuneração de R$ 36,00; e Apoio de Unidade de Ensino, com remuneração de R$ 18,00. As vagas para equipe técnica são todas destinadas para a cidade de João Pessoa e exigem curso superior completo. 

Pronatec-PB – O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) tem como objetivo expandir, interiorizar e democratizar a oferta de Cursos Técnicos de Nível Médio e de Cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) para trabalhadores e estudantes, visando à expansão da Educação Profissional e Tecnológica no Estado.

Secom-PB

Rate this post
Continue lendo

João Pessoa

Governador João Azevêdo entrega tomógrafo ao Hospital da Polícia Militar General Edson Ramalho

Publicados

em

O governador João Azevêdo entregou, nessa quarta-feira (18), um tomógrafo para o Hospital da Polícia Militar General Edson Ramalho, em João Pessoa. A unidade hospitalar também foi contemplada com 10 monitores e equipamentos de videolaparoscopia para a rede materno-infantil.

Na ocasião, o chefe do Executivo estadual ressaltou o compromisso da gestão estadual para a melhoria da qualidade do serviço prestado à população. “Nós estamos investindo na infraestrutura, em equipamentos para toda a rede de saúde, ampliando e interiorizando as ações para que as pessoas tenham um atendimento de qualidade, reduzindo distâncias e salvando vidas”, frisou.

A entrega do tomógrafo, que foi acompanhada pelo comandante-geral da PM, Sérgio Fonseca, e várias autoridades presentes, foi definida como um dia histórico para o Hospital da Polícia Militar General Edson Ramalho, já que a unidade, que tem uma grande demanda, dependia de outros hospitais para poder atender essa demanda e agora terá celeridade e resolução para os diversos tratamentos. O equipamento foi adquirido com a participação de emendas parlamentares e governo do Estado.

Assessoria/PMPB

Rate this post
Continue lendo

Paraíba

Aula inaugural marca o início dos cursos de Atendente de farmácia e Cuidador de idosos no Cendac

Publicados

em

O Centro de Apoio à Criança e ao Adolescente (Cendac) inicia, nesta terça-feira (17), as aulas dos cursos profissionalizantes de Atendente de Farmácia e Cuidador de Idosos. As aulas serão realizadas de segunda a sexta-feira, no período da tarde.

A aula inaugural dos cursos aconteceu, nessa segunda-feira (16), no auditório do Cendac, em João Pessoa. O vice-prefeito da Capital, Leo Bezerra, a secretária de Mulheres municipal, Nena Martins, e representantes da Secretaria municipal de Direitos Humanos e Cidadania prestigiaram o evento.

“Esta é mais uma oportunidade que o Cendac oferece de profissionalização para jovens e mulheres das comunidades de João Pessoa que buscam um curso para se aperfeiçoar em sua função, e assim, estar bem preparado para se inserir no mercado de trabalho”, afirmou a presidente do Cendac, Valquíria Alencar, durante a abertura da aula inaugural.

Sandra Raíla participa do curso de atendente de farmácia. Ela disse que se identifica com o cargo e pretende se capacitar para poder conseguir uma boa colocação no mercado de trabalho. “Estou muito feliz em ter sido chamada para fazer o curso que  escolhi e estou com as melhores expectativas, vou dar o melhor de mim e espero que consiga logo uma colocação no mercado”, disse a aluna.

Vilma Rocha já atua como cuidadora de idosos. Ela se inscreveu no curso ofertado pelo Cendac para se capacitar e oferecer um melhor serviço aos seus pacientes. “Tenho prazer em trabalhar como cuidadora. Eu já cuido de alguns idosos, já tenho experiência, mas não tinha um certificado e procurava um curso que pudesse me ensinar novas técnicas para melhorar a prestação de meus serviços. Encontrei aqui no Cendac e, agora, terei um certificado que vai abrir novas portas para mim”, ressaltou.

Os alunos receberam pastas com material explicativo sobre os cursos e as atividades e campanhas realizadas pelo Cendac. O evento foi finalizado com a palestra “Juventude, profissionalização e inclusão social”, ministrada pela advogada Joyce Borges.

“Em um momento como este, que estamos passando no Brasil, se capacitar e se profissionalizar é fundamental. Aprender, não só a empatia para lidar com as pessoas, mas também as técnicas para exercer, de maneira qualificada, a função que vocês escolheram.”, concluiu Joyce.

Secom-PB

Rate this post
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas