Conecte-se conosco

Policial

Policiais identificam e prendem suspeito de roubo em Guarabira

Publicados

em

Com a ajuda de imagens de câmeras de segurança, policiais militares e civis identificaram e prenderam, no início da noite dessa sexta-feira (3), um homem suspeito de praticar o roubo de um aparelho de telefone celular próximo ao Hospital Regional de Guarabira, no centro da cidade, no início da tarde. Ele foi preso na sua residência, no Bairro do Cordeiro, ainda usando a mesma roupa com que teria praticado o roubo. A moto e o capacete utilizados por ele também foram apreendidos no local e o telefone, segundo ele, temendo ser localizado pelo rastreador do aparelho, teria sido jogado no lixão em Pilõezinhos. Os policiais ainda foram até o local informado por ele, mas não localizaram o objeto roubado.

A ação conjunta contou com as participações de policiais do Núcleo de Inteligência do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar), da Rádio Patrulha, sob o comando do cabo Erivan, e do GTE (Grupo Tático Especial) da 8ª Delegacia Seccional de Polícia Civil que, após averiguação das imagens de câmeras de segurança instaladas nas proximidades do local do roubo, deram início às diligências e identificaram e prenderam o suspeito, que acabou confessando o crime. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil.

OUTRAS OCORRÊNCIAS – Também em Guarabira, ao realizar rondas, a guarnição recebeu a informação de que, no Bairro do Cordeiro, estaria havendo disparos de arma de fogo. De imediato, os policiais se dirigiram até o local e, depois de colher mais informações, imediatamente saíram em diligências, conseguindo localizar os acusados no veículo com as características que tinham sido repassadas por uma testemunha. No interior do carro foi encontrada uma arma de fogo e foi dada voz de prisão aos suspeitos, que foram encaminhados para a delegacia junto com a arma e o veículo.

Outra prisão em Guarabira aconteceu quando a guarnição recebeu a informação de que o suspeito estaria embriagado, forçando a porta da residência de sua ex-companheira. No local, foi constatada a veracidade da denúncia e o suspeito foi abordado e conduzido à delegacia para ser autuado pela embriaguez e desordem.

Assessoria/4º BPM

Avalie esta postagem
Apoio

Policial

Homem é preso em Guarabira suspeito de pedofilia

Publicados

em

Foto: Imagem Ilustrativa

Suspeito teria enviado imagens pornográficas em um aplicativo de conversas.

Um homem de 33 anos foi preso em Guarabira, no Agreste paraibano, suspeito de praticar pedofilia. A prisão aconteceu nessa terça-feira (21), em uma ação integrada entre as polícias Militar e Civil, após o pai da vítima denunciar a polícia que o homem teria enviado imagens pornográficas em um aplicativo de conversas.

Segundo o boletim de ocorrência, o pai informou que seu filho, de 11 anos, teria recebido mensagens na rede social do perfil de um homem, onde o suspeito pedia o número do WhatsApp do seu filho. Diante dessa situação o pai encaminhou seu próprio número de celular, onde começou a receber mensagens pedindo fotos do seu filho, e em uma das mensagens o suspeito chegou a enviar fotos mostrando seu órgão genital, e queria marcar um encontro, com seu filho. O ‘falso’ encontro estaria marcado para essa terça, perto do INSS, na Rua Sabiniano Maia, Centro de Guarabira.

De posse dessas informações os policiais se deslocaram até as proximidades do local marcado, onde visualizaram o suspeito que estaria em uma motocicleta, e ao ser abordado ficou constatado que se tratava do acusado, que confirmou que estaria indo ao encontro com a vítima.

O homem foi preso em flagrante, com ele a polícia encontrou uma faca e o aparelho celular, o conduzindo, juntamente com o material apreendido, para a delegacia de polícia civil de Guarabira.

Fonte: ManchetePB

Avalie esta postagem
Continue lendo

Policial

Policiais cumprem mandado e prendem acusado de roubo em Guarabira

Publicados

em

Policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) cumpriram, no início da manhã desta segunda-feira (20), na cidade de Guarabira, um mandado expedido pela Vara Mista da Comarca local e prenderam um um homem acusado de roubo condenado a 13 anos, dois meses e 20 dias de prisão em regime fechado. Ele tinha cumprido parte da pena, recebeu a progressão, mas descumpriu as medidas impostas pelo benefício e passou a ser considerado foragido da Justiça.

A prisão foi feita pela guarnição de Rádio Patrulha comandada pelo cabo Odenir, que recebeu as orientações do Núcleo de Inteligência e conseguiu prender o foragido, que é acusado de vários assaltos na área do 4º BPM. O preso, que tem 24 anos de idade, foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil para as providências legais.

Assessoria

Avalie esta postagem
Continue lendo

Policial

4º BPM participa de programação do Dia de Combate ao Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes em Juarez Távora

Publicados

em

Policiais da 2ª Companhia do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) participaram, nessa sexta-feira (17), da programação do Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescente realizada pela Secretaria de Assistência Social e Conselho Tutelar de Juarez Távora, que é uma das quatro cidades que integram a área da 2ª Companhia. As mobilizações realizadas fazem parte do “Maio Laranja”, mês onde são intensificas ações em favor dos direitos das crianças e dos adolescentes.

Na programação, foi realizada uma caminhada, que contou com os apoios do Destacamento de Juarez Távora, comandado pelo sargento Nascimento, e da CPTran. O percurso teve início na Secretaria de Assistência Social, seguiu pelas principais ruas da cidade e foi concluído na sede do Conselho Tutelar, onde aconteceram apresentações artísticas e culturais. As ações incluíram também a realização de uma palestra com o comandante da 2ª Companhia, capitão Jones, que reuniu centenas de alunos da rede municipal de ensino.

O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes é celebrado em 18 de maio, data do crime praticado contra Araceli Crespo, de apenas 8 anos de idade, que foi abusada sexualmente e brutalmente assassinada, crime que até hoje, 46 anos depois, permanece impune.

Assessoria

Avalie esta postagem
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas