Conecte-se conosco

Paraíba

Ministro da Educação tem reunião com bancada federal da PB e Reitora da UFPB

Foto: Divulgação

Publicados

em

Reunião com o ministro da Educação foi considerada boa pela Reitora da UFPB

Abrimos as portas para o diálogo”, assim reagiu a Reitora da Universidade Federal da Paraiba, professora Margareth Diniz, em nome dos demais reitores, considerando boa a audiência nesta quinta-feira entre representantes da Bancada Federal e representantes das instituições de ensino federais com o Ministro da Educação, Abraham Weintraub .

Ela adicionou à avaliação:

– A audiência foi boa – sintetizou ela, acrescentando que “ apresentamos os dados das Universidades e do IFPB, além disso entregamos um material para ele havendo liberação de alguns recursos”.

A reitora adiantou que “ficou de avaliar nosso material e pediu apoio aos parlamentares”.

– No nosso entendimento e no dele foi uma reunião muito boa – finalizou.

PRESENTES – A audiência não registrou a presença de todos ao quinze parlamentares. Estiveram presentes os deputados Efraim Filho, Rui Carneiro, Edna Soares, Wilson Santiago e os estaduais Ricardo Barbosa e João Henrique.

Os deputados Gervásio Maia e Pedro Cunha Lima mais o senador José Maranhão justificaram ausência. Os demais estiveram ausentes.

Do Wscom via FatoaFato

Avalie esta postagem
Apoio

Paraíba

Raniery Paulino apresenta projeto de Lei para tornar Guarabira “Município de Interesse Turístico”

Publicados

em

O deputado estadual Raniery Paulino (MDB), protocolou na Assembleia Legislativa o projeto de Lei 577/2019, que classifica Guarabira como município de interesse turístico. O projeto foi apresentado, visando o desenvolvimento,  a potencialidade, e preservação das riquezas e valores; classificando a Rainha do Brejo,  Interesse Turístico.

O Município de Guarabira, tem seu nome, segundo os relatos históricos, de origem tupi, onde significa “morada das garças”. O município  também é conhecido como  “Rainha do Brejo” pelo fato de ser a principal cidade-polo, tornando uma importante referência política e econômica na região do Brejo.

Para Raniery, a cidade de Guarabira corresponde  requisitos necessários para ter seu potencial turístico desenvolvido e, como resultado, ser beneficiada com os recursos estaduais de incentivo ao turismo contribuindo de forma vital para o progresso do comércio e das atividades da cidade, inclusive com a geração de empregos.

“Esta será uma bandeira que vou batalhar na Assembleia Legislativa para que Guarabira seja classificada como de Interesse Turístico. Será um ganho muito grande para a população e a cidade se tornará ainda mais conhecida, atraindo mais visitantes e, consequentemente, incrementando a economia local”, destacou.

 

Atrativos turísticos:

De acordo com o documento apresentado, o Turismo Guarabirense se baseia, principalmente, no turismo religioso; fazendo parte do calendário da cidade grandes eventos são realizados durante o ano, a Festa da Luz, que ocorre todo mês de Janeiro, traz milhares de pessoas de outras cidades estados, com atrações de renome nacional, com artistas da terra e espaços temáticos.

Aguardando milhares de fieis todo ano, o  Memorial Santuário de Frei Damião representa o ponto alto, que propicia à cidade um alto número de religiosos que visitam em todas as épocas, porém, principalmente nas romarias. O santuário conta com um museu sobre o Frade, e, no seu caminho, os visitantes ainda passam pela Via Sacra e pelo Cruzeiro.

Os admiradores da arte também podem conhecer, o “Cruzeiro de Brennand” que propicia ao turista uma vista panorâmica da cidade, além de contemplar uma bela peça de arte, em cerâmica, construída em 1966  em um dos maiores ateliês de arte do mundo, do artista plástico pernambucano, Francisco Brennand.

É importante destacar, a imponente e secular Igreja Catedral de Nossa Senhora da Luz, sede do Bispado de Guarabira, do alto de suas escadarias, mostra-se de uma beleza ímpar sendo considerada o marco zero da cidade.

Além disso, vale ressaltar uma visita ao  Centro de Documentação, Museu Sacro Fernando Cunha Lima, Memorial Dom Marcelo, Casarão da Cultura, Memorial do Cordel que faz o visitante aprender um pouco mais da história da cidade e apresenta um dos marcos do município no século passado, a confecção de cordel. Daqui, nasce o mais famoso escritor do gênero, José Camelo de Melo e seu romance do “Pavão Misterioso”.

Ainda,  os Caminhos de Padre Ibiapina, tentam resgatar os lugares em que o padre mestre passou durante suas peregrinações no nordeste entre 1856 e 1863. Todas as rotas partem do memorial Santuário Frei Damião até o Santuário de Padre Ibiapina, na cidade de Solânea/PB, local onde repousa os restos mortais do servo de Deus, Padre Ibiapina.

Podemos destacar que Guarabira vem sendo reconhecida nos últimos anos como a “cidade naïf“, tendo pintura de artistas em suas pontes, no portal de entrada da cidade e um museu dedicado ao estilo. Geralmente se realiza o “Festival Internacional de Arte Naïf” que apresenta obras dos artistas nacionais e internacionais.

Uma cidade com grandes e importantes empresas vem chamando atenção do interesse do turismo, com isso, registra-se que a cidade conta com  hotéis para que os turistas possam conhecer as belezas locais.

Assessoria

Avalie esta postagem
Continue lendo

Cidades

SEGURANÇA: Projeto garante sigilo de servidoras públicas estaduais sob alcance de medidas protetivas

Publicados

em

A deputada estadual Camila Toscano (PSDB) apresentou projeto de Lei 280/2019 na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), que garante o sigilo das informações de lotação das servidoras públicas que estiverem com medidas protetivas. O projeto prevê esses dados não fiquem disponíveis no Portal da Transparência do Governo do Estado. Segundo dados do Anuário da Segurança Pública, de 2009 a 2018 um total de 1.083 mulheres foram assassinadas na Paraíba.

“Esta propositura tem o intuito de disponibilizar às mulheres paraibanas mais um importante instrumento de proteção a sua integridade física e moral, pois a exposição das informações podem comprometer a segurança e a vida dessas servidoras públicas que estão sob o alcance de medidas protetivas”, destacou a deputada.

De acordo com Camila, fica previsto para a servidora a apresentação da certidão de concessão de medida protetiva, expedida pela autoridade competente, ao superior hierárquico do respectivo órgão vinculante para que sejam adotadas as providências.

Dados – Em janeiro, as 14 delegacias especializadas da mulher na Paraíba registraram, juntas, 403 inquéritos, 313 em fevereiro e 300 em março. Além disso, foram concedidas 385 medidas protetivas, uma diferença de 18 com relação ao número de inquéritos instaurados no mesmo mês. Em fevereiro, foram 337 medidas, nesse caso, 24 a mais em relação aos casos investigados. No mês de março, a Polícia Civil concedeu 411 medidas protetivas, mais de cem, além dos inquéritos instaurados.

O Anuário da Segurança Pública aponta que de 2009 a 2018, um total de 1.083 mulheres foram assassinadas na Paraíba. Em 2018, o número chegou a 84 mortes. Os dados oscilam bastante, mas a maior alta foi no ano de 2011, com 146 mulheres vítimas de crimes violentos e letais. Embora, segundo o Governo da Paraíba, tenha havido uma redução de 29% nos casos desde 2010, os números mostram que não há um controle dos casos. Além disso, o mês de janeiro de 2019 também foi marcado por vários casos de violência contra a mulher.

Assessoria

 

Avalie esta postagem
Continue lendo

Paraíba

Programa Centelha é lançado na Paraíba com investimento para ideias inovadoras

Publicados

em

Foto: Divulgação

Acontece na próxima quinta-feira (06), no auditório do Sebrae, em João Pessoa, o evento de lançamento do edital do Programa Centelha Paraíba, promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), operada pela Fundação CERTI e executada na Paraíba pela Secretaria de Estado da Educação, Ciência e Tecnologia (SEECT) e Fundação de Apoio à Pesquisa (Fapesq). Serão investidos na Paraíba recursos na ordem de aproximadamente R$ 1,7 milhões, sendo 570 mil de contrapartida do Estado.

O Programa Centelha visa estimular a criação de empreendimentos inovadores, a partir da geração de novas ideias, e disseminar a cultura do empreendedorismo inovador em todo território nacional, incentivando a mobilização e a articulação institucional dos atores nos ecossistemas locais, estaduais e regionais de inovação do país.

O lançamento do Centelha-PB acontecerá durante a solenidade de abertura do Fórum do Confap, pelo governador do Estado da Paraíba, João Azevedo Lins Filho, com as presenças do secretário de Estado da Educação, Ciência e Tecnologia, Aléssio Trindade; o secretário executivo de Ciência e Tecnologia da Paraíba, Claudio Furtado; o presidente da Fapesq, Roberto Germano Costa; e demais autoridades convidadas, entre elas representantes do MCTIC, CNPq, Capes, Finep, e instituições como Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Instituto Federal da Paraíba (IFPB), entre outras.

As inscrições do Programa Centelha no estado da Paraíba terão início em 17 de junho e vão até 17 de julho de 2019, no endereço eletrônico www.programacentelha.com.br, no qual é possível obter mais informações sobre o programa e seu edital detalhado.

Como funciona

Na primeira fase do Programa Centelha, os interessados deverão apresentar suas ideias de negócio e a equipe de trabalho. O objetivo é verificar se a ideia é inovadora e traz benefícios para a região e o seu potencial de mercado. Passam para a segunda fase até 200 propostas, e os selecionados devem, então, elaborar um projeto de empreendimento, detalhando o plano de negócio executivo com o objetivo de demonstrar as chances da ideia gerar um bom negócio.

A terceira fase – pela qual passam até 100 das propostas ainda em jogo – consiste no desenvolvimento de um projeto de fomento, com apresentação detalhada do orçamento e do planejamento de execução do projeto. Ao longo de todas as etapas são oferecidas capacitações para auxiliar o empreendedor a aprimorar sua ideia e desenvolver seu negócio.
Ao final, até 28 projetos serão contemplados, cada um com até R$ 60 mil em subvenção econômica, além de outros benefícios oferecidos por parceiros do programa. Ainda, durante seis meses, essas empresas passarão por um processo de pré-incubação com suporte e capacitação para transformar suas ideias em negócios de sucesso.

O Programa Centelha contribuirá para o estabelecimento da ponte entre academia e indústria na Paraíba, já que muitas das ideias vêm de pessoas ainda na universidade, tanto de cursos de graduação como de pós-graduação. Além disso, o Centelha abre espaço para participação de todos os cidadãos do estado, tanto para inscrever suas ideias como para interagir com os empreendedores e consolida uma forte rede de apoio ao empreendedorismo inovador.

Fonte: FapesqPB

Avalie esta postagem
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas