Conecte-se conosco

Cultura

Moleka 100 Vergonha vence concurso de Quadrilhas Juninas da Paraíba

(Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)

Publicados

em

Com enredo sobre a importância da voz popular para o desenvolvimento de uma sociedade​, a quadrilha somou 357,4 pontos.

A quadrilha junina Moleka 100 Vergonha, de Campina Grande, venceu o concurso Paraíba Junino 2019 de Quadrilhas Juninas, realizado em Santa Rita. Com enredo sobre a importância da voz popular para o desenvolvimento de uma sociedade, a quadrilha somou 357,4 pontos.

O resultado foi divulgado no último dia de apresentação, na noite desta quinta-feira (20).

Com o tema “A nossa voz”, os quadrilheiros montaram uma espécie de teatro para simular o julgamento da voz. Durante as apresentações surgiram indagações sobre o papel dela para a sociedade.

As juninas Jageiro Seco (354,60 pontos) ficou em segundo lugar e a Sanfona Branca ( 343,60 pontos) a terceira posição do concurso.

Ao todo, 28 quadrilhas juninas se inscreveram na disputa municipal, que acontece desde a quarta-feira (19), mas uma dela, a Brasil Caboclo, não compareceu.

(Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)

A ‘Moleka 100 Vergonha’ foi a ganhadora de quatro títulos no Festival das Estrelas Juninas, realizado no dia 10 de junho, na Pirâmide do Parque do Povo, durante o São João 2019. Agora a quadrilha vai se apresentar neste domingo (23), no concurso da Globo Nordeste, que acontece no Sesc Goiana, em Pernambuco.

O grupo também se classificou para o concurso nacional de quadrilhas juninas.

ClickPB

Apoio

Brasil

Centenário de Jackson do Pandeiro é tema de exposição no Congresso

Publicados

em

Exposição aberta ao público no Congresso Nacional apresenta José Gomes Filho, nordestino, negro, conhecido como Jackson do Pandeiro. Nascido em Alagoa Grande, na Paraíba, ele abriu os caminhos para expansão da música brasileira. A mostra Jackson é Pop comemora o centenário do artista. A exposição é um recorte do acervo da exposição do Museu de Arte Popular da Paraíba e ficará no Salão Negro do Congresso Nacional até o dia 3 de novembro.

Agência Senado

Continue lendo

Cultura

Carteira estudantil digital do MEC não garante meia-passagem na PB, diz Procon

Publicados

em

Segundo o Procon Estadual, carteira valerá para meia-entrada em eventos culturais. Para a meia-passagem em transportes, é preciso que o MEC seja credenciado pelo Governo do Estado.

A carteira estudantil digital gratuita, lançada pelo Governo Federal no dia 6 deste mês, não terá validade para garantir a meia-passagem em transportes dentro da Paraíba, segundo a Autarquia de Proteção e Defesa do Consumidor do Estado (Procon-PB). A medida provisória que criou o documento foi publicada no dia 9 deste mês, no Diário Oficial da União. A emissão deve começar em um prazo 90 dias, a partir da publicação.
De acordo com a superintendente do Procon-PB, Késsia Cavalcanti, como a medida altera a lei federal 12.933/2013, o documento digital emitido pelo Ministério da Educação (MEC) poderá ser utilizado para garantir a meia-entrada em espetáculos artístico-culturais e em eventos esportivos.

No entanto, ela explicou que a lei não estabelece diretrizes sobre a meia-passagem em transportes dentro das unidades da federação. Por isso, cabe a cada Estado e aos municípios legislar sobre essa questão.
Segundo a Superintendente, para que o documento possa ter validade no que se refere à meia-passagem, é preciso que o MEC seja credenciado junto ao Governo da Paraíba, por meio de um decreto do governador. Uma vez credenciado, as carteirinhas emitidas pelo Ministério também terão validade nessa questão.
Carteira estudantil digital

A carteirinha poderá ser baixada gratuitamente em um formato de aplicativo, nas lojas Google Play e Apple Store. Os dados serão usados na tela do celular, sem necessidade de impressão. Quando for necessário, um documento físico poderá será emitido em parceria com a Caixa Econômica Federal.

O documento valerá para alunos dos ensinos fundamental, médio e superior. Entretanto, conforme o secretário-executivo do MEC, Antônio Paulo Vogel, o prazo de 90 dias na MP para início da emissão conta apenas para o ensino superior. Nos outros casos, esse período pode ser de até seis meses, devido à demanda.

Apesar da medida, instituições como a União Nacional dos Estudantes (UNE), União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), diretórios centrais dos estudantes e a Associação Nacional de Pós-Graduandos poderão continuar emitindo documentos que terão a mesma validade.

Além disso, os estudantes que solicitarem a Carteira de Identificação Estudantil aceitarão que os dados cadastrais e pessoais sejam compartilhados com o MEC, para manutenção do Sistema Educacional Brasileiro e planejamento, execução e avaliação de políticas públicas.

A alteração na lei tem inicialmente uma validade de 120 dias, o estabelecido para uma MP. Para se tornar definitiva, porém, precisa ser aprovada no Congresso Nacional, que poderá propor mudanças. Depois disso, o texto retornará ao Poder Executivo para sanção presidencial.

G1 PB

 

Continue lendo

Cultura

Colégio da Luz abre inscrições para o Auto do Natal Luz 2019

Publicados

em

Foto: brejo.com

Estão abertas as inscrições para as oficinas teatrais do Auto do Natal Luz 2019, realizado pelo Colégio da Luz. Os interessados devem fazer a inscrição de 15 a 30 de setembro, na recepção da escola. As vagas são limitadas! Participe!

O Auto do Natal do CENSL é um dos maiores espetáculos natalinos da Paraíba, já incluído no calendário de eventos do Estado.

O Colégio da Luz fica localizado na Rua Doutor Sales, 166, Centro, Guarabira, PB. Site: www.colegiodaluz.com.br. Siga o Colégio da Luz nas redes sociais. Facebook.com/colegiodaluz e Instagram.com/colegiodaluz

Continue lendo

Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas