Conecte-se conosco

Policial

Página de ‘Procurados’ auxilia na localização de 53 criminosos na Paraíba

Publicados

em

Foto: Divulgação

A página dos Procurados da Paraíba (www.procurados.pb.gov.br) já ajudou na captura de 53 fugitivos da Justiça no estado. Atualmente, a ferramenta da Secretaria da Segurança e da Defesa Social (Sesds) conta com 69 fotos de pessoas condenadas por vários crimes e tem o papel de auxiliar as polícias no enfrentamento à violência. Por meio dela, qualquer cidadão tem acesso à imagem dos criminosos procurados e pode informar às forças de segurança a localização de acusados de homicídios e outros crimes, para que sejam presos e encaminhados à Justiça. O serviço ainda agiliza o trabalho da Polícia, pois proporciona o acesso aos mandados de prisão de qualquer lugar do Brasil.

O endereço virtual está no ar desde outubro de 2013. Na página, estão reunidas fotos e informações como nome, idade, filiação, apelido e características dos acusados. Também é possível encontrar cópias de mandados de prisão expedidos pela Justiça Estadual, que estão disponíveis para download. Dessa forma, não é necessária a realização de uma busca física em cartórios judiciais ou policiais a fim de obter um mandado judicial. O acesso ao sistema de acompanhamento de mandados de custódia pelos operadores da segurança pode ser feito de qualquer localidade, facilitando a interação entre policiais e, por consequência, a prisão dos procurados.

O endereço eletrônico ainda possibilita ao usuário pesquisas específicas por regiões nos quais os documentos são expedidos (entrâncias e comarcas) e por natureza dos crimes (homicídio, roubo, tráfico, extorsão mediante sequestro, formação de quadrilha, corrupção e estupro, entre outros). Também estão disponíveis contatos de superintendências, delegacias seccionais de Polícia Civil e batalhões de Polícia Militar da Paraíba. Para ajudar na localização dos fugitivos, o cidadão pode denunciar através dos telefones 197 (Disque Denúncia) da Sesds e 190 da Polícia Militar ou mandar um email para gintel.denuncia@ssp.pb.gov.br.

“É importante que o cidadão acesse a página de Procurados da Paraíba e ajude a polícia nesta busca dos fugitivos da Justiça. E participar deste processo é muito simples, se a pessoa sabe o paradeiro de algumas dessas pessoas é só informar ligando para o 197 ou 190. Não precisa dizer o nome nem de onde esta falando porque o sigilo da informação é garantido. Portanto para nós é fundamental esta parceria com a sociedade para que as forças de segurança investiguem e elucidem os casos entregando para a Justiça os responsáveis pelas praticas dos crimes”, disse o secretario da Segurança e da Defesa Social, Jean Nunes.

Quem são os procurados – A Portaria nº 209/2013 da Seds disciplinou os critérios para a escolha, inclusão e exclusão de criminosos procurados na página. Segundo o documento, são considerados mais procurados pela Polícia da Paraíba os autores de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) – homicídio ou qualquer outro crime doloso que resulte em morte – já consumados, que apresentam alto grau de periculosidade e não estão custodiados, tendo contra si mandado de prisão decretado pela Justiça; ou ainda autores de crimes hediondos, como estupro, por exemplo, e/ou apontados como autores de crimes em vários inquéritos policiais.

A seleção desses nomes é realizada pela Gerência de Inteligência da Seds (Gintel), com base nas informações enviadas por delegados gestores de cada uma das três Regiões Integradas de Segurança Pública (Reisp), com sedes em João Pessoa, Campina Grande e Patos, por meio das suas delegacias seccionais. As autoridades de polícia também são responsáveis por comunicar à Gintel o cumprimento ou revogação do mandado.

Da Secom Governo do Estado

Policial

Em Bayeux: Adolescente é apreendido com quase 200 embalagens de drogas

Publicados

em

Foto: Divulgação/PMPB

Um adolescente de 16 anos foi apreendido por suspeita de ter ligação direta com o tráfico de drogas, nessa quarta-feira (23), no bairro Alto da Vista, na cidade de Bayeux. Com ele, foram apreendidos 127 porções de crack e outras 27 de maconha. Os entorpecentes estavam prontos para a venda.

O jovem foi abordado pelos policiais da Força Tática da 4ª Companhia Independente da PM (4ª CIPM) na principal do bairro, a avenida Marechal Rondon. Parte da droga estava com ele, a outra parte escondida em um terreno e ainda houve apreensão na residência dele.

O caso foi levado para a 6ª Delegacia Distrital, em Santa Rita.

Fonte: pm.pb.gov.br

Continue lendo

Policial

Em Sertãozinho: Motorista atropela e ciclista morre

Publicados

em

Um acidente no final da tarde desta sexta-feira (25) deixou um ciclista morto numa rodovia, na saída de Duas Estradas para Sertãozinho, Agreste paraibano.

De acordo com as informações, um ciclista por nome de Carlos Campelo que é motorista da prefeitura de Sertãozinho, foi atingido por um carro conduzido por um jovem da cidade de Duas Estradas. Com o impacto da colisão, o ciclista teve ferimentos graves e foi socorrido por uma equipe do SAMU, mas não resistiu e foi a óbito.

O motorista teve ferimentos leves e também foi socorrido para o hospital. Um inquérito policial foi aberto pela Polícia Civil para investigar as causas do acidente que tirou a vida do cidadão, querido na cidade em que morava com sua família.

Nas redes sociais amigos lamentam o ocorrido:

Fonte: Blog do Felipe Silva via Portal 25 Horas

Continue lendo

Policial

CNJ aprova restrição para soltura de presos por covid-19

Publicados

em

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) aprovou hoje (22) a resolução que restringiu os casos em que presos podem ser soltos em função da covid-19. Na semana passada, o presidente do conselho, ministro Luiz Fux, assinou a recomendação, mas a norma ainda dependia de aprovação pelo plenário. A votação foi unânime.

De acordo com a Recomendação nº 78, pessoas acusadas de corrupção, lavagem de dinheiro, crimes hediondos e violência doméstica não poderão ser beneficiadas com a revisão da prisão provisória ou do regime de cumprimento de pena.

A decisão do ministro restringe a Recomendação nº 62, editada em março pelo ex-presidente Dias Toffoli. A norma anterior do CNJ abria a possibilidade de soltura a todos os presos.

Pelas duas resoluções do CNJ, juízes e tribunais devem reavaliar a necessidade das prisões efetuadas para evitar a propagação do novo coronavírus nas penitenciárias.

Devem ter prioridade os casos de gestantes, lactantes, mães ou pessoas responsáveis por criança de até 12 anos, idosos, indígenas, pessoas deficientes ou que se enquadrem no grupo de risco.

Na sessão desta tarde, o CNJ também aprovou uma resolução para estabelecer cotas raciais nas seleções de estagiários nos tribunais do país.

Fonte: Agência Brasil

Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas