Conecte-se conosco

Policial

Página de ‘Procurados’ auxilia na localização de 53 criminosos na Paraíba

Foto: Divulgação

Publicados

em

A página dos Procurados da Paraíba (www.procurados.pb.gov.br) já ajudou na captura de 53 fugitivos da Justiça no estado. Atualmente, a ferramenta da Secretaria da Segurança e da Defesa Social (Sesds) conta com 69 fotos de pessoas condenadas por vários crimes e tem o papel de auxiliar as polícias no enfrentamento à violência. Por meio dela, qualquer cidadão tem acesso à imagem dos criminosos procurados e pode informar às forças de segurança a localização de acusados de homicídios e outros crimes, para que sejam presos e encaminhados à Justiça. O serviço ainda agiliza o trabalho da Polícia, pois proporciona o acesso aos mandados de prisão de qualquer lugar do Brasil.

O endereço virtual está no ar desde outubro de 2013. Na página, estão reunidas fotos e informações como nome, idade, filiação, apelido e características dos acusados. Também é possível encontrar cópias de mandados de prisão expedidos pela Justiça Estadual, que estão disponíveis para download. Dessa forma, não é necessária a realização de uma busca física em cartórios judiciais ou policiais a fim de obter um mandado judicial. O acesso ao sistema de acompanhamento de mandados de custódia pelos operadores da segurança pode ser feito de qualquer localidade, facilitando a interação entre policiais e, por consequência, a prisão dos procurados.

O endereço eletrônico ainda possibilita ao usuário pesquisas específicas por regiões nos quais os documentos são expedidos (entrâncias e comarcas) e por natureza dos crimes (homicídio, roubo, tráfico, extorsão mediante sequestro, formação de quadrilha, corrupção e estupro, entre outros). Também estão disponíveis contatos de superintendências, delegacias seccionais de Polícia Civil e batalhões de Polícia Militar da Paraíba. Para ajudar na localização dos fugitivos, o cidadão pode denunciar através dos telefones 197 (Disque Denúncia) da Sesds e 190 da Polícia Militar ou mandar um email para gintel.denuncia@ssp.pb.gov.br.

“É importante que o cidadão acesse a página de Procurados da Paraíba e ajude a polícia nesta busca dos fugitivos da Justiça. E participar deste processo é muito simples, se a pessoa sabe o paradeiro de algumas dessas pessoas é só informar ligando para o 197 ou 190. Não precisa dizer o nome nem de onde esta falando porque o sigilo da informação é garantido. Portanto para nós é fundamental esta parceria com a sociedade para que as forças de segurança investiguem e elucidem os casos entregando para a Justiça os responsáveis pelas praticas dos crimes”, disse o secretario da Segurança e da Defesa Social, Jean Nunes.

Quem são os procurados – A Portaria nº 209/2013 da Seds disciplinou os critérios para a escolha, inclusão e exclusão de criminosos procurados na página. Segundo o documento, são considerados mais procurados pela Polícia da Paraíba os autores de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) – homicídio ou qualquer outro crime doloso que resulte em morte – já consumados, que apresentam alto grau de periculosidade e não estão custodiados, tendo contra si mandado de prisão decretado pela Justiça; ou ainda autores de crimes hediondos, como estupro, por exemplo, e/ou apontados como autores de crimes em vários inquéritos policiais.

A seleção desses nomes é realizada pela Gerência de Inteligência da Seds (Gintel), com base nas informações enviadas por delegados gestores de cada uma das três Regiões Integradas de Segurança Pública (Reisp), com sedes em João Pessoa, Campina Grande e Patos, por meio das suas delegacias seccionais. As autoridades de polícia também são responsáveis por comunicar à Gintel o cumprimento ou revogação do mandado.

Da Secom Governo do Estado

Brejo/Agreste

Policiais e profissionais de saúde realizam barreiras sanitárias em Alagoa Grande e Alagoinha

Publicados

em

Policiais da 2ª Companhia do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar), sob o comando do capitão Jones, e profissionais de saúde realizaram, nesta quarta-feira (27), barreiras sanitárias em Alagoinha e Alagoa Grande, cidade-sede da Companhia.

As ações realizadas durante as barreiras sanitárias incluem a desinfecção de veículos automotores, incluindo ônibus, caminhões, vans e carros de passeio, além da verificação da temperatura corporal de condutores e passageiros, que pode indicar a suspeita de infecção pela Covid-19.

Em todas as barreiras também são prestados esclarecimentos sobre o que é a Covid-19, cuidados de isolamento social e higiene que devem ser tomados para evitá-la e sobre os procedimentos que devem ser observados e seguidos nos casos de suspeita ou confirmação da infecção pelo Novo Coronavírus.

Assessoria

Continue lendo

Policial

Policiais cumprem mandado de busca de criança vítima de maus-tratos em Guarabira

Publicados

em

Nesta terça-feira (26), na cidade de Guarabira, policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar), em apoio a um oficial de Justiça que acionou o Copom, cumpriram um mandado de busca e apreensão de uma criança que estaria sofrendo maus-tratos praticados pela mãe, que apresentava problemas mentais.

A guarnição comandada pelo cabo Gutemberg esteve no local, juntamente com o oficial de Justiça, uma guarnição do Corpo de Bombeiros, um representante do Conselho Tutelar e uma equipe de profissionais do Caps, que também deram apoio à ocorrência para que ela acontecesse da forma menos traumática possível para a criança e para a mãe.

Depois de cumprido o mandado, a criança foi levada até a residência da tia que, por determinação judicial, tornou-se a guardiã legítima da menor.

Assessoria 4º BPM

Continue lendo

Policial

Militares do 4º BPM realizam operações policiais e apreendem droga e munição

As operações foram realizadas nas cidades de Guarabira, Pirpirituba, Belém, Caiçara e Logradouro

Publicados

em

Durante a realização das Operações Cidade Segura e Previna-se na noite dessa sexta-feira (22) e madrugada deste sábado (23), policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar), sob o comando do tenente-coronel Gilberto, efetuaram duas prisões e apreenderam uma quantidade de substância semelhante à maconha e munições calibre 38. As operações foram realizadas nas cidades de Guarabira, Pirpirituba, Belém, Caiçara e Logradouro e a primeira prisão, por porte de entorpecente, aconteceu no centro de Guarabira, quando a guarnição do comandante do 4º BPM abordou o suspeito e constatou que ele estava de posse de uma quantidade de substância semelhante à maconha. Ele foi conduzido à delegacia pela guarnição de Rádio Patrulha comandada pelo sargento Aldemir.

Ainda em Guarabira, no Conjunto Areia Branca, a guarnição do CPU (Coordenador de Policiamento da Unidade), aspirante Marllyson, se deparou com dois homens em atitudes suspeitas, que trafegavam em uma moto. Ao abordá-los, os policiais encontraram com eles três facas e uma cartela contendo dez munições calibre 38. Como o condutor não possuía CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e a moto estava com o licenciamento atrasado, o veículo foi removido para o pátio da CPTran e os dois homens foram conduzidos à delegacia.

MANDADO DE PRISÃO – No Bairro Novo, também em Guarabira, no início da noite, o Copom foi informado de que um homem estaria ameaçando uma mulher. De imediato, a guarnição comandada pelo cabo Jean foi ao local e manteve contato com a suposta vítima, uma adolescente de 16 anos de idade, que informou onde ele poderia estar. A guarnição, com o apoio de outras viaturas, saiu em diligências e encontrou o suspeito. Ao verificarem o nome dele no Infoseg, os policiais constataram que havia contra ele um mandado de prisão em aberto, expedido pela Comarca de Nísia Floresta, no Rio Grande do Norte. O homem foi preso e conduzido à delegacia e a adolescente, que negou ter sido ameaçada, ficou aos cuidados do Conselho Tutelar.

Assessoria/4ºBPM

Continue lendo
Apoio

Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas