Conecte-se conosco

Política

VIOLÊNCIA: Camila lamenta mais um caso de feminicídio na Paraíba

Publicados

em

Crime poderia ser evitado se delegacia estivesse aberta, afirma.

A deputada estadual e presidente da Comissão dos Direitos da Mulher na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Camila Toscano (PSDB), lamentou mais um caso de feminicídio ocorrido no Estado. Desta vez, o crime aconteceu na cidade de Juazeirinho, Cariri paraibano, na última segunda-feira. A cabeleireira Rosinete Martins da Silva, de 44 anos, foi assassinada pelo ex-companheiro José Gomes da Silva que depois se matou. Ela ainda tentou denunciar, mas a delegacia estava fechada. O plantão da Polícia Civil na região estava funcionando na cidade de Esperança, cerca de 100 km de Juazeirinho.

“Infelizmente perdemos mais uma mulher na Paraíba, vítima de feminicídio. E o que mais me incomoda é o fato de que esse crime poderia ser evitado se a delegacia estivesse aberta. Os serviços prestados na segurança pública são essenciais, assim como a saúde e, por isso, não podem se dar ao luxo de fechar nos feriados. É dever do Estado garantir a vida e esse direito não foi dado a Rosinete Martins. Temos que mudar essa realidade na Paraíba”, destacou Camila.

Apenas no primeiro semestre deste ano, 32 mulheres foram mortas por crimes letais intencionais, em toda Paraíba, segundo dados da Secretaria de Segurança e Defesa Social (Seds). Desse total, 17 casos são investigados como feminicídio (quando a mulher é morta por ser mulher), o que representa 53% dos assassinatos de mulheres, tornando a proporção maior do que o mesmo período do ano passado, quando chegamos a 44%.

Camila Toscano voltou a cobrar do Governo do Estado a utilização do Ônibus Lilás que desde 2013 não atende mulheres na Paraíba. “É preciso colocar esse projeto nas ruas de todo o Estado. Não podemos nos dar ao luxo de termos um Ônibus Lilás e deixá-lo guardado. Os serviços podem ajudar mulheres de toda a Paraíba a não ter o mesmo fim de Rosinete ou de tantas outras vítimas de feminicídio.

A deputada também voltou a defender a adoção do uso de tornozeleiras eletrônicas por agressores. Ela destacou que essa medida já é utilizada em Pernambuco e tem garantido a integridade física e a vida de milhares de mulheres. Camila explicou que a tornozeleira é como a que é usada pelo sistema penitenciário em todo o País. A diferença no monitoramento eletrônico dos agressores de mulheres é que ela é conectada ao rastreador. Quando o agressor invade a área estabelecida pela Justiça, que são de dois quilômetros de distância da mulher, os dois aparelhos começam a vibrar e as luzes mudam de cor.

“Nesse caso vamos precisar da ajuda da Justiça para que possamos implantar essa experiência aqui. Todos os dias temos conhecimento de mulheres vítimas de violência doméstica familiar que estão correndo risco de morte. Precisamos fazer algo para mudar essa realidade”, afirmou Camila Toscano.

Registro – Dados da Secretaria de Estado da Segurança mostra que o mês de abril foi o mais violento para as mulheres paraibanas. Das nove mortes de mulheres no mês, seis começaram a ser investigadas como feminicídio. O número é maior do que o que foi registrado nos três primeiros meses do ano somados (um total de quatro feminicídios).

Assessoria

Cidades

No Brejo: João Azevêdo autoriza obras, entrega abastecimento d’água e escola

Publicados

em

O governador João Azevêdo visitou, nesta sexta-feira (13), os municípios de Araçagi, Guarabira e Pilões, no Brejo paraibano, onde entrega sistema de abastecimento d’água, reforma e ampliação de escola e assina ordem de serviço autorizado a pavimentação da rodovia PB-087, que interliga Pilões e Serraria, além da ordem de licitação para pavimentação do acesso a Cachoeira dos Guedes.

Às 9h, o governador João Azevêdo entregou o sistema de abastecimento d’água da Agrovila Tainha, no município de Araçagi; em seguida, às 10h, entregou as obras de reforma e ampliação da Escola Estadual de Ensino Fundamental Antenor Navarro, no município de Guarabira, onde também assinou ordem de licitação para pavimentação do acesso a Cachoeira dos Guedes, com 2,1 km, beneficiando 55.340 mil habitantes.

Confira abaixo as fotos da inauguração das novas instalações do da Escola Estadual de Ensino Fundamental Antenor Navarro em Guarabira:

Rodovia Pilões-Serraria – Às 11h30, em Pilões, o chefe do Executivo estadual foi autorizar a pavimentação da rodovia PB-087, trecho entre Pilões e Serraria, com uma extensão de 8 km. A obra beneficiará diretamente quase 19 mil habitantes dos municípios de Pilões e Borborema, localizados na região do Brejo.

Com recursos próprios, o Governo estadual vai investir mais de R$ 7 milhões nas obras, que serão iniciadas ainda neste mês de dezembro. Além de modernizar e ampliar a infraestrutura rodoviária estadual, a pavimentação da rodovia vai contribuir para promover o desenvolvimento socioeconômico do Brejo, integrar as sedes dos municípios da região e facilitar o escoamento da produção econômica regional, proporcionando uma melhor qualidade de vida da população atendida.

Serão realizados serviços de terraplenagem em cortes e aterros, pavimentação asfáltica em Tratamento Superficial Duplo – TSD, bueiros, drenagem profunda e superficial, cercas delimitadoras, gramagem de taludes e sinalização horizontal e vertical.

Serviço:

Data: 13.12.19 – Sexta-feira

– Entrega do sistema de abastecimento d’água da Agrovila Tainha
Hora: 9h
Local: Agrovila Tainha – PB 057 – Araçagi (saída deAraçagi, do lado direito no sentido da cidade de Itapororoca)

– Entrega da reforma e ampliação da Escola Estadual de Ensino Fundamental Antenor Navarro
– Assinatura da ordem de licitação para pavimentação do acesso a Cachoeira dos Guedes
Hora: 10h
Local: rua Prefeito Manoel Lordão, 161 – Centro – Guarabira

– Assinatura da Ordem de Serviço para pavimentação da rodovia PB-087 (Pilões-Serraria)
Hora: 11h30
Local: Praça João Pessoa – Centro – Pilões (em frente à Igreja Matriz)

Do Paraiba.pb.gov

Continue lendo

Guarabira

João vai inaugurar escola e assinar ordem de licitação de obra de acesso à Cachoeira; Marcelo Bandeira comemora

Publicados

em

Na tarde desta segunda-feira (9), por ocasião do programa semanal de rádio Fala Governador, o governador João Azevêdo anunciou que cumprirá agenda administrativa na região de Guarabira na próxima sexta-feira (13).
João vai entregar obras de sua gestão, assinar ordem de licitação para asfaltamento da tão sonhada estrada de Cachoeira dos Guedes e tornará realidade sonha da ligação asfáltica entre as cidades de Pilões e Borborema.

“Estaremos no Brejo na próxima sexta-feira entregando o abastecimento de água na comunidade de Santa Lúcia, na zona rural de Araçagi, a entrega da reforma da Escola Estadual Antenor Navarro, a ordem de licitação para a construção da estrada de acesso ao distrito de Cachoeira dos Guedes, em Guarabira, e assinatura de ordem de serviço para construção da rodovia PB-87, ligando Pilões a Borborema”, destacou o gestor.

Presidente da Câmara de Guarabira, o vereador Marcelo Bandeira disse que a vinda do governador à Guarabira para entregar a reforma do colégio Antenor Navarro e assinar a ordem de licitação para a estrada de Cachoeira dos Guedes será uma data histórica, visto se trata de obras há muitos anos reivindicadas pela população.

“Desde que assumi na condição de vereador, ainda no meu primeiro mandato, tenho feito gestões no sentido de se materializar essas duas importantes obras. O Antenor Navarro desde muito tempo precisava de uma reforma geral, a obra ficou excelente, à altura do que a cidade merece, e a estrada de Cachoeira dos Guedes, que outros governos fizeram apenas paliativos, agora, finalmente será asfaltada e resolverá em definitivo aquele problema de acesso à Cachoeira”, disse Bandeira.

Assessoria

Continue lendo

Cidades

Raniery Paulino quer informações dos maiores devedores da CAGEPA

Publicados

em

Em sessão especial, na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), que debateu o Projeto de Lei nº 3261/2019, que atualiza o marco legal do saneamento básico e altera a Lei nº 9.984, de 17 de julho de 2000, para atribuir à Agência Nacional de Águas competência para editar normas de referência sobre o serviço de saneamento, com a possibilidade de extinção do subsídio cruzado, e a PEC 188/2019, que estabelece a fusão de municípios, que não comprovem sustentabilidade financeiro, o deputado estadual Raniery Paulino solicitou ao presidente da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), Marcus Vinícius Fernandes Neves,  o pedido de informações sobre quais os 100 (cem) maiores devedores da CAGEPA e Qual a atual situação financeira da CAGEPA, se ele é uma Companhia superavitária ou deficitária?

” Desde o ano de 2012 trabalhamos no sentido de fortalecer as ações da CAGEPA, notadamente quanto aos vestígios de privatização por vezes tracejados pelo Governo da Paraíba. Por conseguinte, estamos solicitando desde de 2012 as informações dos  devedores e credores da Companhia, a fim de que fosse verificado o tamanho do problema e as possíveis soluções a serem encaminhadas.” frisou Raniery.

Paulino ainda comentou, o Governo do Paraíba anuncia que a Cagepa é superavitária, mas que ainda existe um forte grau usuários  que não tem meios para pagar o que deve. ” Agora, o Governo da Paraíba anuncia que a Companhia é superavitária, mas que ainda existe um forte grau de insolvência; Assim, apresentamos este pedido para que se tenha a correta informação da atual situação da CAGEPA.” solicitou.

 

FUSÃO DE MUNÍCIPIOS 

Dos mais de 5.500 municípios brasileiros, apenas cerca de 500 apresentam condições de superávit nas operações de saneamento. “A pergunta que se faz é a seguinte: como ficarão os cinco mil municípios que dependem dos subsídios cruzados?”, disse o deputado Raniery Paulino. Segundo ele, existe uma preocupação muito grande com a desinteriorização dos serviços públicos, não só no Brasil, mas de forma mais acentuada na Paraíba. Raniery lembra o fechamento de comarcas, por parte do Tribunal de Justiça, escolas, agência bancárias e dos correios no estado. “Agora vem essa intenção do Governo Federal de fundir municípios, medida que pode atingir cerca de 70 municípios na Paraíba”, lamentou.

Assessoria

Continue lendo

Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas