Conecte-se conosco

Cidadania

Chá da tarde e Baile anos 60 celebram Dia Internacional do Idoso, na LBV

Fotos: Idosos da LBV em Baile Charme em 2018/LBV

Publicados

em

Na última sexta-feira, 4 de outubro, às 14h, na Sede da LBV no Jaguaribe, cerca de setenta idosas, que integram o serviço de convivência Vida Plena da Instituição, tiveram uma tarde toda especial, foi a celebração do Dia Internacional da Pessoa Idosa, com um delicioso chá e baile anos 60.

Em João Pessoa, o grupo da LBV, tem uma característica é formado 100% por mulheres idosas, oriundas de comunidades em vulnerabilidade social e de situação de pobreza. Elas buscam no grupo um espaço para desenvolver atividades que fortalecem a cidadania, como também, esportivas, musicais e artesanais, que contribuem para uma melhor qualidade de vida.

O evento, todo programado pela Equipe Técnica da LBV, foi organizado com um acolhimento ao som de músicas dos anos 60, as idosas foram a caráter da época, vídeo com os melhores momentos das atividades ocorridas ao longo de 2019, e cada, idosa homenagearam umas às outras pelo seu dia. Ao final, foi realizado um baile dos anos 60 e um delicioso chá da tarde.

A psicóloga da LBV, Luciane Borges, ressalta a importância do grupo Vida Plena para os idosos. “Valorizamos as vivências individuais e fortalecemos os vínculos familiares e comunitários, dos quais estão inseridas. Elas se deparam um novo olhar de pensar e agir em prol de um estilo de vida mais saudável. Com todas essas ações nos mostra o quão é possível envelhecer com qualidade”, declara.

 

A LBV entende que participar de momentos de lazer e ludicidade, em um espaço agradável com troca de experiências, é fundamental para um envelhecimento saudável. Já que envelhecer é um processo natural da vida, nada melhor que viver esse momento ativamente.

O evento aconteceu na Sede da LBV, localizada à Rua das Trincheiras, 703 – Bairro de Jaguaribe.

Visite, colabore e se apaixone pelo trabalho empreendido pela LBV em João Pessoa. As doações para manter todo esse trabalho podem ser feitas no site www.lbv.org/digasim, pelo 0800 055 50 99.

Assessoria/LBV

Apoio







Cidadania

‘Costurando Sonhos’: reeducandas produzem mais de 15 mil máscaras

As máscaras estão sendo produzidas nas unidades femininas de Cajazeiras, Campina Grande, João Pessoa e Patos.

Publicados

em

Em menos de três meses, 12 reeducandas da Cadeia Pública Feminina da Comarca de Cajazeiras, Município localizado no Alto Sertão e distante 468 Km de João Pessoa, já produziram mais de 15 mil máscaras de projeção individual. Elas fazem parte do Projeto “Costurando Sonhos”, desenvolvido pela Diretoria da Cadeia, com o apoio da Gerência de Ressocialização e da Administração Penitenciária e do Poder Judiciário estadual, por meio da Vara de Execução Penal (VEP) e da 2ª Vara de Cajazeiras.

As máscaras também estão sendo produzidas nas unidades femininas de João Pessoa, Campina Grande e Patos. De acordo com a policial penal e diretora da Unidade de Cajazeiras, Paloma Correia Lima, a produção das máscaras teve início em março e a meta de 15 mil unidades já foi batida. “Isso significa uma fabricação diária de 600 unidades, distribuídas para os policiais penais do Estado, como para as áreas de Saúde, Segurança Pública, polícias Civil e Militar e Corpo de Bombeiros”, informou.

Segundo o juiz da Vara de Execução Penal (VEP) e do Juizado Especial Misto da Comarca, Ricardo Henriques Pereira Amorim, logo que a Direção da Cadeia Pública Feminina deu início ao Projeto, a sociedade apoiou, como a exemplo de empresários locais e servidores públicos. “Essas mulheres manifestam cidadania e comprometimento com o bem estar social, dando um passo no abandono da superação do próprio passado. Ao mesmo tempo, deixam de lado a ociosidade do cárcere para se dedicarem à produção de bens de grande relevância, nesse momento de crise, dignificando-se por meio do trabalho”, comentou o magistrado.

O juiz afirmou que é assim que a Execução Penal pretende cumprir suas finalidades, com reparação social do dano, advindo do crime, e a ressocialização das apenadas. “Parabenizo, com gratidão, a administração da Cadeia Pública Feminina de Cajazeiras e todos que apoiaram o Projeto, especialmente as mulheres, que estão se dedicando, todos os dias, à produção das máscaras”, destacou Ricardo Henriques.

A linha de produção do Projeto Costurando Sonhos funciona em uma cela destinada ao albergue, na parte externa da Cadeia e quem coordena a pequena fábrica é Aline de Moura Soares. Nascida em São Paulo, ela tem 25 anos e cumpre pena na Cadeia Pública de Cajazeiras desde janeiro deste ano. “Me sinto bem e útil trabalhando, pois sei que estou ajudando o próximo e a mim mesma. Considero um Projeto especial, por contribuir, através da produção de máscaras, para a proteção das pessoas, nesse momento tão difícil”, comentou.

Por Fernando Patriota/Gecom-TJPB

Continue lendo

Cidadania

Ação emergencial da LBV entrega mais de 160 toneladas de doações a famílias afetadas pela pandemia da Covid-19

Publicados

em

Por meio de sua campanha LBV — SOS Calamidades, a Legião da Boa Vontade continua socorrendo às populações mais vulneráveis afetadas pela pandemia do novo coronavírus na Paraíba e no Brasil. Além de amparar as famílias em vulnerabilidade social atendidas em seus serviços e programas socioeducacionais, a LBV também está auxiliando famílias em risco alimentar amparadas por organizações parceiras, oferecendo a elas cestas de alimentos e kits de material de limpeza e de higiene, além de outros itens essenciais à sobrevivência para que não passem fome e se previnam da Covid-19.

Você ajuda, a LBV faz!
A ação emergencial da LBV já entregou mais de 160 toneladas de doações beneficiando milhares de famílias em 69 cidades nas cinco regiões do país. Solidariedade e compaixão são fundamentais para ajudar as populações mais vulneráveis a enfrentar esse momento desafiador.

Priscilla Brito, assistida pela LBV

Sem poder trabalhar como diarista, receber o amparo da Entidade com cestas verde e de alimentos, tem sido a garantia da segurança alimentar da família de Priscilla Brito, mãe assistida pela LBV em João Pessoa/PB. “Não posso fazer minhas faxinas, e com isso, tudo está difícil. Se não fosse a LBV para estar nos ajudando, não sei o que seria de mim e minha filha de 9 anos, só tenho que agradecer a todos que ajudam a LBV. Gratidão é a minha palavra”, declara.

No Estado da Paraíba, nos dias 28 e 30 de maio, a LBV chega às comunidades rurais dos municípios de Alagoa Grande e Dona Inês, assistindo mais de 500 famílias dessas localidades com a iniciativa solidária no enfrentamento ao novo coronavírus.

Para contribuir, basta acessar o site www.lbv.org e doe quantas cestas e quantos kits você puder. A doação é simples, rápida e segura. Caso prefira, faça uma doação em nome da Legião da Boa Vontade (CNPJ 33.915.604/0001-17), via conta bancária: Bradesco (Agência: 0292-5 — C/C: 92830-5); Itaú (Agência: 0237 — C/C: 73700-2); Banco do Brasil (Agência: 3344-8 — C/C: 205010-2); Caixa Econômica Federal (Agência: 1231 — operação: 003 — C/C: 100-0); ou Santander (Agência: 0239 — C/C: 13.002754-6).

Acompanhe o vídeo LBV é Ação!: https://www.youtube.com/watch?v=Zv5IrKtKLRQ
Saiba mais sobre a LBV: https://www.lbv.org
YouTube: https://www.youtube.com/lbvbrasil
Facebook: https://pt-br.facebook.com/LBVBrasil/
Instagram: https://www.instagram.com/lbvbrasil/?hl=pt-br

A LBV agradece a todos que estão colaborando!

Assessoria/LBV

Continue lendo

Cidadania

Famílias afetadas pelos impactos da pandemia recebem cestas arrecadadas por ONG

A ação contou com a solidariedade de mais de 110 doadores que participaram ativamente e beneficiaram mais de 220 pessoas

Publicados

em

Alimentos foram entregues no último sábado (2), no assentamento Luta por Moradia, no bairro Muçumagro, em João Pessoa; campanha continua no site do Projeto.

Com todo o esforço, empenho e amor do time de voluntários, a ONG Milagre Sertão realizou a entrega de 83 cestas básicas arrecadadas na campanha online no site do projeto. Com a solidariedade de mais de 110 doadores que participaram ativamente da ação, mais de 220 pessoas do assentamento Luta por Moradia, no bairro Muçumagro, em João Pessoa foram beneficiadas com alimentos. “Estamos muito felizes e realizados por conseguir reduzir os impactos da pandemia na comunidade. Somos imensamente gratos a todos que doaram e abraçaram a nossa causa de alguma forma”, agradece Antônio Campos, voluntário da ONG.

Para conseguir atingir o maior número de famílias, a campanha online continua no site do projeto para quem puder fazer a doação. “A solidariedade se pratica todo dia, por isso, a nossa campanha continua aberta para que juntos possamos enfrentar esse momento da melhor forma possível”, declara o voluntário.

Como participar – Os interessados podem acessar o site http://lojinhadomilagre.iluria.com/doacao-ct-24d46c e escolher a sua doação – meia cesta (R$30) ou cesta básica completa (R$60). O pagamento é realizado via Pagseguro.  

A ONG Milagre Sertão fica na Rua Antônio Rabelo Júnior, nº 81 Sala 01 e 02 – Miramar. Outras informações, no site milagresertao.org/, no (83) 3021-9891 e no insta @milagresertao.

Assessoria

Continue lendo
Apoio

Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas