Conecte-se conosco

Policial

Policiais prendem em Guarabira jovem de 18 anos suspeito de roubos

Publicados

em

Um jovem de 18 anos de idade foi preso por policiais militares e civis na tarde desta segunda-feira (7), suspeito de praticar uma série de roubos, nos dias 3, 4 e 5 deste mês, na zona rural de Araçagi. Na residência dele, localizada no Sítio Lagoa da Serra, em Guarabira, foram encontrados uma espingarda calibre 28, uma pistola de pressão, uma máscara, um par de luvas e duas jaquetas camufladas, que inclusive teriam sido descritas pelas vítimas como sendo as vestimentas usadas durante os roubos.

Os crimes teriam sido praticados com as participações de três adolescentes, um de 14 e dois de 17 anos, que foram apreendidos e, depois de serem ouvidos na delegacia e confessarem as participações, foram liberados. Um outro maior de idade, que seria o autor intelectual, não foi localizado, mas já foi identificado pelos policiais.

A ação que resultou na prisão e no material apreendido foi realizada de forma integrada entre policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) e do GTE (Grupo Tático Especial) da 8ª Delegacia Seccional de Polícia Civil

MANDADO DE PRISÃO – Policiais da Rotam realizavam diligências de rotina pelo Bairro das Nações, em Guarabira, quando visualizaram um homem em atitude suspeita e, após a abordagem, constataram que havia um mandado de prisão expedido contra ele. De imediato, a guarnição solicitou apoio para a condução do acusado para a delegacia.

Assessoria/4º BPM

Rate this post
Apoio

Policial

Polícia Civil de Guarabira prende acusado de estuprar criança de dez anos

Publicados

em

Foto: ilustração/Pixabay

A Polícia Civil de Guarabira, cumpriu um mandado de prisão preventiva em desfavor a um homem de 30 anos, acusado do crime de estupro de vulnerável. A prisão ocorreu nesta sexta-feira, as 18h, num restaurante na orla de Manaíra, em João Pessoa, local em que o investigado trabalhava como garçom.

O crime de estupro ocorreu na cidade de Sertãozinho, no mês de março de 2022, figurando como vítima uma menor de dez anos de idade. De acordo com o Delegado Wagner Dorta, que comandou a operação, o estuprador após manter relações sexuais com a criança, deu-lhe um celular de presente, tentando comprar o seu silêncio.

A mãe da vítima desconfiou e descobriu o crime, e comunicou imediatamente ao Conselho Tutelar, que encaminhou o caso à Delegacia. O investigado estuprou duas vezes a vítima.

O preso foi encaminhado ao presídio do Róger.

Portal Mídia

Rate this post
Continue lendo

Policial

Falso Personal Trainer é preso enquanto dava aulas particulares

Publicados

em

Foto: Reprodução

Um homem, de 34 anos, foi preso nesta sexta-feira (20), dando aulas particulares como Personal Trainer em um condomínio localizado em Cabedelo. A prisão ocorreu após o Conselho Regional de Educação Física da Paraíba (CREF10/PB) receber denúncia anônima e flagrado o suspeito atuando ilegalmente como profissional da área. 

Segundo a equipe de fiscalização, no momento da abordagem, o falso profissional estava atendendo alunos em um condomínio no bairro de Intermares.  

O delegado Gustavo Carletto, da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio, participava da ação e deu voz de prisão em flagrante ao acusado, que foi conduzido à delegacia. O acusado deve responder pelo exercício ilegal da profissão e por falsificação de documento.

“Pelo que apuramos, o homem é do estado de Alagoas e estava atuando na Paraíba há algum tempo. Já estávamos monitorando as atividades dele e, nesta sexta-feira, conseguimos lograr êxito na ação, junto com a Polícia”, declarou o presidente do CREF10, Paulo Ferreira.

“É importante ressaltar que buscamos sempre valorizar a profissão e não admitimos qualquer atitude de pessoas que querem desqualificar a nossa classe”, complementou.  

O Conselho de Educação Física disponibiliza alguns canais de comunicação para denúncias sobre o exercício ilegal da profissão. As denúncias podem ser feitas pelo site www.cref10.org.br ou pelo Telefone: 83 98832-0237 (WhatsApp).

ClickPb

Rate this post
Continue lendo

Policial

PC apreende fuzil e prende investigados pelo roubo ao Banco do Brasil em CG

.

Publicados

em

A Polícia Civil da Paraíba prendeu nesta terça-feira, 17 de maio, quatro pessoas investigadas pelo roubo a uma agência do Banco do Brasil em Campina Grande, crime cometido no dia 11 deste mês. As prisões foram realizadas pela Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DRACO) e o Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil. 

Um dos presos era alvo da Força Tarefa do Sistema Único de Segurança Pública que investiga o crime organizado no Rio Grande do Norte. Contra ele, havia três mandados de prisão expedidos pela justiça, que foram cumpridos nesta operação policial.

Três membros da organização criminosa foram presos em uma casa de luxo na praia de Fagundes, no município de Lucena. O quarto investigado foi capturado no bairro de Valentina, em João Pessoa. Com ele, os policiais apreenderam um fuzil calibre 556, uma pistola .40 e várias munições.

“Ele comandava a criminalidade na favela Mãe Luiza, em Natal/RN, a mando de uma facção criminosa daquele estado. Ele era o alvo da Força Tarefa, devido a sua influência no meio criminoso”, disse o delegado Diego Beltrão, da DRACO.

O grupo era investigado desde o roubo ao Banco do Brasil, nas proximidades do Parque da Criança. Em menos de uma semana, a Polícia Civil reuniu informações e indícios sobre a autoria do crime, conseguindo os mandados judiciais para a deflagração da operação policial de hoje.

As prisões já foram informadas à justiça. As armas e munições serão periciadas e encaminhadas ao Poder Judiciário.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas