Conecte-se conosco

Policial

Policiais do 4º BPM realizam três prisões e apreendem armas de fogo

Publicados

em

Ao mesmo tempo em que realizam as ações nas cidades que promovem os festejos carnavalescos, os militares do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) estão realizando o policiamento ordinário e, somente entre a noite dessa segunda (24) e a madrugada desta terça-feira (25), efetuaram três prisões e apreenderam duas armas de fogo. Uma delas foi apreendida no Sítio Pirpiri, em Guarabira, pela guarnição comandada pelo Major Silva Ferreira, que foi informada que no local havia um homem encapuzado e realizando disparos de arma de fogo em via pública. Ao chegarem, os policiais foram recebidos a tiros, mas como o suspeito não teve tempo de recarregar a arma, uma espingarda calibre 20, fugiu adentrando em um matagal. Ele ainda foi perseguido, mas não foi encontrado, porém, abandonou a arma, que foi apreendida pelos militares.

A outra arma foi apreendida no Sítio Lagoa de Serra, zona rural do município de Alagoa Grande, quando a guarnição de Rádio Patrulha comandada pela tenente Ana, se deslocava para o Distrito de Canafístula e avistou o suspeito às margens da PB 079,próximo ao Sítio Lagoa de Serra. Quando os policiais realizaram a abordagem, encontraram com ele a espingarda do tipo soca-soca com espoletas, pólvora e chumbinho, além de uma faca peixeira.

OUTRAS PRISÕES – No Bairro do Cruzeiro, em Cuitegi, a guarnição comandada pelo cabo Leandro foi informada que em um bar alguns homens estariam em vias de fato. Os policiais se dirigiram até o local, porém, a discussão já havia terminado. Mas, através de pessoas que estavam no local, os envolvidos foram identificados e a vítima informou que três indivíduos jogarampedras nele após o termino do evento. Como ele foi tomar satisfações, um deles o derrubou e desferiu socos e pontapés.

Em Guarabira, o Copom acionou a guarnição de Rádio Patrulha comandada pelo cabo Farias para atender a uma ocorrência de embriaguez e perturbação do sossego. No local, os policiais constataram a veracidade da denúncia e a esposa do suspeito relatou que ele estava embriagado. Além de incomodar toda a vizinhança batendo na porta de sua casa e dos vizinhos, ele também estaria perturbando o sossego alheio, assim como o dela.

Todos os presos foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil.

Rate this post

Policial

Polícias prendem investigados por duplo homicídio na zona rural de Cuité

Publicados

em

Uma operação conjunta das polícias Civil e Militar da Paraíba, e a Polícia Civil do Rio Grande do Norte, prendeu nessa quarta-feira, 20 de outubro, dois homens investigados pelo assassinato de duas pessoas na zona rural de Cuité, ação criminosa que resultou em mais três pessoas feridas. O ataque aconteceu no dia 3 de outubro deste ano.

A investigação é do Núcleo de Homicídios da 13ª Delegacia Seccional (sede em Picuí). De acordo com os levantamentos, vítimas e investigados estavam jogando sinuca e vieram a se desentender. Em determinado momento, os dois homens passaram a efetuar disparos de armas de fogo contra os desafetos, resultando na morte de Rui Barbosa Santos Júnior, 19 anos, e Alison Costa Santos, 21 anos.  Duas mulheres e um adolescente de 17 anos de idade ficaram feridos.

A Polícia Civil identificou os executores e conseguiu na justiça os mandados de prisão. Eles são do Rio Grande do Norte e foram presos nas cidades de Japi e Natal, naquele estado. Durante as buscas, os policiais apreenderam uma espingarda calibre 12 e uma pistola. Na delegacia, eles confessaram os crimes pelos quais foram presos.

“Mais uma operação integrada com excelentes resultados. A Polícia Civil do Rio Grande do Norte deu um apoio crucial neste caso, bem como a nossa Polícia Militar da Paraíba, sempre parceira nas ações contra os criminosos”, destacou o delegado seccional Iasley Almeida.

A Polícia Civil investiga ainda se a mesma dupla está envolvida em um homicídio em Japi (RN).

Assessoria

Rate this post
Continue lendo

Policial

“Cocaína de 20”: Polícia Civil prende mais um suspeito de tráfico em Campina Grande

Publicados

em

Mais um suspeito de tráfico de drogas foi preso pela Polícia Civil, desta vez no bairro da Liberdade, em Campina Grande. A prisão foi realizada por policiais da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), na tarde dessa quarta-feira, 20 de outubro.

Os policiais estavam em busca de envolvidos em uma troca de tiros entre grupos rivais, fato ocorrido no mês de junho. Ao entrar na casa de um dos suspeitos, com o consentimento dele, os investigadores encontraram várias porções de maconha e cocaína, além de dinheiro fracionado e plásticos utilizados em embalagens de entorpecentes.

Na delegacia, o homem preso confirmou que autorizou a entrada dos policiais em sua residência, mas negou possuir arma de fogo. Nas buscas, os policiais não encontraram armas, porém se depararam com a droga e os demais materiais apreendidos.

Ainda no seu depoimento, o suspeito confirmou que vendia as porções de maconha ao preço de R$ 5,00 por unidade, ao passo em que as porções de cocaína eram vendidas por R$ 20,00 cada fração.

O confronto com inimigos em junho também foi confirmado pelo homem preso, embate do qual também participaram seus irmãos.

A Polícia Civil continua investigando o caso.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende suspeito de tráfico e apreende armas e drogas em Campina Grande

Publicados

em

A Polícia Civil da Paraíba prendeu nessa quarta-feira, 20 de outubro, um homem de 26 anos de idade, suspeito de tráfico de drogas. A prisão foi realizada por policiais da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) de Campina Grande.

O flagrante aconteceu no bairro do Ligeiro. Os policiais estavam em busca de um foragido da justiça, e no endereço do procurado havia porções de maconha, crack e ecstasy, além de duas espingardas calibre 28 e munições de calibre 38. Uma grande prensa também foi apreendida.

O foragido da justiça não estava no local. O proprietário do imóvel foi conduzido à delegacia e, acompanhado de seu advogado, admitiu guardar o material apreendido em sua casa, mas disse que a droga e os demais objetos pertencem a outra pessoa, cujo nome ele não quis revelar.

Ele foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e está recolhido, à disposição da justiça.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas