Conecte-se conosco

Variedades

Coronavírus: máscaras caseiras podem reduzir contaminação por Covid-19

Recomendações de proteção mudaram e agora a orientação é que a população faça máscaras de pano.

Publicados

em

Na quinta-feira, 2, a recomendação do Ministério da Saúde sobre o uso de máscaras pela população em geral, incluindo pessoas assintomáticas e sem registro de contato com casos confirmados de Covid-19, mudou. Até então, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM), e a equipe técnica que atua na linha de frente do combate ao coronavírus, vinham reafirmando que a necessidade de uso de máscaras era somente para pessoas com algum sintoma. Agora, depois que a marca de 1 milhão de pessoas contaminadas foi ultrapassada, Mandetta afirmou que um protocolo sobre a ação será publicado. 

De acordo com uma nota técnica, “pesquisas têm apontado que a sua utilização impede a disseminação de gotículas expelidas do nariz ou da boca do usuário no ambiente, garantindo uma barreira física que vem auxiliando na mudança de comportamento da população e diminuição de casos. Nesse sentido, sugere-se que a população possa produzir as suas próprias máscaras caseiras em tecido de algodão, tricoline, TNT, ou outros tecidos, que podem assegurar uma boa efetividade se forem bem desenhadas e higienizadas corretamente. O importante é que a máscara seja feita nas medidas corretas cobrindo totalmente a boca e nariz e que esteja bem ajustada ao rosto, sem deixar espaços nas laterais”.

A Organização Mundial de Saúde ainda não mudou a recomendação sobre o uso de máscaras. De acordo com a instituição, “se você está saudável, só precisará usar uma máscara se estiver cuidando de uma pessoa com suspeita de contaminação por Covid-19. Use uma máscara de estiver tossindo ou espirrando. Máscaras são eficientes somente quando utilizadas em conjunto com a higienização das mãos com álcool em gel ou água e sabão”. Contudo, nem todas as pessoas contaminadas poderão ser testadas para o coronavírus. Estudos mostram que as pessoas assintomáticas podem ser responsáveis por dois terços da transmissão da doença.

Na coletiva de imprensa de quarta-feira, 1º, Mandetta afirmou que qualquer pessoa pode fazer as máscaras em casa. “Funciona muito bem como barreira”, disse. A orientação é que o item seja lavado após o uso com água sanitária ou hipoclorito de sódio por vinte minutos, com uso individual e que cada pessoa tenha quatro ou cinco máscaras. “É lutar com as armas que a gente tem”, disse. O ministro pediu que as máscaras cirúrgicas N95, que oferecem maior proteção, sejam deixadas para os profissionais de saúde, que estão em maior risco de contaminação. 

Veja

Rate this post

Cidades

Repartições públicas estaduais terão ponto facultativo nesta quarta-feira, dia 8

Publicados

em

As repartições públicas estaduais da Administração Direta e Indireta do Poder Executivo terão ponto facultativo nesta quarta-feira (8), considerado feriado religioso municipal em João Pessoa e em diversos municípios do Estado – dia consagrado a Nossa Senhora da Conceição. 

A portaria Nº 483/2021 foi publicada na edição de quinta-feira passada (1) do Diário Oficial do Estado (DOE). 

Ainda de acordo com a portaria, deve ser preservado o funcionamento dos serviços essenciais.

Secom-PB

Rate this post
Continue lendo

Brasil

Vaticano intervém no Mosteiro de São Bento após acusações de assédio sexual feitas por jovens

O jovem ouvido tinha 16 anos quando ingressou nos cursos de canto gregoriano e arte do mosteiro.

Publicados

em

Foto: Reprodução

O tradicional Mosteiro de São Bento, em São Paulo, está sob intervenção do Vaticano. O motivo: acusações feitas por dois jovens que teriam sofrido assédio sexual de religiosos quando ainda eram menores de idade.

Na semana em que começam a vigorar regras mais rígidas contra abuso sexual e acobertamento de assediadores na igreja católica, o Fantástico traz os detalhes da investigação de assédio e uma entrevista com um dos jovens que denunciaram os religiosos. 

O jovem ouvido — e que não vai ser identificado — tinha 16 anos quando ingressou nos cursos de canto gregoriano e arte do mosteiro. Ele tinha planos de seguir uma vida religiosa.

“Você vai para um lugar onde acha que é um lugar que existe a presença de Deus, e você conhece mais a face do demônio”, diz.

Rafael Bartoletti, conhecido como Irmão Hugo, é acusado pelos dois jovens de assédio. O outro rapaz, que trabalhava de alfaiate no mosteiro, entregou uma série de mensagens enviadas pelo religioso à polícia. O entrevistado pelo Fantástico disse que a tentativa de abuso ocorreu em uma sala de música.

“Ele aproveitou, fechou a porta e trancou. Veio na minha direção e começou a me forçar pra baixo. Com o objetivo de um ato de sexo oral. Eu tirei a mão dele. Fiquei um pouco nervoso, falei que queria sair de lá, queria voltar para onde estavam os outros meninos. E ele falou: ‘Calma’. E aí abriu a porta e me levou de volta”, relembra.

Depois de mais de um ano de investigação, em junho do ano passado, quatro religiosos foram acusados de abuso sexual pelo Ministério Público. Um deles morreu de Covid em dezembro de 2020, mas os outros seguem respondendo processo. Eles foram ouvidos pela polícia e negam o crime.

Em nota, o Mosteiro de São Bento manifesta repúdio e intolerância a eventuais desvios de conduta de quaisquer de seus membros. Informa que os denunciados foram afastados e respondem não só perante a lei civil, mas também à Justiça eclesiástica.

Os monges manifestam tristeza, solidariedade e pedem perdão por eventual má-conduta desses ex-membros às supostas vítimas e a seus familiares.

D’ O Fantástico/Rede Globo com ClickPB

Rate this post
Continue lendo

Brasil

Sirius: acelerador da ciência brasileira

Publicados

em

Um super microscópio. É assim que a comunidade científica define o Sirius, laboratório desenvolvido no Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais, localizado em Campinas, São Paulo.

O Caminhos da Reportagem vai até Campinas para mostrar como esta radiação otimizada em aceleradores de partículas ajuda a enxergar, em meio digital, a estrutura de matérias, como proteínas e até átomos, como se fosse uma poderosa lupa.

Ficha técnica:

Roteiro e Reportagem: Dimas Soldi Roteiro e Apresentação: Adrielen Alves Edição de texto: Adrielen Alves e Cintia Vargas Produção: Carol Oliveira Imagens: William Sales Auxílio Técnico: Jone Ferreira Edição de Imagens: André Eustáquio e Jerson Portela Arte: Abimael Lira e Silvino Carneiro

TVBrasil

Rate this post
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas