Conecte-se conosco

Policial

Polícia prende suspeita de praticar homicídio contra marido

Apesar de não apresentar ferimentos visíveis, a mulher foi submetida a exames de corpo de delito

Publicados

em

A Polícia Civil cumpriu na tarde deste sábado (11) o mandado de prisão preventiva contra a mulher suspeita de disparar quatro tiros e matar o próprio marido.

O delito ocorreu por volta das 16 horas dessa sexta-feira (10), quando o casal se encontrava no interior de uma fazenda, na zona rural da cidade de Sapé, a 42 quilômetros de João Pessoa.

A suspeita foi interrogada na Central de Polícia Civil, no bairro do Geisel, em João Pessoa, e alegou que agiu em legítima defesa.

O caso está sendo investigado pela equipe do Núcleo de Homicídios de Santa Rita. Ela disse ao delegado Reinaldo Nóbrega, durante o interrogatório, que o crime ocorreu após uma discussão entre o casal.  A arma usada no crime já foi apreendida pela Polícia desde o dia do crime.

Apesar de não apresentar ferimentos visíveis, a mulher foi submetida a exames de corpo de delito. No mandado de prisão preventiva, expedido pela Justiça a pedido da Polícia, o magistrado converteu a permanência da mulher em unidade prisional em prisão domiciliar.

Após ser ouvida, ela foi submetida a exames de corpo de delito e levada para um presídio, onde receberá uma tornozeleira eletrônica. Em seguida, será levada para a residência informada nos autos judiciais.

Apesar da prisão, as investigações terão continuidade. A Polícia vai tomar depoimento de amigos e familiares e aguardar a conclusão das perícias.

No dia em que o crime ocorreu, as primeiras diligências foram adotadas pela equipe da Delegacia de Crimes Contra Pessoa de João Pessoa. Em seguida, os trabalhos foram encaminhados para a equipe do Núcleo de Homicídios de Santa Rita, que solicitou a prisão preventiva dará prosseguimento ao inquérito policial.

Assessoria/PCPB

Rate this post

Policial

Polícia Civil prende quatro pessoas por falsificação de bebidas alcoólicas na região de Mamanguape

Publicados

em

Fotos: Polícia Civil da Paraíba

A Polícia Civil da Paraíba, através da 7ª DSPC, em Mamanguape, realizou uma operação policial nesta terça-feira, 30, para cumprir Mandados de Prisão em Mamanguape, Rio Tinto e Jacaraú.  Quatro pessoas foram presas, sendo um homem em Rio Tinto e outros três em Jacaraú. Eles foram encontrados com bebidas falsificadas e furtadas, que estavam guardadas em um depósito na cidade de Rio Tinto.

Segundo o delegado Sylvio Rabello, “uma grande quantidade de cachaças e cervejas de renome foi apreendida, junto com apetrechos de adulteração e falsificação. No depósito foi presa uma pessoa e seguindo as ações, momentos depois mais três pessoas foram presas em Jacaraú, em decorrência das investigações por crimes patrimoniais”, disse o delegado.

O caso começou a ser investigado depois que proprietários de grandes indústrias de bebidas procuraram a Polícia Civil há cerca de dois meses para denunciar que estavam sendo prejudicados por uma quadrilha que furtava e falsificava bebidas alcoólicas.

“Os homens presos pela Polícia também praticavam roubos em diversas localidades da região.  Uma parte foi recolhida ao sistema prisional de Jacaraú e a outra em João Pessoa”, concluiu o delegado Sylvio Rabello.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo

Policial

Polícia Civil apreende adolescentes e retira cerca de 30 Kg de drogas de circulação

Publicados

em

A Polícia Civil da Paraíba, através do trabalho do Núcleo de Homicídios e Repressão Qualificada de Cabedelo, apreendeu, na manhã desta sexta-feira, 26, um casal de adolescentes com cerca de 30 quilos de entorpecente semelhante à maconha. A ação aconteceu no bairro do Jacaré, em Cabedelo.

Segundo o delegado Diego Garcia, a operação faz parte de uma série ações que visam justamente retirar da cidade a circulação de drogas, tanto maconha, quanto outros entorpecentes, bem como afetar financeiramente os traficantes locais.

A substância recolhida na ação desta sexta-feira será encaminhada para a perícia e os adolescentes apreendidos ficarão à disposição da Justiça.

A população pode colaborar com a Polícia Civil fazendo qualquer tipo de denúncia através do número 197 (Disque-Denúncia). A ligação é gratuita e anônima, garantido o sigilo absoluto.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo

Policial

Polícia prende mulher em JP ao embarcar com armas e munições para o RJ

Publicados

em

A Polícia Civil da Paraíba, através do trabalho investigativo da Delegacia de Roubos e furtos de Veículos e Cargas (DRFVC) da Capital, prendeu em flagrante no último sábado, 27, na Rodoviária de João Pessoa, uma mulher de 21 anos, no momento em que ela iria embarcar para o Rio de Janeiro com armas e munições.

Segundo o delegado Carlos Othon, titular da DRFVC, a investigada estaria prestes a embarcar para entregaria todo material ilícito a um conhecidíssimo ex presidiário que atuava no tráfico de drogas da zona sul da Capital.

“Com a mulher nós conseguimos apreender um Revólver Taurus Magnum cal. 44, “cinco janelas”; uma pistola Taurus, modelo G2C, cal. .40, com numeração suprimida; três carregadores de pistola cal. .40; duzentas e vinte munições cal. 44; vinte e duas munições cal. .40; quinze munições cal. 15; celular e dinheiro”, revelou Carlos Othon.

As informações serão difundidas com a Delegacia de Homicídios da Capital, considerando as fortes suspeitas de que tais armas tenham sido usadas em homicídios ocorridos na Comunidade Timbó e adjacências. “O proprietário dessas armas já foi preso diversas vezes, condenado outras tantas, mas ainda assim conseguiu benefício para responder aos processos em liberdade”, disse o delegado.

A mulher foi autuada pelo crime de porte ou posse ilegal de arma de fogo de uso restrito, previsto no art. 16, § 1º, IV, da Lei 10.826/2003. “A DRFVC segue firme a serviço da população no combate a criminalidade”, concluiu.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas