Conecte-se conosco

Policial

Polícia prende suspeita de praticar homicídio contra marido

Apesar de não apresentar ferimentos visíveis, a mulher foi submetida a exames de corpo de delito

Publicados

em

A Polícia Civil cumpriu na tarde deste sábado (11) o mandado de prisão preventiva contra a mulher suspeita de disparar quatro tiros e matar o próprio marido.

O delito ocorreu por volta das 16 horas dessa sexta-feira (10), quando o casal se encontrava no interior de uma fazenda, na zona rural da cidade de Sapé, a 42 quilômetros de João Pessoa.

A suspeita foi interrogada na Central de Polícia Civil, no bairro do Geisel, em João Pessoa, e alegou que agiu em legítima defesa.

O caso está sendo investigado pela equipe do Núcleo de Homicídios de Santa Rita. Ela disse ao delegado Reinaldo Nóbrega, durante o interrogatório, que o crime ocorreu após uma discussão entre o casal.  A arma usada no crime já foi apreendida pela Polícia desde o dia do crime.

Apesar de não apresentar ferimentos visíveis, a mulher foi submetida a exames de corpo de delito. No mandado de prisão preventiva, expedido pela Justiça a pedido da Polícia, o magistrado converteu a permanência da mulher em unidade prisional em prisão domiciliar.

Após ser ouvida, ela foi submetida a exames de corpo de delito e levada para um presídio, onde receberá uma tornozeleira eletrônica. Em seguida, será levada para a residência informada nos autos judiciais.

Apesar da prisão, as investigações terão continuidade. A Polícia vai tomar depoimento de amigos e familiares e aguardar a conclusão das perícias.

No dia em que o crime ocorreu, as primeiras diligências foram adotadas pela equipe da Delegacia de Crimes Contra Pessoa de João Pessoa. Em seguida, os trabalhos foram encaminhados para a equipe do Núcleo de Homicídios de Santa Rita, que solicitou a prisão preventiva dará prosseguimento ao inquérito policial.

Assessoria/PCPB

Rate this post

Policial

Em Alagoa Grande: homem sofre tentativa de homicídio

Publicados

em

Nos primeiros minutos deste domingo (16), às 00h30, na Zona Rural de Alagoa Grande-PB, a guarnição de Alagoa Grande foi acionada para averiguar uma denúncia de que tinha dado entrada ao hospital local, um homem de 31 anos ferido por arma de fogo.

De imediato a guarnição foi ao local e manteve contato com os funcionários do hospital os quais confirmaram a informação do fato, e informaram que a vítima tinha duas perfurações na região tórax o qual estava sedado. Ao perguntar as pessoas que o socorreram se elas sabiam o motivo do ocorrido, elas informaram que não sabiam, apenas teriam encontrado ele ferido e teriam levado ao hospital.

A guarnição se deslocou ao local onde teria acontecido o fato, porém o evento já havia terminado, só restando cadeiras e mesas vazias. Em seguida a guarnição procurou os responsáveis pelo evento os quais não souberam informar quem teria cometido os disparos. Diante dos fatos a guarnição anotou os nomes das testemunhas bem como o dos suspeitos em terem organizado clandestinamente o evento na zona rural de Alagoa Grande, o qual será repassado ao Ministério Público e a Polícia Civil para as providências legais.

A Policia Militar realizou diligências para identificar e prender o autores dos disparos, porém até o presente momento não foram localizados.

Blog do Felipe Silva

Rate this post
Continue lendo

Policial

Polícia Civil da Paraíba, Pernambuco e Ceará prendem investigados por roubo de cargas

Publicados

em

Uma operação das polícias civis da Paraíba, Pernambuco e Ceará prendeu nessa quinta-feira, 13 de janeiro, três homens investigados por roubos de carga e tráfico de armas. A Operação Transbordo é da Polícia Civil pernambucana, com o apoio dos outros dois estados.

Na Paraíba, equipes da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DRACO) e do Grupo Tático Especial (GTE) de Patos cumpriram um mandado de prisão e dois mandados de buscas domiciliares, nas cidades de Campina Grande e Maturéia. O homem preso tem 34 anos de idade e é investigado por compor uma organização criminosa especializada em roubo de cargas.

De acordo com o delegado Victor Melo, da DRACO, outros dois integrantes da quadrilha foram presos em Pernambuco e no Ceará. Três armas de fogo foram apreendidas durante a operação. 

O preso na Paraíba aguarda decisão judicial para ser transferido ao estado de Pernambuco.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo

Policial

Polícia Civil evita homicídio no Centro de Mamanguape

Publicados

em

Assessoria/PCPB

Policiais civis de Mamanguape evitaram um homicídio na manhã desta quarta-feira, 12 de janeiro, em frente a uma farmácia daquele município. A vítima chegou a ser ferida a facadas, mas o agressor foi preso em flagrante pelos investigadores.

De acordo com o delegado seccional Sylvio Rabelo, os policiais cumpriam diligências nas proximidades e foram informados pela Delegacia Seccional de que estava ocorrendo uma tentativa de homicídio no local indicado.

“As equipes, então, foram até o local e conseguiram desarmar o agressor, prendendo-o em flagrante. A ação despertou aplausos da população que presenciou o fato”, disse Sylvio Rabelo.

A vítima foi levada para o hospital da cidade, onde foi atendida. O homem ferido não corre risco de morte.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas