Conecte-se conosco

Cultura

Moraes Moreira morre de infarto, aos 72 anos

O cantor morreu às 6h da manhã, em sua casa no Rio

Publicados

em

Foto: Divulgação

O cantor e compositor Moraes Moreira foi encontrado morto na manhã de hoje (13) em casa, na Gávea, no Rio de Janeiro. De acordo com a assessoria de imprensa do músico, ele teve um infarto agudo do miocárdio e morreu às 6h. Tinha 72 anos

A assessoria informou ainda que seguindo as recomendações de isolamento social para combate à pandemia do novo coronavírus (covid-19), a família não irá divulgar nem a data nem a hora do velório para evitar aglomeração. Eles pedem a quem quiser homenagear Moreira que siga escutando a obra dele. 

Em Ituaçu (BA), o irmão Eduardo Moraes recebeu a notícia. Segundo ele, foi a governanta que encontrou o corpo de Moraes. “Ele morreu em casa, onde morava, no Rio de Janeiro. A governanta foi limpar o apartamento e encontrou ele morto”, disse. 

Segundo o irmão, ele estava “sossegado, de quarentena e preocupado com a pandemia” do novo coronavírus (covid-19). 

Nascido em Ituaçu, Antônio Carlos Moraes Pires, conhecido como Moraes Moreira, é ex-integrante do grupo Novos Baianos, composto por  Baby do Brasil, Pepeu Gomes, Paulinho Boca de Cantor, Dadi e Luiz Galvão, entre outros. Seguia carreira solo desde 1975. 

Foi Paulinho Boca de Cantor que entrou em contato com a família de Pepeu Gomes na manhã de hoje. A esposa dele, Simone Sobrinho, foi quem atendeu o telefone. “Recebi essa notícia da esposa dele, porque ele estava passando mal. Eu fiquei toda trêmula”. Pepeu ainda dormia. 

Em um áudio, Paulinho Boca resumiu não apenas a dor que sente pela partida de Moreira, mas a alegria que foi compartilhar anos a seu lado. 

“A gente se falava todos os dias. As nossas ligações, geralmente, ou eram para falar de trabalho ou eram para dar muita risada de tudo, risada da vida, risada da nossa história”, diz Paulo Roberto Figueiredo de Oliveira, mais conhecido por Paulinho Boca de Cantor. 

Em um momento em que, segundo Paulinho, a humanidade percebe que não pode ter controle sobre nada, “é importante que a gente fale desse amor, dessa coisa que começou há 50 anos atrás quando encontrei ele”, diz. O encontro resultou no grupo Novos Baianos. “Fomos fazendo aquela outra família, que não existia ainda, que não tinha laços sanguíneos, mas que tinha uma afinidade tremenda. E a afinidade veio exatamente dessa alegria, dessa coisa que permanece até hoje”.

O músico também exaltou o amigo, que conseguia fazer um show de voz e violão como ninguém e que botava “todo mundo para dançar”. 

“Nós não somos somos Novos Baianos, mas eu gostaria até de brincar e dizer, somos usados. Usados baianos. Porque a gente vive intensamente. O Moraes viveu intensamente: a música, a festa, a alegria, o carnaval.

A morte repercutiu nas redes sociais, com dezenas de mensagens do Brasil e do exterior em homenagem a Moraes Moreira, de artistas, políticos e fãs.

Moreira ainda produzia até dias atrás. Em uma das últimas postagens que fez nas redes sociais, ele falava sobre o período de isolamento social. “Oi, pessoal, estou aqui na Gávea, entre minha casa e o escritório que ficam próximos. Cumprindo minha quarentena, tocando e escrevendo sem parar”.

Agência Brasil

Rate this post

Cultura

Pastor e cantor gospel vai integrar equipe de transição de Lula na área da Cultura

Publicados

em

Pixabay/ilustração

O cantor gospel Kleber Lucas foi convidado para integrar a equipe de transição do governo Lula (PT) na área de Cultura. Ele deve participar de uma reunião nesta sexta-feira (18.11) para dar início às tratativas com o grupo e discutir direcionamentos para o segmento cultural na nova gestão do petista.

Produtor musical e pastor, Kleber é mestre e doutorando em História pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Durante a campanha presidencial, ele chegou a participar de uma canção-protesto contra o presidente Jair Bolsonaro (PL).

Do F5online

Rate this post
Continue lendo

Cultura

Divulgada Programação Oficial da Rota Cultural “Raízes do Brejo” em Guarabira

A rota cultural “Raízes do Brejo” acontecerá na cidade nos dias 25, 26 e 27 de novembro.

Publicados

em

O prefeito Marcus Diôgo anunciou em seu programa semanal nesta terça-feira, dia 8 de novembro, a programação oficial da rota cultural “Raízes do Brejo” que acontecerá na cidade nos dias 25, 26 e 27 de novembro. A rota é uma realização do Fórum de Turismo do Brejo com as prefeituras locais. O tema da edição será “Cultura, Fé e Poesia na Rainha do Brejo”.

Como já faz parte da tradição, a cidade reconhecida através de Lei Estadual como a “Rainha do Brejo Paraibano” realizará a etapa da rota cultural no dia de seu aniversário. “A festa é dupla”, enfatiza o prefeito Marcus. A programação elaborada em Guarabira destaca as potencialidades do município nas áreas de serviço, lazer, cultura, artesanato e experiências de trilha na zona rural do município.

A programação musical ganhou um destaque a parte, com a participação de diversos artistas locais que animarão o fim de semana do evento. A abertura Oficial que será na sexta, dia 25, a partir das 19h, na Praça João Pessoa contará com a participação de Rogério Wilker, Rayanne Moura, do grupo da melhor idade “De bem com a vida”, das crianças do Centro de Convivência e Fortalecimento de Vínculo da Secretaria de Assistência Social e do espetáculo “A Saga de Dom Beiriz” que contará, com auxílio dos atores guarabirenses Vando Farias e Dante Aliguieri, a história dos primeiros colonizadores da cidade e o encerramento com a apresentação musical da banda “Raio do Sol”.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA NA CIDADE DE GUARABIRA DE 25 A 27 DE NOVEMBRO DE 2022

Os cantores Sirano e Sirino serão a atração principal da programação do dia 26, sábado, dia em que a cidade comemora 135 anos de emancipação política, que contará também com Rachel Costa e Aduílio Mendes.

Durante os dias 24 e 25 de novembro o comércio local também realizará promoções a todos os visitantes, confira a relação das lojas parceiras e aproveite sua estadia.

A edição do ano de 2022, marca a retomada da realização da Rota Cultural Raízes do Brejo, que durante o período de enfrentamento a Pandemia da COVID-19 esteve com a  sua realização suspensa. O evento evidencia o potencial turístico das cidades da região do brejo e irá presentear os moradores e visitantes com muita música, artes cênicas, serviços, gastronomia, eventos religiosos, além de experiências únicas.

O Raízes do Brejo começou em 23 de setembro na cidade de Belém, em seguida passou por Alagoinha, Duas Estradas, Lagoa de Dentro, Serra da Raiz, nesta semana chega a Borborema, em seguida Dona Inês, em Guarabira começa no dia 25 de novembro, e logo em seguida passa ainda por Pirpirituba e Pilõezinhos, encerrando a programação no dia 17 de dezembro.

O evento conta com o apoio da Rede Paraíba de Supermercados, Sebrae Paraíba, Fecomércio e do Governo do Estado através da PBTUR.

Codecom

Rate this post
Continue lendo

Cidades

Mês da Consciência Negra: Programa Espaço Cultural tem tributo ao guarabirense Zé Katimba

O tributo ao sambista paraibano Zé Katimba, que comemora 90 anos de idade e será a atração principal do projeto Gafieira.

Publicados

em

Fotos: Divulgação

O programa Espaço Cultural, desta quinta-feira (10), contou com uma edição especial dentro das atividades da Funesc no Mês da Consciência Negra. A primeira hora do programa se dedicou à música preta da Paraíba. O programa, editado e apresentado pelo jornalista Jãmarrí Nogueira, aconteceu das 22h à meia-noite, na Rádio Tabajara (105,5).

Homenagem – O terceiro bloco vai contar com um tributo ao sambista paraibano Zé Katimba, que comemora 90 anos de idade e será a atração principal do projeto Gafieira, na sexta-feira (11), no palco armado no estacionamento do Espaço Cultural José Lins do Rêgo, em João Pessoa. O Gafieira também terá shows de Mirandinha e Zé Inácio.

Um dos blocos do programa Espaço Cultural também trará uma entrevista com o cantor e compositor Iago D’Jampa, que acaba de lançar o single ‘Louca vida’. Outros singles de Iago são ‘Jampa Paradise’ e ‘Sereia’. Em agosto deste ano, o artista (que passeia entre o rap, o reggae e o funk) foi uma das atrações do festival D’Jampa Life.

O ‘Espaço Cultural’ também tem transmissão pelo site da emissora. Além da entrevista com Iago D’Jampa e do tributo ao guarabirense Zé Katimba, o programa desta quinta-feira (10) terá canções de artistas pretos como Mebiah, Elon, Sandra Belê, Chico César, Gláucia Lima, Pedro Osmar, Helayne Cristini, Filosofino, Bixarte e João Carlos Jr.

Antenado com as convergências de plataformas, o programa Espaço Cultural – que só toca música da Paraíba – pode ser ouvido pelo site https://radiotabajara.pb.gov.br/radio-ao-vivo/ e, no dia seguinte à apresentação, fica disponível no canal da Funesc no YouTube.

Secom-PB

Rate this post
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas