Conecte-se conosco

Cidadania

‘Costurando Sonhos’: reeducandas produzem mais de 15 mil máscaras

As máscaras estão sendo produzidas nas unidades femininas de Cajazeiras, Campina Grande, João Pessoa e Patos.

Publicados

em

Em menos de três meses, 12 reeducandas da Cadeia Pública Feminina da Comarca de Cajazeiras, Município localizado no Alto Sertão e distante 468 Km de João Pessoa, já produziram mais de 15 mil máscaras de projeção individual. Elas fazem parte do Projeto “Costurando Sonhos”, desenvolvido pela Diretoria da Cadeia, com o apoio da Gerência de Ressocialização e da Administração Penitenciária e do Poder Judiciário estadual, por meio da Vara de Execução Penal (VEP) e da 2ª Vara de Cajazeiras.

As máscaras também estão sendo produzidas nas unidades femininas de João Pessoa, Campina Grande e Patos. De acordo com a policial penal e diretora da Unidade de Cajazeiras, Paloma Correia Lima, a produção das máscaras teve início em março e a meta de 15 mil unidades já foi batida. “Isso significa uma fabricação diária de 600 unidades, distribuídas para os policiais penais do Estado, como para as áreas de Saúde, Segurança Pública, polícias Civil e Militar e Corpo de Bombeiros”, informou.

Segundo o juiz da Vara de Execução Penal (VEP) e do Juizado Especial Misto da Comarca, Ricardo Henriques Pereira Amorim, logo que a Direção da Cadeia Pública Feminina deu início ao Projeto, a sociedade apoiou, como a exemplo de empresários locais e servidores públicos. “Essas mulheres manifestam cidadania e comprometimento com o bem estar social, dando um passo no abandono da superação do próprio passado. Ao mesmo tempo, deixam de lado a ociosidade do cárcere para se dedicarem à produção de bens de grande relevância, nesse momento de crise, dignificando-se por meio do trabalho”, comentou o magistrado.

O juiz afirmou que é assim que a Execução Penal pretende cumprir suas finalidades, com reparação social do dano, advindo do crime, e a ressocialização das apenadas. “Parabenizo, com gratidão, a administração da Cadeia Pública Feminina de Cajazeiras e todos que apoiaram o Projeto, especialmente as mulheres, que estão se dedicando, todos os dias, à produção das máscaras”, destacou Ricardo Henriques.

A linha de produção do Projeto Costurando Sonhos funciona em uma cela destinada ao albergue, na parte externa da Cadeia e quem coordena a pequena fábrica é Aline de Moura Soares. Nascida em São Paulo, ela tem 25 anos e cumpre pena na Cadeia Pública de Cajazeiras desde janeiro deste ano. “Me sinto bem e útil trabalhando, pois sei que estou ajudando o próximo e a mim mesma. Considero um Projeto especial, por contribuir, através da produção de máscaras, para a proteção das pessoas, nesse momento tão difícil”, comentou.

Por Fernando Patriota/Gecom-TJPB

Rate this post

Cidadania

LBV convoca Guarabirenses para uma seleção solidária ao time contra a fome

Publicados

em

A fome infelizmente cresce cada vez mais no Brasil e no mundo. São 66 milhões de brasileiros que vivem em situação de insegurança alimentar, segundo a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO/ONU). Por outro lado, a Copa do Mundo está chegando e é um momento de muita alegria, de união e de muita torcida pela vitória do time do coração, mas não podemos nos esquecer daqueles que vivem à margem da fome e da miséria.

Sempre em campo nessa luta, a Legião da Boa Vontade (LBV) convoca você amigo leitor para reforçar seu time solidário em busca de mais uma vitória: o fim da fome no Brasil. Dessa forma, a Instituição promove a sua tradicional campanha Natal Permanente da LBV — Jesus, o Pão Nosso de cada dia! Juntos podemos acabar com a pobreza e as desigualdades sociais.

A meta é entregar até dezembro/22, mais de 1,3 milhão de refeições para crianças e jovens atendidos nas unidades da LBV no Brasil. Além disso, a campanha tem o propósito em arrecadar neste Natal, 50 mil cestas de alimentos para milhares de famílias atendidas pela Instituição e por entidades parceiras em 250 municípios brasileiros.

No Estado da Paraíba serão 1.040 (mil e quarenta cestas) a serem entregues as famílias dos municípios de Guarabira, Alagoa Grande, Algodão de Jandaíra, Arara, Campina Grande, Dona Inês, João Pessoa e Lagoa Seca, cada cesta pesará 20 quilos e 400 gramas, ao total serão mais de 21 toneladas em alimentos não perecíveis.

Em Guarabira, serão 2 toneladas em alimentos para assistir 100 famílias em situação de vulnerabilidade social da zona rural do município.

A convocação do time solidário começou! Veja como ajudar?
Postos de arrecadação nas unidades da LBV no Estado da Paraíba, localizados em Campina Grande/PB na Rua Bráulio Araújo de Gusmão, 402 – Bairro do Cruzeiro – Informações: (83) 3341.1426. Já em João Pessoa/PB, a sede da Instituição está situada à Rua das Trincheiras, 703 – Bairro de Jaguaribe – Informações: (83) 3212.9203, área central da capital paraibana.

As doações também podem ser via transferência bancária pelo PIX oficial da LBV: [email protected]

Faça parte desse time solidário, e vamos juntos vencer a fome!

Assessoria

Rate this post
Continue lendo

Cidadania

Internet permite ação de voluntários sem precisar sair de casa

Publicados

em

A pandemia e a necessidade de isolamento social atrapalharam o trabalho voluntário.

Mas, com as ferramentas e plataformas digitais, os voluntários acabaram encontrando uma forma de ajudar o próximo.

Uma oportunidade de se conectar a causas e pessoas sem precisar sair de casa.

Clique no vídeo abaixo e confira.

TV Brasil

Rate this post
Continue lendo

Cidadania

Raniery Paulino comemora instalação da Defensoria Pública da PB em Guarabira

É de sua autoria o requerimento que pediu a instalação do caminhão da Defensoria Pública da Paraíba em Guarabira e região

Publicados

em

O deputado estadual Raniery Paulino (MDB), vice-líder do Governo do Estado na ALPB, comemorou a instalação do caminhão da Defensoria Público do Estado em Guarabira que, desde o início da manhã desta segunda-feira (17), presta serviços gratuitos de assistência jurídica às pessoas que não têm condições financeiras de pagar advogados.

O atendimento em Guarabira vai até amanhã, dia 18 de maio. A prestação dos serviços é destinada às cidades de Guarabira, Cuitegi, Pirpirituba, Araçagi, Pilões e Pilõezinhos.

O deputado Raniery Paulino informou, em mensagem pelo Facebook, que na próxima quinta-feira (20) o atendimento será na cidade de Mari.

A equipe da Defensoria Pública do Estado foi recepcionada pelo deputado estadual Raniery Paulino nesta segunda-feira. Na ocasião, o parlamentar agradeceu a presença da equipe da DPE em Guarabira, destacando a prestação de serviços gratuitos na área de assistência jurídica (Defensoria Itinerante e Balcões de Direitos) a quem não pode pagar advogados.

É de autoria do deputado Raniery o requerimento que pediu a instalação do caminhão da Defensoria Pública da Paraíba em Guarabira.

A equipe de advogados e procuradores da Defensoria Pública do Estado que está em Guarabira é coordenada pelo defensor-público-geral Ricardo Barros. Participam também do núcleo de atendimento os defensores públicos Paulo Sérgio Lira e Marcos Melo (advogados militantes de Guarabira).

Do Fato a Fato

Rate this post
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas