Conecte-se conosco

Cidades

Em sessão remota, secretário de Saúde da PB discute combate à Covid-19 com vereadores de Guarabira

Geraldo Medeiros disse que a Unidade de Pronto Atendimento da cidade foi classificada para atender apenas casos da Covid-19

Publicados

em

A Câmara Municipal de Guarabira realizou nesta terça-feira (19), mais uma sessão ordinária remota, votou as matérias que constavam da ordem do dia e debateu sobre as ações de combate aos efeitos da pandemia da Covid-19.

O Secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros foi convidado a participar da sessão e detalhou o que o Estado tem feito para minimizar o sofrimento das pessoas e familiares de infectados com a doença. Os vereadores sabatinaram o secretário, que respondeu a todas as perguntas postas pelos parlamentares.

De acordo com o secretário existe preocupação dele próprio e do governador João Azevêdo (Cidadania) com o aumento do número de casos em Guarabira.

“Guarabira é uma cidade que realmente nos preocupa. O governador teve a oportunidade de circular por algumas cidades e ele levava consigo o quantitativo de cada cidade e observava o comportamento das pessoas e viu que algumas cidades que não aderiram estão sendo mais afetadas por causa dessa desobediência. E Guarabira é uma delas, Sapé é outra”, destacou.

Geraldo comentou ainda a respeito de alerta feito recentemente, chamando a atenção da população de Guarabira quanto à necessidade do distanciamento social e que havia sido acusado de politicagem.

“Recentemente alertamos a população e fomos acusados de estar fazendo politicagem, mas alertamos que Guarabira seria penalizada com esse grande número de casos”, pontuou o secretário.

Geraldo Medeiros disse que a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade foi classificada para atender apenas casos da Covid-19 e que os leitos de UTI estão praticamente todos ocupados.

“Estamos com 75% de ocupação da UPA. Eu procuro mostrar a importância do que é o paciente com coronavírus e 80% é assintomático e 15% que apresentam párea pulmonar já injuriada, que ocupam enfermaria e evoluem. Temos 5% de pacientes que tem comorbidades, que torna a imunidade daqueles pacientes baixa com muitos perdendo suas vidas”, falou.

Na condição de médico, o secretário reforçou que a única forma encontrada para combater o vírus até agora é o distanciamento social e rechaçou o uso da cloroquina de forma indiscriminada como tem sido defendida por algumas autoridades políticas.

“Só temos uma maneira de combater esse vírus. A panaceia da cloroquina que muita gente está se iludindo com isso é preciso muita cautela em indicar o tratamento como alguns estão indicando. Nós podemos estar adotando uma medida muito temerária, pois os estudos não mostram eficiência do remédio contra o vírus. Eu não indico o uso indiscriminado da cloroquina”, alertou Geraldo.

Respondendo a perguntas de vereadores sobre as razões de não se ter leitos de UTI para receber pacientes graves do coronavírus em Guarabira, o secretário disse que é necessário dispor de equipe qualificada e não existe disponibilidades de profissionais para isso.

“João Pessoa tem 87% dos leitos ocupados, recebemos ontem 20 respirados e já distribuímos. E perguntam porque não montar leitos em Guarabira e eu digo que esse tipo de paciente, que representa 5%, requer equipes qualificadas e nós não temos como disponibilizar esses profissionais e por isso transportamos esses pacientes graves para João Pessoa”.

O secretário assegurou ainda que a Paraíba caminha para ser o estado com maior número de testes em termos proporcionais, devendo testar 10% da população e que todos os municípios receberam testes e precisam alimentar o sistema de informações.

“Na Paraíba são 395 mil testes que representa 10% da população que deve ser testada. Alguns municípios não estão alimentando o sistema e por isso tem municípios que apresentam discrepância nos números que nós divulgamos e os casos que se sabe que existem. A vigilância em saúde cada município recebeu os testes e eles devem ser feitos em doentes que apresentam os sintomas da Covid-19, mas não podemos fazer em quem não está sentido nada, apenas porque esteve com alguém que foi testado positivo”, concluiu Geraldo Medeiros.

Ainda durante a sessão, o secretário falou sobre a abertura do comércio em Guarabira, apontado que essa medida pode ter contribuído com o aumento dos casos na cidade, que chegaram a 205 nesta terça-feira. Vereadores da base governista rebateram a afirmativa do secretário e creditaram ao grande número pessoas que a Guarabira recebe diariamente para serviços como bancos, sobretudo para recebimento do auxílio emergencial, já que poucas cidades têm agência da Caixa Econômica Federal.

Presidente da Câmara, Marcelo Bandeira (PDT) agradeceu a disponibilidade do secretário em ficar por 2 horas participando da sessão e propôs a união dos poderes para combater o inimigo comum que é o novo coronavírus. Para Bandeira, é fundamental que todos possam estar focados em derrotar o vírus. Geraldo se propôs a sentar, a participar de uma teleconferência e estabelecer parcerias e metas nesse momento de crise.

Com Assessoria

Guarabira

Lâmpadas LED estão sendo doadas para famílias de Guarabira no CADÚnico até hoje, dia 4 de agosto

Publicados

em

Foto: Divulgação

Em parceria com a Prefeitura de Guarabira a Energisa através do projeto Nossa Energia está realizando a troca de lâmpadas incandescestes ou fluorescentes e trocando por até 5 lâmpadas LED para as famílias guarabirenses cadastradas no Cadastro Único do Governo Federal. A campanha teve início na segunda-feira dia 2 e vai até hoje, quarta-feira, 04 de agosto de 2021. Confira na imagem mais informações da Energisa.

O caminhão da Energisa está atendendo no Canal do Juá até esta quarta-feira, dia 04/08/2021.

Continue lendo

Cidades

ÚLTIMAS VAGAS: ACEG e Sebrae Guarabira realizam o curso “Como os pequenos negócios podem vender para o governo”

Publicados

em

A ACEG – Associação Comercial e empresarial de Guarabira e o Sebrae Guarabira realizarão no dia 04 de agosto de 2021, o curso “Como os pequenos negócios podem vender para o governo”.

As inscrições encontram-se abertas, e os interessados devem se dirigir para a sede da ACEG na Praça Lima e Moura, no centro de Guarabira, ou na agência do Sebrae, no Shopping Cidade Luz.

O curso será realizado na sede da ACEG de forma presencial e o uso de máscara será obrigatório. O curso será dividido em duas turmas – a primeira, das 13h às 17h e a segunda das 18h às 22h.

De acordo com o presidente da ACEG, Manoel Antônio “É importante para os pequenos negócios ter o Governo como cliente, e assim comercializarem os seus produtos e ou serviços neste momento que estamos precisando de aquecimento das vendas” disse.

O curso tem o apoio da Secretaria de Indústria e Comércio da Prefeitura de Guarabira.

Inscrições e mais informações pelo 0800 570 0800 ou ainda pelo WhasApp (83) 99340-0041.

.

SERVIÇO:

CURSO: Como os pequenos negócios podem vender para o governo

QUANDO: Dia 04 de agosto de 2021

FORMATO: Aulas presenciais e uso obrigatório de máscara

HORÁRIOS: Turma 1: Das 13h às 17h / Turma 2: Das 18h às 22h

LOCAL: Sede da ACEG

CONTATOS: 0800 570 0800 e Whats (83) 99340-0041

.

Da redação Brejo.com

Continue lendo

Cidades

Roberto Paulino recebe prefeito de Mari e discute parcerias para o município

Secretário chefe do Governo disse que na atual administração estadual os municípios são valorizados

Publicados

em

O secretário chefe do Governo Roberto Paulino (MDB) recebeu, na última quinta-feira (28), no Palácio da Redenção, o prefeito de Mari (PB), Antônio Gomes. O gestor veio cumprimentar o novo secretário e apresentar pleitos em favor da população mariense.

“Tive o privilégio de receber em nosso gabinete, o amigo Antônio Gomes e escutar o anseio da população de Mari. Tivemos uma reunião muito produtiva e tenham certeza que ações do estado chegarão, ainda mais para todo Brejo paraibano”, ressaltou  Roberto.

De acordo com o secretário chefe do Governo, a visita de cortesia evidencia o desejo dos gestores em dialogar cada vez mais com o Poder Executivo.

“Nós estamos dispostos a somar esforços pelo bem de Mari e dos demais municípios paraibanos, porque temos compromisso com o futuro”, disse Roberto Paulino.

Do AcessoPolítico

Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas