Conecte-se conosco

Cidades

Em sessão remota, secretário de Saúde da PB discute combate à Covid-19 com vereadores de Guarabira

Geraldo Medeiros disse que a Unidade de Pronto Atendimento da cidade foi classificada para atender apenas casos da Covid-19

Publicados

em

A Câmara Municipal de Guarabira realizou nesta terça-feira (19), mais uma sessão ordinária remota, votou as matérias que constavam da ordem do dia e debateu sobre as ações de combate aos efeitos da pandemia da Covid-19.

O Secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros foi convidado a participar da sessão e detalhou o que o Estado tem feito para minimizar o sofrimento das pessoas e familiares de infectados com a doença. Os vereadores sabatinaram o secretário, que respondeu a todas as perguntas postas pelos parlamentares.

De acordo com o secretário existe preocupação dele próprio e do governador João Azevêdo (Cidadania) com o aumento do número de casos em Guarabira.

“Guarabira é uma cidade que realmente nos preocupa. O governador teve a oportunidade de circular por algumas cidades e ele levava consigo o quantitativo de cada cidade e observava o comportamento das pessoas e viu que algumas cidades que não aderiram estão sendo mais afetadas por causa dessa desobediência. E Guarabira é uma delas, Sapé é outra”, destacou.

Geraldo comentou ainda a respeito de alerta feito recentemente, chamando a atenção da população de Guarabira quanto à necessidade do distanciamento social e que havia sido acusado de politicagem.

“Recentemente alertamos a população e fomos acusados de estar fazendo politicagem, mas alertamos que Guarabira seria penalizada com esse grande número de casos”, pontuou o secretário.

Geraldo Medeiros disse que a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade foi classificada para atender apenas casos da Covid-19 e que os leitos de UTI estão praticamente todos ocupados.

“Estamos com 75% de ocupação da UPA. Eu procuro mostrar a importância do que é o paciente com coronavírus e 80% é assintomático e 15% que apresentam párea pulmonar já injuriada, que ocupam enfermaria e evoluem. Temos 5% de pacientes que tem comorbidades, que torna a imunidade daqueles pacientes baixa com muitos perdendo suas vidas”, falou.

Na condição de médico, o secretário reforçou que a única forma encontrada para combater o vírus até agora é o distanciamento social e rechaçou o uso da cloroquina de forma indiscriminada como tem sido defendida por algumas autoridades políticas.

“Só temos uma maneira de combater esse vírus. A panaceia da cloroquina que muita gente está se iludindo com isso é preciso muita cautela em indicar o tratamento como alguns estão indicando. Nós podemos estar adotando uma medida muito temerária, pois os estudos não mostram eficiência do remédio contra o vírus. Eu não indico o uso indiscriminado da cloroquina”, alertou Geraldo.

Respondendo a perguntas de vereadores sobre as razões de não se ter leitos de UTI para receber pacientes graves do coronavírus em Guarabira, o secretário disse que é necessário dispor de equipe qualificada e não existe disponibilidades de profissionais para isso.

“João Pessoa tem 87% dos leitos ocupados, recebemos ontem 20 respirados e já distribuímos. E perguntam porque não montar leitos em Guarabira e eu digo que esse tipo de paciente, que representa 5%, requer equipes qualificadas e nós não temos como disponibilizar esses profissionais e por isso transportamos esses pacientes graves para João Pessoa”.

O secretário assegurou ainda que a Paraíba caminha para ser o estado com maior número de testes em termos proporcionais, devendo testar 10% da população e que todos os municípios receberam testes e precisam alimentar o sistema de informações.

“Na Paraíba são 395 mil testes que representa 10% da população que deve ser testada. Alguns municípios não estão alimentando o sistema e por isso tem municípios que apresentam discrepância nos números que nós divulgamos e os casos que se sabe que existem. A vigilância em saúde cada município recebeu os testes e eles devem ser feitos em doentes que apresentam os sintomas da Covid-19, mas não podemos fazer em quem não está sentido nada, apenas porque esteve com alguém que foi testado positivo”, concluiu Geraldo Medeiros.

Ainda durante a sessão, o secretário falou sobre a abertura do comércio em Guarabira, apontado que essa medida pode ter contribuído com o aumento dos casos na cidade, que chegaram a 205 nesta terça-feira. Vereadores da base governista rebateram a afirmativa do secretário e creditaram ao grande número pessoas que a Guarabira recebe diariamente para serviços como bancos, sobretudo para recebimento do auxílio emergencial, já que poucas cidades têm agência da Caixa Econômica Federal.

Presidente da Câmara, Marcelo Bandeira (PDT) agradeceu a disponibilidade do secretário em ficar por 2 horas participando da sessão e propôs a união dos poderes para combater o inimigo comum que é o novo coronavírus. Para Bandeira, é fundamental que todos possam estar focados em derrotar o vírus. Geraldo se propôs a sentar, a participar de uma teleconferência e estabelecer parcerias e metas nesse momento de crise.

Com Assessoria

Cidades

17 cidades da Paraíba estão em alerta de perigo de chuvas intensas, segundo Inmet

Publicados

em

Foto: Divulgação/Inmet

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) renovou o alerta de chuvas intensas para 17 municípios da Paraíba. O aviso começou a valer nesta sexta-feira (20) e segue até às 11h de domingo, 22 de novembro de 2020.

Moradores de municípios em alerta amarelo de perigo potencial de chuvas intensas devem evitar se abrigar embaixo de árvores ou estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda, em casos de rajadas de vento.

Para mais informações, o Inmet disponibiliza o número da Defesa Civil (telefone 199) e do Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Cidades com alerta amarelo de perigo potencial de chuvas intensas

  1. Boa Ventura
  2. Bonito De Santa Fé
  3. Cachoeira Dos Índios
  4. Cajazeiras
  5. Conceição
  6. Curral Velho
  7. Diamante
  8. Ibiara
  9. Manaíra
  10. Monte Horebe
  11. Princesa Isabel
  12. Santa Inês
  13. Santana De Mangueira
  14. Serra Grande
  15. São José De Caiana
  16. São José De Piranhas
  17. São José De Princesa

Fonte: G1 PB

Continue lendo

Guarabira

Ruas do Distrito de Pirpiri em Guarabira são asfaltadas pela primeira vez

Publicados

em

Foto: Divulgação

Diversas ruas já foram asfaltadas em Guarabira. Atualmente a localidade beneficiada é o distrito de Pirpiri, onde as Ruas Mauricio Pontes e Anísio Marinho, respectivamente, estão recebendo camadas asfálticas pela primeira vez; sendo estas as duas principais vias daquele distrito.

O prefeito Marcus Diogo autorizou, e nos últimos dias foram asfaltadas a Rua José Américo (Nordeste), Travessa Carlos Gomes (Centro), Ruas Manoel Ramiro e Elói Pereira (Rosário), Rua João Porpino da Silva (Areia Branca) e complemento da Rua José da Cunha Rego (Centro). E, ainda, a Avenida Pe. Inácio de Almeida e Avenida Sabiniano Maia (complemento próximo ao Banco Santander), no Centro.

A expectativa é que nos próximos dias o asfalto chegue à Rua José Alvares Trigueiro (antiga Rua da Feira do Sapato), que se inicia no centro e termina no bairro Novo. Sendo mais uma importante via da cidade a ser beneficiada por um dos maiores pacotes de obras de infraestrutura viária realizada pela atual gestão municipal.

Fonte: guarabira.pb.gov.br

Continue lendo

Cidades

Governo da Paraíba anuncia concurso público para contratação de mais mil professores

Publicados

em

Foto: Ilustração

Depois de anunciar a convocação de mais 594 professores dos que foram aprovados no concurso da de 2019, o govenador João Azevêdo revelou que mais 1000 professores serão necessários na Paraíba e outro concurso será realizado em 2021 para suprir essa necessidade. 

O gestor destacou que por conta da pandemia houve o atraso na realização do concurso. “Ficamos impossibilitados de fazer o concurso por conta da pandemia. Nossa meta de governo é contratar 1000 professores por ano”, explicou.

A ideia é que ao final de seu governo 4000 educadores estejam efetivados nos quadros da educação do governo. 

Ao todo já foram contratados 1000 professores que atuam em todas as séries do ensino básico, fundamental e médio nas mais de 600 escolas da rede pública de ensino do estado.

Os quase 600 professores aprovados atuarão com a retomada da volta as aulas no ano que vem.

Fonte: ClickPB

Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas