Conecte-se conosco

Paraíba

Pesquisadores da UFPB criam sabonete de algaroba, planta presente no semiárido brasileiro

Produto protege, hidrata a pele e tem potencial para ser fonte de renda no interior da Paraíba

Publicados

em

Em meio à crescente demanda por produtos naturais no ramo de cosméticos, o Laboratório de Tecnologia Cosmética da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) desenvolveu uma patente de sabonete com base no extrato de algaroba, planta de origem peruana e abundante no semiárido brasileiro.

O estudo foi desenvolvido pela doutora Melânia Lopes, ao lado do pesquisador Clóvis Gouveia e da estudante Elaine Cristina. Melânia conta que a pesquisa surgiu do desejo de estudar e usar ativos da biodiversidade brasileira na área cosmética. A algaroba foi escolhida por obter melhor adaptação em regiões áridas e ter potencial para ser fonte de renda na região.

Trabalho é desenvolvido pelos pesquisadores da UFPB (Foto: Divulgação)

“A pesquisa é importante porque trouxe inovação para área cosmética. Pela primeira vez, a algaroba é aplicada em formulações cosméticas. Foi comprovado seus benefícios durante o uso para a pele, demonstrando boa hidratação nos testes específicos”, relata Melânia.

Na realização do trabalho científico, foi obtido o extrato fluido a partir das vagens de algaroba. Em seguida, realizada a reação para obter o sabão em barra e, então, aplicou-se o extrato fluido de algaroba em concentrações diferentes.

Com os sabonetes em barra prontos, testes laboratoriais foram executados e as suas propriedades avaliadas a fim de se investigar a performance do produto. Observou-se as características desejadas, que foram comparadas com as dos produtos de mercado.

Segundo a literatura da área, os testes feitos para a avaliação dos sabonetes não seguem um método especifico de realização, com exceção do teste referente à avaliação de espuma e de irritabilidade dérmica, ficando os outros testes e as suas respectivas aplicações a critério do pesquisador.

De acordo com a pesquisadora, considerando o estudo da formulação do sabonete, a adição do extrato da algaroba em diferentes concentrações permitiu uma visualização benéfica das propriedades analisadas. Os sabonetes, independente da concentração examinada, não apresentaram rachaduras, diferente do que foi constatado nos sabonetes encontrados no mercado.

“Com o aumento da concentração, observou-se uma redução significativa da perda de massa e da formação de espumas. Assim o extrato da algaroba contribui para manter as características físico-químicas do sabonete durante o seu uso e fortalece as propriedades umectantes e emolientes para pele, importantes em produtos cosméticos de limpeza e higiene”, destaca Melânia.

Dessa forma, a pesquisa possibilitou o uso de um produto de higiene que pode proteger a derme de crianças e idosos, que possuem peles mais delicadas. “Não havia relatos na literatura desse tipo de pesquisa na área cosmética. Tem sido oportuno pesquisar esse novo ativo, avaliando suas potencialidades para os cuidados da epiderme e do cabelo”, conta Lopes.

Portal Correio

Apoio

Paraíba

Crédito para Empreendedores: 10 cidades participam do programa Empreender Paraíba

Publicados

em

Foto: Ilustração

10 municípios do estado entram no programa de concessões de crédito para empreendedores, Empreender Paraíba. As inscrições estão abertas para os empreendedores das 10 cidades. O projeto é destinado a quem deseja iniciar o seu próprio negócio ou a ampliação de um já existente. Desta vez, mulheres egressas do sistema prisional do estado e pessoas jurídicas também podem se inscrever.

O cadastro acontece no site do Empreender e é destinado para os empreendedores dos municípios de Belém, Camalaú, Conde, Ingá, Logradouro, Lucena, Monteiro, Patos, Soledade e Várzea. Foram disponibilizadas 30 vagas por cidade, com exceção de Patos, para a qual foram destinadas 50 vagas. As inscrições acontecem até sexta-feira (20). As inscrições podem ser realizadas por pessoas físicas maiores de 18 anos e legalmente emancipadas que residam na Paraíba há mais de seis meses.

Também foram disponibilizadas 25 vagas para a linha de crédito “Empreender Pessoa Jurídica”, destinada a empresas das 1ª, 3ª, 5ª, 6ª e 9ª regiões. Nesta categoria, os cadastros poderão ser realizados até o dia 27 de novembro ou até quando existirem vagas.

Fonte: G1 PB

Continue lendo

Cidades

ALPB retoma atividades administrativas com medidas sanitárias contra o coronavírus

Publicados

em

O expediente presencial na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) foi retomado, nesta semana, com as atividades acontecendo nos setores administrativos, que funcionam no Centro Administrativo, localizado no Paraíba Palace. Os servidores ressaltaram a satisfação de retornar após cinco meses trabalhando de forma remota e elogiaram as medidas de segurança implantadas para impedir a contaminação do novo coronavírus. Um grupo de trabalho foi formado para acompanhar o retorno gradual das ações na Casa.

O Centro Administrativo está com a quantidade mínima de funcionários para garantir o funcionamento da unidade. “Essa retomada representa mais um avanço nas ações da ALPB, pois depois de cinco meses de pandemia começamos a voltar dentro das possibilidades. Os servidores que pertencem ao grupo de risco permanecem trabalhando de forma remota, assim como as ações parlamentares”, destacou o presidente da Casa, Adriano Galdino.

Já o secretário de Controle Interno, Álvaro Dantas, ressaltou que a Casa está garantindo a segurança dos funcionários, já que todos estão sendo identificados previamente. O cidadão que precisar dos serviços da Assembleia Legislativa também precisam agendar antecipadamente com o setor que ele pretende  visitar. “Estamos fazendo todo esse controle, pois é uma preocupação que nos acompanhou durante todo esse tempo de pandemia. Nós estamos tomando várias precauções para que a saúde do servidor seja preservada da melhor forma possível”, disse. 

Álvaro Dantas explicou ainda que, para esta volta, foi formado um grupo de trabalho responsável por acompanhar o retorno gradual dos servidores. “Eles vão ficar se reunindo periodicamente para avaliar se houve contágio do Coronavírus. Também vão observar o funcionamento da segurança para que possam ir escalando mais servidores para ocupar os setores de forma presencial. Para que assim possamos voltar de maneira integral”, afirmou.

O expediente está ocorrendo de terça-feira a quinta-feira, das 8h às 13h. “Foram cinco meses trabalhando em casa e o sentimento é de alegria por poder voltar e continuar contribuindo com o serviço na Casa. A nossa satisfação é imensa. O trabalho aqui no Centro Administrativo está com o horário reduzido, mas nós estaremos atendendo com muito esforço para que toda demanda seja realizada sem grandes problemas”, destacou José Rudson, que trabalhar na Procuradoria da ALPB.

Na entrada foram adotadas as seguintes medidas: aferição da temperatura corporal, por meio de termômetro digital sem contato direto; distanciamento mínimo de segurança de 1,5m; intensificação da higienização diária dos ambientes de trabalho, com ampliação da frequência de limpeza e desinfecção, além da obrigatoriedade do uso de máscaras. (*)

Agência ALPB

Continue lendo

Cidades

IFPB prorroga suspensão das atividades presenciais até 30 de setembro

Decisão foi referendada pelo Colégio de Dirigentes da instituição

Publicados

em

As atividades didático-pedagógicas presenciais do Instituto Federal da Paraíba estão suspensas até o dia 30 de setembro. A decisão foi referendada na última reunião do Colégio de Dirigentes da instituição ocorrida no dia 28 de agosto. A medida colabora com o isolamento social e se torna eficaz para evitar a disseminação do novo coronavírus no país.

O IFPB faz o acompanhamento sistemático do cenário da pandemia e analisa junto com o comitê de crise as medidas a serem tomadas em relação ao enfrentamento do coronavírus. Sem aulas presenciais desde o dia 16 de março, o Instituto Federal vem prorrogando a suspensão das atividades presenciais para proteger a saúde de sua comunidade, sempre lastreado pelas informações e orientações científicas advindas das autoridades sanitárias e da Organização Mundial de Saúde (OMS).

“Reafirmamos nosso compromisso com a vida humana, a segurança e a saúde pública. Nós só retornaremos as atividades presenciais, quando tivermos certeza de que a nossa comunidade estará devidamente protegida” disse o reitor Nicácio Lopes.

Nesta segunda-feira (31) os campi Esperança, Patos, Cabedelo, Cabedelo-Centro, Mangabeira, Campina Grande, Guarabira, Soledade e Itabaiana iniciaram as aulas no formato não presencial. 

Outras dez unidades já vêm ofertando aulas para os estudantes no formato on-line. No dia 04 de setembro será a vez do Campus Princesa Isabel iniciar esse tipo de oferta e no dia 08 de setembro o campus João Pessoa, totalizando 21 Campi. Os servidores técnico-administrativos continuam com suas atividades em home-office.

Via ClickPB

Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas