Conecte-se conosco

Saúde

Paraíba confirma 03 óbitos e 779 novos casos de Covid-19 nesta quarta (02)

Confira o Boletim epidemiológico da Paraíba, desta quarta-feira.

Publicados

em

Nesta quarta, 02 de setembro, a Paraíba registrou 779 novos casos de Covid-19 e 18 óbitos confirmados desde a última atualização, 03 deles ocorridos nas últimas 24h. Até o momento, 107.384 pessoas já contraíram a doença, 77.950 já se recuperaram e 2.483, infelizmente, faleceram. Até o momento, 320.973 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados.

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 33%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 36%. Em Campina Grande estão ocupados 27% dos leitos de UTI adulto e no sertão 41% dos leitos de UTI para adultos.


Atualização Covid-19 | 02/09/2020

Casos Confirmados: 107.384

Casos Descartados: 139.132

Óbitos confirmados: 2.483

Casos recuperados: 77.950

Total de municípios: 223

Os casos confirmados estão distribuídos por todos os 223 municípios paraibanos.

Até hoje, 154 cidades registraram óbitos por Covid-19. Os 18 óbitos registrados nesta quarta ocorreram entre 20 de maio e 02 de setembro, 04 deles nas últimas 48 horas, entre residentes de 08 municípios. Os pacientes tinham idade entre 46 e 103 anos, sendo 05 deles com menos de 65 anos. Diabetes foi a comorbidade mais frequente. Dos locais, um ocorreu em hospital privado, um em residência e os demais em hospitais públicos.

Blogmariosorrentino

Saúde

Vacina da Janssen tem prazo de validade ampliada pela Anvisa

Publicados

em

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A diretoria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a ampliação do prazo de validade da vacina da Janssen contra a covid-19 de três para quatro meses e meio, sob temperatura de 2ºC a 8ºC.

A aprovação ocorre após a publicação da informação de que doses previstas para este mês têm prazo de validade até dia o 27. Um lote de 3 milhões de doses estava previsto para chegar amanhã (14), mas foi adiado.  

A decisão respondeu a um pedido da farmacêutica, subsidiária do grupo Johnson & Johnson, protocolado no dia 10 de junho. A Janssen possui autorização para uso em caráter emergencial no Brasil.

Em nota, a Anvisa afirma que a medida foi baseada em “criteriosa avaliação dos dados de qualidade dos estudos que demonstrou que a vacina tende a se manter estável pelo período (4,5 meses) bem como considerou decisão da agência norte-americana (Food and Drug Administration – US FDA), que também aprovou a referida alteração em 10 de junho de 2021”.

Fonte: Agência Brasil

Continue lendo

Saúde

Pessoas com mais de 18 anos serão vacinadas até dezembro, diz Marcelo Queiroga

Publicados

em

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Todos os brasileiros com mais de 18 anos deverão estar vacinados contra a covid-19 até o fim do ano, segundo o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Ele participou, neste sábado (12), de evento médico, no Rio de Janeiro, sobre o Dia de Conscientização da Cardiopatia Congênita, e reforçou aos profissionais o que já havia adiantado durante sessão no Senado no último dia 8.

“Este ano, a despeito das condições ainda complexas na assistência à saúde, o Ministério da Saúde já contratou 600 milhões de doses de vacina, de tal maneira que a população acima de 18 anos será vacinada até o fim do ano. Isto eu posso assegurar. Somente em junho, nós vamos distribuir mais de 40 milhões de doses de vacina. Nós estamos antecipando doses”, disse Queiroga, que participou do evento por videoconferência.

O ministro da Saúde lembrou também que o acordo de transferência de tecnologia da AstraZeneca para a Fiocruz já foi firmado, o que permitirá, em breve, vacinas produzidas a partir do ingrediente farmacêutico ativo (IFA) nacional.

“Nós já temos 200 milhões de doses da Pfizer contratadas e 100 milhões dessas doses estarão disponíveis até setembro. Outros 100 milhões de doses estarão disponíveis até dezembro. E avança o contrato para mais 100 milhões de doses da [vacina da empresa] Moderna. Então, isso é a certeza que nós vamos vacinar a nossa população e por fim ao caráter pandêmico dessa doença”, finalizou Queiroga.

Agência Brasil

Continue lendo

Mundo

Rússia testa vacina contra Covid-19 em forma de spray nasal para crianças

Publicados

em

A Rússia anunciou neste sábado (12) que testou uma forma de spray nasal como vacina contra a Covid-19 para ser aplicado em crianças de 8 a 12 anos. O plano é lançar o novo produto em 15 de setembro, disse o cientista Alexander Gintsburg, que também liderou o desenvolvimento da vacina Sputnik V.

Alexander, que dirige o Instituto Gamaleya, responsável pela Sputnik V, disse que o spray para crianças usa a mesma composição da vacina, porém, no lugar da agulha, “há um bico”, informou a agência de notícias TASS.

O grupo de pesquisa informou que testou a vacina em crianças com idades entre 8 e 12 anos e não encontrou efeitos colaterais entre o grupo de teste, incluindo nenhum aumento na temperatura corporal, disse Gintsburg, de acordo com a TASS. De acordo com a agência de notícias russa, não houve detalhes sobre o estudo, nem quantas crianças participaram do grupo de testes.

CNN Brasil

Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas