Conecte-se conosco

Esporte

Equipe de Futebol de Mesa da Desportiva Guarabira é campeã do torneio de integração

Publicados

em

Foto: Divulgação

Foi realizado neste final de semana, mais precisamente no domingo (18.10.20), mais um torneio de integração individual e por equipe entre Desportiva Guarabira e Botafogo-PB. A competição, que foi realizada na cidade de Guarabira/PB, contou com 13 botonistas, sendo 7 da Desportiva Guarabira e 6 do Botafogo-PB. Foram realizados 18 jogos em confrontos por equipes, sendo assinalados 43 gols, perfazendo uma média de 2,3 gols por jogo.

A equipe campeã foi a Desportiva Guarabira, que conquistou 28 pontos contra 25 conquistados pelo Botafogo. Na disputa individual o campeão foi o técnico Fábio Villar, do Botafogo.

O destaque da competição ficou para o Adilson dos Santos (Dino) da Associação Desportiva Guarabira por ter conseguido o maior número de pontos na competição com 3 vitórias se igualando em pontos com o Fábio Villar e perdendo o título de campeão em função do saldo de gols, e o Adilson dos Santos (Dino) também foi o Técnico menos que sofreu gols (com 3 partidas não levou nenhum).

Botonistas da Desportiva Guarabira:
Machado
Kennedy
Dino
Saulo
Geraldo
Geinio
Netinho

Resultado das Rodadas: (com 6 jogos por rodadas)
1° Rodada: Desportiva Guarabira 3 X 3 Botafogo-PB;
2° Rodada: Desportiva Guarabira 3 X 2 Botafogo-PB;
3° Rododada: Desportiva Guarabira 3 X 3 Botafogo-PB.

Fonte: Portal 25 Horas

Cidades

O Esporte no despertar de novos talentos

Ex-atendida pela LBV, Kamilla Cardoso foi destaque na estreia na seleção brasileira de basquete

Publicados

em

Apesar da pouca idade, apenas 20 anos, a pivô Kamilla Cardoso já escreve uma história de sucesso nas quadras. Na recente participação da competição AmeriCup 2021, entre 11 e 19 de junho, em San Juan, Porto Rico, vestindo a camisa da seleção brasileira de basquete feminino, ela conquistou, ao lado das demais atletas, a medalha de bronze, após a vitória sobre o Canadá por 87 a 82 na segunda prorrogação, um feito que traz a esperança de que nossa equipe possa evoluir e retornar às competições internacionais (Mundial e Olimpíada). “Demos o nosso máximo e deixamos tudo de nós em quadra, principalmente contra o Canadá, que foi um jogo muito difícil e emocionante”, relembra a pivô.

A mais jovem em quadra, Kamilla rendeu acima do esperado para uma estreante terminando o torneio como a melhor jogadora do Brasil no ranking de eficiência. Além disso, é de se ressaltar a versatilidade da atleta e o ótimo tempo de bola que possui para bloqueios e rebotes. Para ela, esse alto desempenho é fruto também da convivência com outras jogadoras na sua posição, “como as experientes Érica, Clarissa e Nádia; o que foi muito bom para mim, porque eu pude aprender bastante com elas”.

Mas o que talvez muitos não saibam é que essa gigante, tanto em altura (2,01m) como em talento para jogar, veio de família humilde, que passou por grandes desafios em sua terra natal: Montes Claros, no norte de Minas Gerais. Lá, naquele início de jornada, ela teve o apoio fundamental da Legião da Boa Vontade (LBV), onde participou dos 8 aos 10 anos de idade das atividades do serviço de convivência Criança: Futuro no Presente!, no qual diz ter aprendido a desenvolver a disciplina e o respeito ao próximo. “Eu tenho memórias marcantes da LBV, mas a que vai ficar gravada para sempre em meu coração é a disponibilidade dos educadores de cuidar das crianças com muito Amor, carinho, fazendo tudo o que podiam, não deixando faltar nada para nós.”

Olhando para seu próprio caminho, Kamilla ressaltou o valor do estímulo à atividade física ainda na infância. “Na minha opinião, o esporte é uma forma de as crianças se divertirem e poderem ainda melhorar a vida, de tirá-las das ruas e incentivá-las a seguir o caminho certo.”

Ao falar do grave período por que passa o país no combate ao novo coronavírus, no qual as populações em situação de vulnerabilidade social sofrem ainda mais, tendo direitos fundamentais, como o da segurança alimentar e o da educação, ameaçados, ela destacou a relevância de a sociedade colaborar com a Entidade. “É muito importante ajudar a LBV, todo mundo que tem condições deve fazer isso, porque nós estamos passando por um momento bastante difícil, e a LBV salva vidas. Eu posso falar disso, porque a LBV salvou a minha vida!”

As histórias de atletas promissores e de outros que estão iniciando sua jornada esportiva, para os quais a LBV faz grande diferença, tanto por incentivá-los nesse caminho quanto por apoiar suas famílias a vencer vulnerabilidades podem ser conferidas acessando www.lbv.org.

Assessoria

Continue lendo

Esporte

Guarabirense Wellington Araújo chega em 4º lugar na abertura do Paraibano de mountain bike

Publicados

em

Fotos: Divulgação/Wellington Araújo

O atleta guarabirense de mountain bike, Wellington Araújo, participou da abertura do Campeonato Paraibano, no último domingo (15/8) realizada na cidade de Jaçanã, no estado do Rio Grande do Norte.

Mesmo sendo de outro estado, o competidor pontuou para o rank paraibano, onde reuniu atletas de alto nível dos estados do RN, PB, AL, PE. 

De acordo com Wellington, na prova o mesmo vinha liderando com outro atleta, em seguida sofreu um acidente, mas logo se recuperou, chegando ainda em 4° lugar entre os atletas dos quatro estados.

Fonte: Plugados

Continue lendo

Cidades

FPF-PB define a 2ª divisão de 2021 com 12 equipes; Desportiva Guarabira integra Grupo A

A competição será decidida em jogo único, no Almeidão ou no Amigão. E está prevista para começar no dia 30 de outubro.

Publicados

em

Foto: Raniery Soares/ge.globo

A Federação Paraibana de Futebol (FPF-PB) realizou nessa terça-feira (17) o Conselho Arbitral para definir os detalhes da 2ª divisão do Campeonato Paraibano de 2021. Os 12 participantes foram divididos em dois grupos regionais, e a competição está prevista para começar no dia 30 de outubro. Diferente do que vinha acontecendo nas edições anteriores, nesta serão promovidos três clubes à elite de 2022.

A novidade é que a final será feita em jogo único e só poderá acontecer no estádio Almeidão ou no Amigão, independentemente dos finalistas.

Na primeira fase, os times de cada chave vão se enfrentar apenas em jogos de ida, com os quatro melhores avançando, e o último colocado de cada grupo estará rebaixado para a 3ª divisão de 2022. Na segunda fase, de mata-mata, as partidas serão de ida e volta, com o primeiro e segundo colocados de cada grupo jogando enfrentando o terceiro e quarto do outro e fazendo a segunda partida em casa:

Jogo 1: 1º do Grupo A x 4º do Grupo B

Jogo 2: 2º do Grupo A x 3º do Grupo B

Jogo 3: 2º do Grupo B x 3º do Grupo A

Jogo 4: 4º do Grupo A x 1º do Grupo B

Nas semifinais, os vencedores dos Jogos 1 e 3 se enfrentam, assim como os times vitoriosos dos Jogos 2 e 4, em partidas de ida e volta, com os mandos de campo definidos através de sorteio. Quem ganhar estará na final, em jogo único, ou no Almeidão ou no Amigão. E quem perder terá a chance de disputar a terceira e última vaga do acesso à 1ª divisão, também em jogo único, com o mando de campo definido através de sorteio.

Confira os grupos do 2ª divisão de 2021

GRUPO A

  • Auto Esporte-PB
  • CSP
  • Confiança de Sapé
  • Desportiva Guarabira
  • Femar
  • Internacional-PB

GRUPO B

  • Desportiva Picuiense
  • Esporte de Patos
  • Queimadense
  • Sabugy
  • Serrano-PB
  • Sport Lagoa Seca

Do plugados com ge.globo

Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas