Conecte-se conosco

Policial

Polícia Militar da Paraíba completa 189 anos de história

Publicados

em

Foto: Divulgação/PM-PB

Tradições, honra e legados. A Polícia Militar da Paraíba completa, nesta quarta-feira (03), 189 anos de história, e que muitas vezes se confunde com a própria história da Paraíba. Para comemorar a data, a corporação homenageará 189 policiais militares pelas ações meritórias, e fortalecimento das ações de segurança pública e da saúde.  

A origem da Polícia Militar da Paraíba remonta aos anos de 1832 quando, o então Presidente da Província da Parahyba, o padre Galdino da Costa Vilar, criou o Corpo de Guardas Municipais Permanentes, no dia 03 de fevereiro. De 1832 para cá, a Polícia Militar passou por diversas denominações, entre elas: Corpo de Guardas Municipais Permanentes, Força Policial, Corpo Policial, Corpo de Segurança, Batalhão de Segurança, Batalhão Policial, Força Policial, Regimento Policial Militar, Força Pública, Polícia Militar (1935), Força Policial, e novamente Polícia Militar (1947).

A PM participou de vários momentos históricos da Paraíba e do Brasil. Um deles foi a Guerra do Paraguai, com a participação de 220 integrantes da Força Pública, entre praças e oficiais. Outro momento de destaque na história foi na Revolta de Princesa, na região da cidade de Princesa Isabel, no sertão, e durante a Revolução de 1930.

Na Paraíba, a PM atua não somente na segurança pública, como também na Educação e na Saúde. Na capital, a Polícia tem o Colégio da Polícia Militar: Estudante Rebeca Cristina Alves Simões (CPM), que foi fundado em 1994 e está localizado no bairro de Mangabeira. O Hospital da Polícia Militar General Edson Ramalho também é um diferencial, atendendo pacientes civis e militares de todo o estado. Somente em 2020, foram 3085 partos realizados pela instituição, 519 a mais do que em 2019.

Nesta quarta-feira, 189 policiais militares serão condecorados com láureas e medalhas em todo o estado. Além disso, 49 policiais serão promovidos. O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, destacou que essas promoções têm um simbolismo a mais, pois acontecem em meio às comemorações da Corporação, que chega aos 189 anos de história protegendo e servindo ainda mais à população.

“Sem dúvidas, vivemos um dos anos mais desafiadores de toda a história da Polícia Militar da Paraíba, pois além de nossa atribuição, tivemos um chamamento público para proteger às pessoas do inimigo invisível que é o novo coronavírus. Atuamos também de forma solidária com as campanhas para arrecadar alimentos e produtos de higiene pessoal e agora vivemos um momento de esperança, trabalhando na segurança das vacinas que chegaram para a população. Essas promoções que o governador João Azevêdo nos autoriza é, além de tudo, mais um gesto de homenagem a todos os profissionais que dedicam suas vidas em favor do próximo”, destacou.

Fonte: pm.pb.gov.br

Policial

Em JP: Polícia prende acusado de sequestrar motorista de aplicativo e praticar roubos

Publicados

em

A Polícia Militar prendeu, na noite dessa quarta-feira (16), no bairro de Manaíra, em João Pessoa, um suspeito que se passou por passageiro de um carro que faz transporte por aplicativo para praticar roubos com o veículo da vítima, que foi levada no porta-malas. O suspeito, que completou 18 anos no começo deste mês, teria assaltado outras cinco pessoas.

O carro foi interceptado após um cerco realizado pelas equipes do Batalhão Especializado em Policiamento Turístico (BEPTur) e 6ª Companhia Independente da PM (6ª CIPM). Com o rapaz, foi apreendida uma arma de brinquedo e recuperados os objetos das vítimas. O motorista de aplicativo, que estava no porta-malas, foi resgatado pelos policiais sem nenhum ferimento.

O preso foi apresentado na Central de Flagrantes, no Geisel, e reconhecido por todas as vítimas.

Assessoria/PMPB

Continue lendo

Policial

Polícia prende suspeita de tráfico ao intervir em aglomeração na cidade de Campina Grande

Publicados

em

A Polícia Militar prendeu uma mulher de 27 anos que é suspeita de atuar no tráfico de drogas, no bairro das Malvinas, em Campina Grande. A prisão foi realizada nessa quarta-feira (16), quando os policiais da Força Tática do 2° Batalhão faziam rondas na rua Valdair Pequeno de Melo e presenciaram uma aglomeração de pessoas.

Ao intervir para desfazer a aglomeração, que reunia cinco homens, quatro mulheres e três crianças na porta de um residencial, os policiais visualizaram embalagens com drogas na parte interna do apartamento. Na revista, foram achadas no quarto da suspeita embalagens com cocaína, maconha e balança de precisão.

Ela foi apresentada na Central de Polícia, em Campina Grande.

Assessoria/PMPB

Continue lendo

Educação

Golfinho encontrado morto em praia da Paraíba será usado em ações de educação ambiental

Publicados

em

O golfinho da espécie cabeça-de-melão, que foi encontrado morto, na manhã desta quarta-feira (16), na Praia de Formosa, em Cabedelo, será usado em ações de educação ambiental, para conscientizar crianças e adultos sobre a importância da preservação da fauna marinha. O animal apresentava visíveis sinais de que foi machucado por rede de pesca, antes de morrer.

Equipes do Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb) já estão com o golfinho e vão fazer um trabalho de taxidermia (popularmente conhecido como empalhamento) para que o animal seja usado nas ações educativas.

O golfinho tem mais de 2 metros de comprimento. A presença dele no litoral paraibano não é muito comum, mas chega a ser registrada em períodos de passagem. Os ferimentos da rede foram constatados principalmente na parte da cabeça do animal. O BPAmb alerta que a pesca predatória é considerada crime ambiental, com detenção de até 3 anos e multa que varia de 700 reais até 100 mil.

Assessoria/BPAmb

Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas