Conecte-se conosco

Cidades

Pesquisadores da UFPB criam filtros de ar que inativam vírus da covid-19

Publicados

em

Professores do Centro de Energias Alternativas e Renováveis (CEAR) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) concluíram a criação de quatro protótipos de filtros que inativam o vírus da covid-19. Após passarem por testes de certificação, foi comprovada a eficácia de 99,9% em todos os modelos de filtragem criados.

Eficazes inclusive contra as novas variantes do SarsCov-2, os filtros podem ser utilizados não só em ambientes profissionais – em purificadores de ar em ambiente hospitalar ou em centrais de ar condicionado – mas também para uso doméstico, como filtro de condicionadores de ar, bem como para a produção de máscaras de proteção facial.

A presidente da Agência UFPB de Inovação Tecnológica (Inova), Kelly Gomes, informou que a Inova está realizando o depósito de patente do invento por meio do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi) e do Tratado de Cooperação de Patentes (PCT), que regula patentes internacionais. No entanto, a tecnologia já está disponível para transferência para empresas interessadas em comercializá-la.

Ainda segundo Kelly, que é também a coordenadora do projeto desenvolvido na Universidade, a ideia é que os filtros sejam disponibilizados para a sociedade em preços mais acessíveis do que aqueles praticados no mercado, já que a produção não tem custo elevado. “Já estamos tratando com duas empresas da Paraíba para colocarmos a tecnologia à disposição da sociedade. Dependendo das negociações, dentro de um mês as máscaras já podem ser disponibilizadas no mercado”, informou.

As máscaras produzidas com a nova tecnologia devem ser disponibilizadas também para a comunidade acadêmica da Universidade e para o Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW), de acordo com a pesquisadora. Em um momento posterior, ocorrerá o desenvolvimento da tecnologia em nível industrial, para aplicação em materiais filtrantes de equipamentos já existentes no mercado, como purificadores de ar em hospitais.

O desenvolvimento dos protótipos

Professora do Departamento de Engenharia de Energias Renováveis, Kelly Gomes explicou que os filtros foram analisados no Laboratório de Virologia do Instituto de Biologia da Universidade de Campinas (Unicamp), credenciado para realizar esse tipo de teste, para comprovar a eficácia dos materiais que foram expostos em ambiente altamente contaminado pelo coronavírus.

Segundo Kelly, por uma questão de biossegurança, a análise não utilizou especificamente o vírus da covid-19, mas um da mesma família do coronavírus, com capacidade de validar o teste. Expostos ao vírus durante duas horas, um tempo muito superior a um ensaio que testa a segurança de uma máscara de proteção do tipo N95 (realizado em menos de um minuto), dois dos quatro filtros apresentaram 99,9% de eficácia e para os outros dois o resultado foi de 99,99% de segurança na inativação do vírus.

Ainda segundo a coordenadora do projeto, em princípio, o estudo para criação de filtros anticovid-19 tinha foco no ambiente hospitalar, em atendimento a uma demanda de profissionais de Odontologia, mas os pesquisadores envolvidos verificaram que era possível estender a aplicação dos produtos criados para o combate ao vírus da covid-19 em ambiente doméstico, por exemplo.

O projeto de criação dos protótipos, desenvolvido desde o ano passado por uma equipe multidisciplinar formada por professores da UFPB, contou com o financiamento da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba (FAPESQ), com uma verba no valor de aproximadamente R$ 146 mil.

Participaram do projeto os professores Flávia de Medeiros Aquino e Euler Cássio Tavares de Macêdo (Centro de Energias Alternativas e Renováveis – CEAR), Ricardo Dias de Castro (Centro de Ciências da Saúde – CCS), Alexandre Rezende Vieira (Universidade de Pittsburgh e Prof. visitante do Departamento de Clínica e Odontologia Social/CCS), Rosa Helena Wanderley Lacerda e Vitor Marques Filgueiras (Hospital Universitário Lauro Wanderley), além de alunos de dos programas de pós-graduação em Energias Renováveis (PPGER), Engenharia Mecânica (PPGEM) e Odontologia (PPGO), e de graduação da Engenharia Mecânica, do Centro de Tecnologia (CT).

Rate this post

Cidades

Pronatec-PB: Educação abre mais de 2,5 mil vagas destinadas a alunos, professores e equipe técnica

Publicados

em

Foto: ilustração/Pixabay

A Secretaria de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia da Paraíba (SEECT-PB) divulgou, nesta quinta-feira (19), no Diário Oficial do Estado, três editais de processos seletivos simplificados voltados para alunos, professores e equipe técnica que desejem participar dos cursos de Formação Inicial Continuada (FIC) do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec-PB). Serão 2.527 vagas destinadas a estudantes, 95 oportunidades para professores de diversas áreas de conhecimento e 99 vagas para profissionais que prestarão apoio técnico às formações, totalizando 2.721 vagas. 

Os cursos acontecerão em 28 municípios do Estado e abordarão diversas áreas do conhecimento, como Telemarketing, Bombeiro Civil, Recepcionista, Organizador de Eventos, Assistente de Contabilidade, além de outras especialidades. As inscrições para os três editais já estão abertas e podem ser feitas por meio do site http://bit.ly/pbtec . Os interessados nas vagas para alunos e professores devem se inscrever até o dia 05 de junho, já os que desejam concorrer às vagas para equipe técnica podem se cadastrar até o dia 25 de maio. A divulgação dos estudantes e professores selecionados será feita no dia 27 de junho, já os profissionais de apoio que foram selecionados serão divulgados no dia 03 de junho.

Alunos – Os cursos oferecidos serão presenciais e os alunos receberão um auxílio-estudantil no valor de R$ 2,00 por hora/aula. A classificação dos candidatos será feita com base na ordem de inscrição. Todas as oportunidades disponibilizadas pelo programa, bem como as cidades em que os cursos serão ofertados, encontram-se no site do Pronatec-PB: http://bit.ly/pbtec .

Professores – Os profissionais que forem selecionados deverão planejar as aulas e atividades didático-pedagógicas e ministrá-las aos beneficiários, participar de encontros e reuniões das coordenações promovidos pelo coordenador geral e adjunto do programa e pela gerência executiva da educação profissional; além de outras atribuições. Os profissionais selecionados para atuar no Pronatec serão remunerados na forma de concessão de bolsas, financiadas pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), e que serão qualificadas de acordo com o grau de instrução dos professores. Doutores receberão o valor de R$ 50,00 por hora/aula; mestres receberão R$ 45,00; pós-graduados ou especialistas receberão R$ 40,00; e graduados receberão R$ 35,00. A seleção será feita por um Comissão Interna, que avaliará a titulação e experiência comprovada dos candidatos. As bolsas terão validade de um ano.

Equipe Técnica – A seleção para os cargos que constam no edital compreenderá uma única etapa, com análise de currículo. Os profissionais deverão optar entre três categorias: Supervisor de Unidade de Ensino e Orientador de Unidade de Ensino, com remuneração de R$ 36,00; e Apoio de Unidade de Ensino, com remuneração de R$ 18,00. As vagas para equipe técnica são todas destinadas para a cidade de João Pessoa e exigem curso superior completo. 

Pronatec-PB – O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) tem como objetivo expandir, interiorizar e democratizar a oferta de Cursos Técnicos de Nível Médio e de Cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) para trabalhadores e estudantes, visando à expansão da Educação Profissional e Tecnológica no Estado.

Secom-PB

Rate this post
Continue lendo

Cidades

Catolé do Rocha, Monteiro e Cuité sediam audiências do Orçamento Democrático

Publicados

em

Foto: Arquivo/Secom-PB

A Secretaria Executiva do Orçamento Democrático Estadual realiza, a partir desta quinta-feira (19), mais três audiências públicas regionais nas cidades de Catolé do Rocha, Monteiro e Cuité. A primeira, em Catolé do Rocha, acontece às 19h, na Escola Francisca Mendes – Colégio das Freiras; na sexta-feira (20), será a vez da região de Monteiro, também às 19h, na Escola Cidadã Integral José Leite; e no sábado (21), em Cuité, a audiência ocorre, a partir das 16h, na Escola Técnica Estadual.

As audiências do Orçamento Democrático voltaram a ser realizadas de forma presencial, com a participação do governador João Azevêdo e auxiliares do Governo, onde a população poderá participar e elencar até três prioridades de investimentos para subsidiar as peças orçamentárias governamentais do próximo ano.

O chefe do executivo também tem prestado contas do Governo nas audiências, principalmente sobre aquelas prioridades eleitas em cada região no ciclo do ano passado.

Votação das prioridades – A votação pode ser feita por meio do site www.votacaoode.pb.gov.br, assim como, presencialmente, na audiência. A população também pode fazer uso da fala para reivindicar quaisquer outras demandas. Mais informações no site da secretaria: paraiba.pb.gov.br/diretas/ode.

Secom-PB

Rate this post
Continue lendo

João Pessoa

Governador João Azevêdo entrega tomógrafo ao Hospital da Polícia Militar General Edson Ramalho

Publicados

em

O governador João Azevêdo entregou, nessa quarta-feira (18), um tomógrafo para o Hospital da Polícia Militar General Edson Ramalho, em João Pessoa. A unidade hospitalar também foi contemplada com 10 monitores e equipamentos de videolaparoscopia para a rede materno-infantil.

Na ocasião, o chefe do Executivo estadual ressaltou o compromisso da gestão estadual para a melhoria da qualidade do serviço prestado à população. “Nós estamos investindo na infraestrutura, em equipamentos para toda a rede de saúde, ampliando e interiorizando as ações para que as pessoas tenham um atendimento de qualidade, reduzindo distâncias e salvando vidas”, frisou.

A entrega do tomógrafo, que foi acompanhada pelo comandante-geral da PM, Sérgio Fonseca, e várias autoridades presentes, foi definida como um dia histórico para o Hospital da Polícia Militar General Edson Ramalho, já que a unidade, que tem uma grande demanda, dependia de outros hospitais para poder atender essa demanda e agora terá celeridade e resolução para os diversos tratamentos. O equipamento foi adquirido com a participação de emendas parlamentares e governo do Estado.

Assessoria/PMPB

Rate this post
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas