Conecte-se conosco

Educação

UEPB vai oferecer Mestrado em Saúde da Família em parceria com a Fiocruz

O edital de seleção será lançado neste segundo semestre de 2021

Publicados

em

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) oficializou adesão ao Mestrado Profissional em Saúde da Família (PROFSAÚDE), Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu oferecido por uma rede nacional constituída de 25 Instituições de Ensino Superior, lideradas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

O programa visa, entre outros, a consolidação de conhecimentos relacionados à Atenção Primária em Saúde, à Gestão em Saúde e à Educação. O edital de seleção será lançado neste segundo semestre de 2021.

A Pró-Reitoria de Pós-graduação e Pesquisa (PRPGP) da UEPB recebeu nesta última quinta-feira (1º) o termo de oficialização da adesão.

O pró-reitor, professor Francisco Jaime Bezerra afirmou que esta é uma parceria bastante relevante para a Instituição, uma vez que um curso de Pós-Graduação da UEPB se junta a uma rede de instituições de excelência, a exemplo da Fiocruz.

O professor Francisco Jaime relata que as articulações que chegaram a esta adesão começaram no ano passado, a fim de aprimorar os cursos de Pós-Graduação na área de Saúde da Universidade.

A partir disso, surgiu também uma aproximação com a recém-criada Escola de Saúde Pública da Paraíba (ESP-PB), gerida pela Secretaria de Estado da Saúde.

O pró-reitor contou que em breve será realizado um evento sobre Saúde Pública com participação da UEPB, ESP-PB e Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

“Os coordenadores pedagógicos da Fiocruz mostraram-se bastante receptivos à nossa integração à rede e apreciaram este modelo de integração entre academia e Estado”, comentou o professor Francisco Jaime.

O PROFSAÚDE foi apresentado à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) pela Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco) e aprovado em 2016.

O programa conta com a retaguarda do Sistema Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde (UNA-SUS) e tem como instituições demandantes e financiadoras o Ministério da Saúde e o Ministério da Educação. Atualmente, a rede nacional liderada pela Fiocruz conta com 25 instituições, de 17 estados.

Este mestrado profissional é um curso semipresencial, com oferta nacional, realizado na modalidade de ensino a distância, com previsão de encontros presenciais.

As Instituições de Ensino Superior que integram a Rede Nacional do PROFSAÚDE são denominadas instituições associadas e são responsáveis pela execução do curso.

A PRPGP informa que com esta associação, a UEPB passará a oferecer pela primeira vez um mestrado profissional na modalidade a distância.

Do F5online

Cidades

Sítio arqueológico é descoberto no Sertão, e professores acreditam que pode ser o maior da PB

Publicados

em

Fotos: Reprodução/TV Paraíba

Foi descoberto no município de Catolé do Rocha, no Sertão da Paraíba, aquele que pode ser o maior complexo de sítios arqueológicos do estado. A descoberta é de uma equipe de professores do Laboratório de Arqueologia e Paleontologia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), que visitou o local na semana passada e ficou impressionada com o que viu.

São vários quilômetros que ainda precisarão ser mapeados, num trabalho que deve durar vários anos. Mas a primeira impressão dos pesquisadores foi extremamente positiva.

“São 4,6 km aproximadamente. Mas acreditamos que a área com gravuras rupestres pode ser ainda maior”, explica Juvandi de Souza, professor e coordenador da pesquisa.

Até então, os sítios arqueológicos de Pedra Branca e São Mamede eram considerados os maiores do estado, mas o professor acha que Catolé do Rocha vai passar as duas outras cidades nessa espécie de ranking.

“A medida que a gente ia avançando, nos deparávamos com uma quantidade cada vez maior de gravuras rupestres. Trata-se de um complexo de incontáveis sítios arqueológicos”, comentou Juvandi, ao relembrar da primeira expedição feita ao local.

O próximo passo, agora, é realizar uma segunda visita para mapear o local. Um trabalho lento, mas de importância incrível. “A partir dessas descobertas, nós vamos conseguir reunir mais subsídios para contar a história de nossos antepassados. Principalmente de quem já vivia por aqui antes da chegada dos primeiros colonizadores”, comentou.

Sítio arqueológico localizado numa propriedade privada
A área onde está os sítios arqueológicos é uma propriedade privada. O produtor rural Edmundo Suassuna Barreto, por exemplo, diz que convive com as gravuras rupestres, sem no entanto ter consciência da importância daquilo tudo.

Ainda assim, Edmundo diz que o pai dele, dono original das terras, já falava sobre isso. “Ele dizia que foi um povo que existiu, passou por aqui e viveu. Mas não sabíamos se era verdade”.

Já Eriene de Sousa Suassuna fala da importância de preservar a área. Garantir uma proteção. Ao mesmo tempo, ela defende a abertura do local para visitação. “Catolé do Rocha tem agora um motivo especial para atrair turistas à nossa região”.

Do G1 PB

Continue lendo

Educação

Prazo para matrícula no Sisu termina nesta segunda-feira(16)

Publicados

em

Os selecionados para instituições de ensino superior, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), devem fazer a matrícula até esta segunda-feira (16). O resultado dos estudantes selecionados foi divulgado no dia 10 pelo Ministério da Educação.

Terminou no dia 13, o prazo para que os estudantes não escolhidos se inscrevessem na lista de espera. O resultado dessa relação será divulgado no dia 18, com a convocação para a matrícula no dia 19.

Foram disponibilizadas 62.365 vagas em universidades e outras instituições de ensino superior. Cada candidato pôde escolher até dois cursos superiores, com a possibilidade de alterar as opções até o encerramento das inscrições.

Pode participar do Sisu quem fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e não tirou zero na redação. A seleção é feita com base nas notas que o candidato obteve na prova, mas o método de escolha varia conforme o curso e a instituição. Isso porque os pesos das notas em cada matéria são diferentes, conforme a área de interesse.

Agência Brasil

Continue lendo

Cidades

Deputado Raniery comemora liberação de recursos fruto de sua atuação para a UEPB

Emenda impositiva de Raniery Paulino, no valor de R$ 260 mil reais, foi liberada pelo Governo do Estado

Publicados

em

Comemorando a liberação de uma de suas primeiras emendas impositivas, o deputado estadual Raniery Paulino (MDB) agradeceu, nesta quarta-feira (21), ao que classificou de ação diligente da equipe econômica do Governo do Estado em já ter feito a transferência dos R$ 260 mil reais para o programa de bolsas, pesquisas e extensão da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB).

Estamos no maior patrimônio educacional da Paraíba, a nossa UEPB. Quero compartilhar com todos os paraibanos, a liberação da primeira emenda impositiva do Estado que foi destinada para o programa de bolsas, pesquisas e extensão da Universidade. Quero agradecer a reitora Célia Regina, pro reitora Polllyana Xavier, Luciano Albino e Ivan Barbosa pelo acolhimento e renovo nossa disposição com a Instituição”, destacou Raniery em sua página no Instagram.

A causa da UEPB é uma das bandeiras do deputado estadual Raniery Paulino desde o inicio de seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa da Paraíba.

Assista ao vídeo

Uma publicação compartilhada por Raniery Paulino (@ranierypaulino)

Assessoria via Fato a Fato

Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas