Conecte-se conosco

Cidades

PB: Campanha que combate violência contra a mulher, funcionará em supermercados

Campanha que já funciona em farmácias será estendida para supermercados a partir da próxima sexta-feira (16).

Publicados

em

Foto: Reprodução TJPB

As ações de enfrentamento à violência doméstica e familiar contra a mulher no Estado vão ganhar um novo aliado. A Associação dos Supermercados da Paraíba (ASPB) irá replicar, em seus mais de 200 estabelecimentos, a Campanha Sinal Vermelho, de combate a esse tipo de violência. O assunto foi pauta de uma reunião virtual, que aconteceu na tarde dessa terça-feira (13), ocasião em que a Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência do Tribunal de Justiça da Paraíba definiu com os representantes da Associação, detalhes para firmar a parceria.

A campanha Sinal Vermelho, lançada em junho de 2020, é promovida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em parceria com a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), com o apoio dos Tribunais de Justiça do país. As instituições tomaram essa iniciativa tendo em vista o aumento significativo no número de denúncias de violência doméstica, por conta do isolamento social, resultando em altos índices de feminicídio.

Ela consiste no sinal “X” feito com batom vermelho (ou qualquer outro material) na palma da mão ou em um pedaço de papel. A ideia é que a mulher vítima de violência mostre esse X vermelho ao atendente, que deve chamar a Polícia Militar. Essa campanha já está em funcionamento nas farmácias da Paraíba e agora se estenderá também aos supermercados.

A juíza Caroline Silvestrinni informou que a Associação dos Supermercados da Paraíba se mostrou receptiva ao projeto e é da opinião de que a parceria irá abranger mais de 200 supermercados em toda a Paraíba, do Litoral ao Sertão. “Acreditamos que o supermercado será um grande parceiro, um ponto de apoio importante para as mulheres vítimas de violência doméstica, por ser um local frequentado por muitas pessoas e de todas as classes sociais”, disse, acrescentando que a previsão para lançar a campanha nos supermercados é para o dia 16 de agosto, início da Semana de Justiça pela Paz em Casa.

A magistrada Anna Carla Falcão disse que a reunião com os representantes da Associação dos Supermercados foi muito produtiva e válida, considerando a receptividade por parte dos mesmos quanto à adesão ao projeto de cooperação relativo à campanha do Sinal Vermelho. Segundo a coordenadora, será muito positivo na questão atinente ao problema de enfrentamento à violência contra a mulher no Estado da Paraíba, na medida em que facilitará o acesso daquela que se sentir vítima de violência física, psicológica, sexual, patrimonial e/ ou moral aos juízos competentes para a matéria. “Nesse sentido, as mulheres vítimas obterão medidas protetivas que lhes afastarão do agressor e as possibilitarão de terem acesso a toda rede paraibana de proteção, com todas as equipes e profissionais capacitados e especializados que a integram”, pontuou.

O advogado Felipe Figueiredo disse que a campanha é importante e necessária, bem como, que o supermercado pode ser um bom caminho para que as mulheres vítimas possam pedir socorro. “Temos total interesse e disponibilidade em colaborar, de forma que estamos estendendo um braço de solidariedade para que as mulheres possam quebrar o ciclo da violência”, enfatizou.

Do ClickPB

Guarabira

Fotos: Igreja Congregacional Nova Aliança realiza culto alusivo ao Setembro Amarelo

Publicados

em

No último dia 22 de setembro foi realizado na Igreja Congregacional Nova Aliança, no bairro Bela Vista, em Guarabira, o culto alusivo ao setembro amarelo.

O evento foi marcado pela presença do Espírito Santo e a Santa Palavra do Senhor. Vidas foram restauradas e novas perspectivas surgiram. Deus é o Deus de recomeços.

Com ascom

Continue lendo

Cidades

Governador anuncia a data de publicação do Edital do Concurso da Polícia Civil da Paraíba; veja vagas

.

Publicados

em

O governador João Azevêdo anunciou a data de publicação do esperado Edital de concurso público para a Polícia Civil do Estado da Paraíba (PCPB). A comunicação para o certame será disponibilizada na edição do Diário Oficial do Estado da próxima quarta-feira (29/09).

O certame virá com oferta de 1.400 vagas e já é considerado o maior edital de concurso público da história de corporação. Todas as oportunidades serão de nível superior, conforme atualização da lei das carreiras da PCPB. Os salários irão variar entre R$3 mil e R$9 mil.

“Esse será o maior concurso que a Polícia Civil já realizou na sua história”, disse João Azevêdo no programa Fala Governador desta segunda-feira (27).

Os inscritos serão avaliados por meio de provas objetivas e discursivas, Teste de Aptidão Física (TAF), exame psicotécnico, exame de títulos, investigação social e curso de formação.

Confira abaixo as vagas por áreas:

Delegado (120 vagas, sendo 108 na ampla concorrência e 12 para Pessoas com Deficiência – PcDs);

Escrivão (515 vagas, sendo 463 na ampla concorrência e 52 PcDs);

Técnico em perícia (68, sendo 61 na ampla concorrência e um PcD);

Necrotomista (65, sendo 25 na área Geral e 40 na área de Enfermagem);

Agente de investigação (400, sendo 360 na ampla concorrência e 40 PcDs);

Papiloscopista (60, sendo 54 na ampla concorrência e seis PcDs).

Perito médico-legal (50, sendo 40 na área Geral, cinco em Psiquiatria e cinco em Patologia);

Perito criminal (77, sendo 57 na área Geral, cinco em Biologia, dez em Engenharia e cinco em Tecnologia da Informação);

Perito odonto-legal (10, sendo nove na ampla concorrência e uma PcD); e

Perito químico (35, sendo 30 na área Geral e cinco em Química).

Wscom

Continue lendo

Cidades

‘Flores’: filme com Zezita Matos e Beto Quirino será gravado no Brejo

Publicados

em

Parte do elenco em ensaio - Divulgação

Na primeira semana de outubro, Alagoa Grande será palco para a gravação de um curta-metragem do cineasta carioca Leonardo Gonçalves. ‘Flores’ terá Hermano Queiroz, Beto Quirino, Itamê Jr e Zezita Matos no elenco, com cinco dias de gravações.

O filme realizado através da lei Aldir Blanc ainda destacará a cena cultural da cidade de Alagoa Grande, no Brejo paraibano, com participação de dois artistas importantes para a região: Turuca e Dona Soledade.

Olha a sinopse de ‘Flores’: Manoel (Hermano Queiroz) recebe de sua médica (Zezita Matos) a notícia de que tem pouco tempo de vida. Ele decide visitar seu amigo Álvaro (Beto Quirino) – homem frustrado por não ser reconhecido e valorizado como artista. Os dois, então, se aventuram na boêmia noturna para atenuar angústias e tristezas da vida.

O cineasta carioca Leonardo Gonçalves é filho de paraibanos e vive desde 2009 no Assentamento Maria da Penha II, localizado na cidade de Alagoa Grande. Ele é doutorando em Cinema na Unicamp, em Campinas-SP.

Leonardo é autor de diversos curtas-metragens nos últimos 15 anos, inclusive ‘Terra vermelha’ e ‘Isolamento rural’ (feito durante a pandemia).

T5

Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas