Conecte-se conosco

Policial

Na Capital: Casal é preso em shopping com 11 quilos de crack escondidos em carro

O homem, de 39 anos, e a mulher, de 38 anos, foram presos em flagrante

Publicados

em

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Paraíba apreendeu na noite da última terça-feira (10), em João Pessoa, 11,3 kg de crack que estavam escondidos no interior de um veículo estacionado em um shopping. Um casal foi preso em flagrante.

Tudo aconteceu quando a PRF abordou um veículo por volta das 16h na rodovia. Havia um casal no automóvel que estava bastante nervoso e entrou em diversas contradições sobre o motivo da viagem. Após a suspeita da equipe, iniciaram as buscas no veículo para verificar se o casal estava transportando algum ilícito. O canil da Polícia Militar da Paraíba (BPCães – PMPB) prestou apoio para a PRF na ocorrência, mas nada foi encontrado no veículo.

Os policiais então desconfiaram que o casal ainda iria receber os ilícitos e por esse motivo não estavam ainda no veículo. A equipe liberou os dois, mas decidiu acompanhar o automóvel até o seu destino final, que seria em um shopping localizado na capital paraibana. Chegando lá, o homem abordado estava conversando com outro casal em um veículo Ford Ecosport, quando os policiais decidiram abordar o automóvel.

Foi iniciada uma busca no interior do Ford Ecosport. A equipe encontrou inicialmente no pneu estepe vários tabletes de droga. As buscas continuaram em todo o veículo. Foram encontrados ao todo 11,3 kg de crack escondidos nos forros das portas, do porta-malas e no pneu estepe do carro. A droga é avaliada em mais de R$ 110 mil.

O casal que estava no veículo não informou à equipe onde adquiriu a droga. O homem, de 39 anos, e a mulher, de 38 anos, foram presos em flagrante. Eles foram conduzidos para a Polícia Judiciária e responderão por tráfico de drogas.

Do MaisPB

Rate this post

Policial

“Operação Carga Pesada” resgata motorista feito refém e evita roubo de caminhão com eletroeletrônicos do Magazine Luiza

Publicados

em

A Polícia Civil da Paraíba, com o apoio da Polícia Rodoviária Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira, 27, a Operação Carga Pesada, que recuperou em uma mata às margens da BR-230, próximo a Santa Rita, um caminhão das lojas Magazine Luíza com produtos eletroeletrônicos.

A operação foi fruto de investigação das Delegacias de Repressão ao Crime Organizado (Draco) e de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC) e também contou com o apoio do helicóptero Acauã, da Secretaria de Segurança e Defesa Social.

No momento da abordagem, os bandidos estavam fazendo o motorista do caminhão de refém e houve troca de tiros com a Polícia. Um dos bandidos foi ferido e socorrido ao Hospital de Trauma de João Pessoa, mas não resistiu e morreu. O outro conseguiu fugir pela mata. O motorista do caminhão foi resgatado pelos policiais e não sofreu agressão física.

Segundo o delegado Victor Melo, da Draco, todo o material foi recuperado e também foi apreendida uma arma de grande porte com sete capsulas intactas e uma deflagrada.

“Nós fomos recebidos a tiro pelo bandido, que já estava fazendo o motorista de refém dentro do caminhão. Foi uma operação delicada porque tínhamos que preservar a vida da vítima. Nessa troca de tiros um dos bandidos foi atingido e o outro correu pela mata, deixando o motorista livre. Recuperamos o caminhão e toda a carga, mas vamos continuar investigando para prender o resto da quadrilha”, afirmou.

Já o delegado Carlos Othon, da DRFVC, disse que a quadrilha vem sendo investigado há pelo menos seis meses e hoje foi o momento oportuno para deflagrar a operação. “Já prendemos essa quadrilha há mais de dois anos, mas quando os bandidos conseguem sair da prisão voltam a praticar o crime. Estávamos monitorando há cerca de seis meses e identificamos que hoje eles iriam agir novamente, mas nosso trabalho não termina aqui. A investigação continua”, concluiu.

A população pode colaborar com a Polícia Civil fazendo qualquer tipo de denúncia através do número 197 (Disque-Denúncia). A ligação é gratuita e anônima, sendo garantido sigilo absoluto.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende em SP homem condenado por estuprar neta de sua companheira em CG

Publicados

em

Foto: ilustração

Uma ação conjunta das polícias civis da Paraíba e de São Paulo prendeu nesta terça-feira, 26 de outubro, um homem de 46 anos de idade, condenado a 9 anos e 11 meses de prisão pelo crime de estupro de vulnerável. O fato aconteceu no ano de 2011, em Campina Grande.

Toda a investigação foi realizada pela Delegacia de Repressão a Crimes contra a Infância e Juventude (DRCCIJ) de Campina, por se tratar de uma vítima menor de idade, mas a prisão foi articulada entre a Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) e a Polícia Civil em Mogi das Cruzes (SP).

À época dos fatos, o investigado vivia maritalmente com a avó da vítima, de 13 anos de idade. A menina foi passar o fim de semana na casa da avó, já que sua mãe precisou viajar, e o investigado aproveitou para abusar sexualmente da adolescente, ameaçando matar os pais dela, caso aquele crime fosse revelado para alguém.

A criança só revelou o episódio à sua mãe dois anos depois, no ano de 2013, quando o investigado já não convivia mais com a avó da vítima. A mãe da menina procurou a Polícia Civil para registrar a queixa, e as investigações transcorreram na DRCCIJ.

Após o trâmite do processo na esfera judicial, o investigado foi condenado a uma pena de 9 anos e 11 meses de prisão, mas ele já havia foragido. Em investigação sobre outro caso, a DRF em Campina Grande acabou descobrindo o paradeiro do investigado e manteve contato com a Polícia Civil paulista para concretizar a prisão.

O foragido deverá ser transferido para Campina Grande, em data a ser determinada pela justiça, para cumprir a pena imposta pelo crime.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo

Policial

Polícia Civil apreende duas armas e prende suspeito em Areia

Foram apreendidos um rifle e um revólver calibre 38.

Publicados

em

Foto: ilustração

A Polícia Civil da Paraíba apreendeu na tarde dessa segunda-feira, 25 de outubro, no município de Areia, um rifle e um revólver calibre 38. Um homem de 32 anos de idade foi preso em flagrante.

A ação faz parte da Operação Haranae III, que visa retirar armas de fogo das mãos de facções criminosas na região do Brejo paraibano.

O homem e as armas apreendidas estão à disposição do Poder Judiciário.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas