Conecte-se conosco

Policial

Na Capital: Casal é preso em shopping com 11 quilos de crack escondidos em carro

O homem, de 39 anos, e a mulher, de 38 anos, foram presos em flagrante

Publicados

em

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Paraíba apreendeu na noite da última terça-feira (10), em João Pessoa, 11,3 kg de crack que estavam escondidos no interior de um veículo estacionado em um shopping. Um casal foi preso em flagrante.

Tudo aconteceu quando a PRF abordou um veículo por volta das 16h na rodovia. Havia um casal no automóvel que estava bastante nervoso e entrou em diversas contradições sobre o motivo da viagem. Após a suspeita da equipe, iniciaram as buscas no veículo para verificar se o casal estava transportando algum ilícito. O canil da Polícia Militar da Paraíba (BPCães – PMPB) prestou apoio para a PRF na ocorrência, mas nada foi encontrado no veículo.

Os policiais então desconfiaram que o casal ainda iria receber os ilícitos e por esse motivo não estavam ainda no veículo. A equipe liberou os dois, mas decidiu acompanhar o automóvel até o seu destino final, que seria em um shopping localizado na capital paraibana. Chegando lá, o homem abordado estava conversando com outro casal em um veículo Ford Ecosport, quando os policiais decidiram abordar o automóvel.

Foi iniciada uma busca no interior do Ford Ecosport. A equipe encontrou inicialmente no pneu estepe vários tabletes de droga. As buscas continuaram em todo o veículo. Foram encontrados ao todo 11,3 kg de crack escondidos nos forros das portas, do porta-malas e no pneu estepe do carro. A droga é avaliada em mais de R$ 110 mil.

O casal que estava no veículo não informou à equipe onde adquiriu a droga. O homem, de 39 anos, e a mulher, de 38 anos, foram presos em flagrante. Eles foram conduzidos para a Polícia Judiciária e responderão por tráfico de drogas.

Do MaisPB

Rate this post

Policial

Colégio da Polícia Militar inscreve para processo seletivo até sexta-feira

Publicados

em

Foto: Divulgação

Termina na próxima sexta-feira (3) o prazo de inscrição para o processo seletivo com 140 vagas para novos alunos do Colégio da Polícia Militar “Estudante Rebeca Cristina Alves Simões”, em João Pessoa. As vagas são distribuídas para a 1ª série do Ensino Médio Integrado – que tem cursos técnicos profissionalizantes – e 6º ano do Ensino Fundamental II (foto acima ilustrativa).

Os pais ou responsáveis legais dos estudantes interessados devem acessar o site da Polícia Militar da Paraíba (www.pm.pb.gov.br), na aba de concursos públicos, e fazer a inscrição. Os detalhes sobre o processo de seleção estão no edital publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) do último dia 26 de outubro.

As vagas são distribuídas da seguinte forma: 64 para a 1ª série do Ensino Médio Integrado e outras 66 para o 6º ano. Conforme convênio celebrado entre a Secretaria de Estado da Educação e a Polícia Militar, as vagas obedecem à proporção de 60% destinadas aos filhos e netos de policiais militares e 40% para ampla concorrência. O edital ainda prevê vagas disponibilizadas para pessoas com deficiência, sendo seis para a 1ª série e quatro para o 6º ano.

Se o número de inscritos for maior do que o número de vagas oferecidas, a seleção será feita por meio de sorteio público, marcado para às 9h dos dias 13 e 14 de dezembro, no auditório do Centro de Educação da Polícia Militar. O sorteio é aberto aos pais e responsáveis dos inscritos, mas só poderão participar até 100 pessoas no auditório, para evitar aglomeração.

A seleção é acompanhada por representantes do Tribunal de Justiça da Paraíba, Assembleia Legislativa, Secretaria de Estado da Educação, Ministério Público Estadual, Procuradoria-Geral do Estado, Defensoria Pública, Ordem dos Advogados do Brasil e associações de classes dos policiais militares do Estado da Paraíba.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo

Policial

Polícia Militar apreende três armas de fogo, um menor e prende um suspeito

Publicados

em

Na tarde deste sábado (27), policiais militares da 3ª CIPM apreenderam um menor de idade e duas armas de fogo na zona rural de Queimadas.

A apreensão ocorreu durante o patrulhamento preventivo nas imediações do Sítio Pedra do Sino, quando os policiais tentaram realizar a abordagem a dois indivíduos em uma motocicleta. Os suspeitos não obedeceram a ordem de parada dos agentes de segurança e empreenderam fuga, sendo iniciado um acompanhamento tático, quando os mesmos perderam o controle da motocicleta e caíram. Um deles conseguiu fugir para uma área de mata e um menor foi apreendido.

Durante a abordagem foram encontrados dois revólveres e munições, os quais foram apresentados, juntamente com o menor e a motocicleta, à autoridade policial, na cidade de Queimadas.

Em João Pessoa, ainda na tarde de sábado, policiais militares realizavam rondas no bairro do Cristo Redentor quando realizaram uma abordagem a um indivíduo suspeito, e encontraram durante a busca pessoal uma pistola com munições (foto acima), sendo o mesmo conduzido e apresentado à autoridade policial na Central de Flagrantes, no bairro do Geisel.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende homem por tráfico e comércio ilegal de armas

Publicados

em

A Polícia Civil da Paraíba, através de ações realizadas pela Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) da Capital, prendeu nesta quarta-feira, 24, um homem de 31 anos, por associação ao tráfico e comércio ilegal de arma de fogo. A prisão aconteceu no centro de João Pessoa e contou com o apoio do GOE – Grupo de Operações Especiais.

Segundo o delegado Bruno Victor, titular da DRE, “o investigado foi preso por força de dois mandados de prisão, por tráfico, associação ao tráfico e comércio ilegal de armas de fogo. Em seu poder ainda foi encontrada uma Pistola TS9, calibre .9mm.”

O homem foi conduzido à Central de Polícia de João Pessoa e, após os procedimentos legais, levado para a carceragem, onde aguarda audiência de custódia e está à disposição da Justiça.

“Esse é o resultado de mais um trabalho investigativo da Polícia Civil da Paraíba, onde mais um indivíduo de alta periculosidade foi retirado das ruas e recolhido ao cárcere”, concluiu o delegado Bruno Victor.

A população pode colaborar com a Polícia Civil fazendo qualquer tipo de denúncia através do número 197 (Disque-Denúncia). A ligação é gratuita e anônima, sendo garantido o sigilo absoluto.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas